Abrir menu principal

Wikipédia β

Emblem-scales.svg
A neutralidade deste(a) artigo ou se(c)ção foi questionada, conforme razões apontadas na página de discussão.
Justifique o uso dessa marca na página de discussão e tente torná-lo mais imparcial.
Urbano Caldeira, que deu seu nome ao estádio do Santos.

Urbano Vilella Caldeira Filho,[1] conhecido apenas por Urbano Caldeira (Desterro (atual Florianópolis), 9 de janeiro de 1890Santos, 13 de março de 1933) foi zagueiro, treinador e dirigente do Santos Futebol Clube, por quem tinha tanto amor que muitas vezes foi visto aparando o gramado da Vila Belmiro. Tamanha dedicação não passou imune às mentes dos cartolas, que dias após o falecimento de Urbano, concederam seu nome ao estádio, em 1933. Em 1938, o Santos instituiu que o dia 9 de janeiro (quando nasceu Urbano) passaria a ser o "Dia de Urbano Caldeira".

Foram 20 anos de total dedicação ao clube. Amor que começou quando foi transferido de São Paulo para trabalhar como escriturário da Alfândega na Baixada Santista. Logo associou-se ao Santos. Caldeira chegou até a plantar árvores e cuidar dos jardins das dependências do Peixe.

Faleceu em 13 de março de 1933, vítima de pneumonia, um dia depois do primeiro jogo do Santos no profissionalismo do futebol no Brasil.

Ver tambémEditar

Referências

Ligações externasEditar