Urbi et Orbi

Urbi et Orbi (locução adverbial latina "à cidade de Roma e ao mundo, a todo o universo") é a benção de Páscoa e Natal, com as quais o Papa se dirige ao público em geral na Praça de São Pedro.

É realizada da varanda central da Basílica de São Pedro (a Varanda das bênçãos) decorada com cortinas e o trono do Papa colocado lá, sendo que ele é revestido com ornamentos solenes (mitra, tiara e etc) e é precedido por uma cruz processional e acompanhado por cardeais diáconos. A benção também é concedida pelo papa em sua eleição, ou seja, no final do conclave.

A principal característica desta bênção aos fiéis é que concede uma penitência e uma indulgência plenária sob as condições definidas pelo direito canónico (ter confessado e recebido a comunhão, e não ter caído em pecado mortal).

Texto da benção em latimEditar

O texto da benção em latim é:

Sancti Apostoli Petrus et Paulus: de quorum potestate et auctoritate confidimus ipsi intercedant pro nobis ad Dominum.

R/ Amen.

Precibus et meritis beatæ Mariae semper Virginis, beati Michaelis Archangeli, beati Ioannis Baptistæ, et sanctorum Apostolorum Petri et Pauli et omnium Sanctorum misereatur vestri omnipotens Deus; et dimissis omnibus peccatis vestris, perducat vos Iesus Christus ad vitam æternam.

R/ Amen.

Indulgentiam, absolutionem et remissionem omnium peccatorum vestrorum, spatium verae et fructuosae poenitentiæ, cor semper penitens, et emendationem vitae, gratiam et consolationem Sancti Spiritus; et finalem perseverantiam in bonis operibus tribuat vobis omnipotens et misericors Dominus.

R/ Amen.

Et benedictio Dei omnipotentis, Patris et Filii et Spiritus Sancti descendat super vos et maneat semper.

R/ Amen.

Tradução em portuguêsEditar

A tradução aproximada para o português é a seguinte:

Que os Santos Apóstolos Pedro e Paulo, dos quais no poder e julgamento confiamos, estes intercedam por nós até o Senhor.

R / Amém.

Que por meio das orações e dos méritos da Santíssima Sempre-Virgem Maria, de São Miguel Arcanjo, de São João Batista, dos Santos Apóstolos Pedro e Paulo e de todos os santos, o Deus omnipotente mostre compaixão à vós, e (quando) perdoados todos os vossos pecados, Jesus Cristo vos conduza à vida eterna.

R / Amém.

Que o Senhor Todo Poderoso e misericordioso vos conceda indulgência, absolvição, e remissão de todos os vossos pecados, espaço para um verdadeiro e frutuoso arrependimento, (mesmo) o coração arrependendo(-se) sempre, e a benção da vida, a graça, a consolação do Espírito Santo e perseverança final nas boas obras.

R / Amém.

E que a bênção de Deus Todo Poderoso, Pai e Filho e Espírito Santo desça sobre vós e permaneça sempre.

R / Amém.


Pandemia do Covid-19 (2020)Editar

Por ocasião da pandemia da doença COVID-19 que levou à morte milhares de pessoas em todo o mundo, no ano de 2020, o Papa Francisco concedeu uma Benção Urbi et Orbi extraordinária com o Santíssimo Sacramento. O fato ocorreu às 18:00 (horário de Roma) do dia 27 de março, com Praça de São Pedro vazia.[1]

Como de costume, em 12 de Abril de 2020, o Santo Padre, Papa Francisco concedeu a indulgência plenária na celebração de Páscoa. Entretanto, a cerimonia foi realizada no interior da Basílica de São Pedro, e não na Varanda das Bençãos. O Cardeal Arcipreste da Basílica de São Pedro e também vigário do Papa para o estado da cidade do Vaticano, Angelo Comastri anunciou introduziu a benção com os seguintes dizeres: “O Santo Padre Francisco concede indulgência plenária na forma estabelecida pela Igreja, a todos aqueles que recebem a sua bênção seja por meio das várias tecnologias de comunicação, seja unindo-se mesmo que unicamente espiritualmente e com o desejo ao presente rito. Peçamos a Deus, todo poderoso, que conserve longamente o Papa na condução da Igreja, e conceda paz e unidade à Igreja, no mundo inteiro”

Ver tambémEditar

Ligações externasEditar