Abrir menu principal

Usina Hidrelétrica de Marimbondo

Usina Hidrelétrica de Marimbondo
Usina Hidrelétrica de Marimbondo.jpg
Localização
Localização entre os municípios de Icém e Fronteira
Bacia hidrográfica Bacia do rio da Prata
Rio Rio Grande
Coordenadas 20°18'11.02"S, 49°11'52.01"W, 20°18'14"S, 49°11'52"W
Dados gerais
Proprietário Furnas
Período de construção 1971-1977
Data de inauguração 1971
Características
Tipo barragem de aterro
Altura 94 m
Reservatório
Área alagada 438 km²
Capacidade de geração 1440 MW

A Usina Hidrelétrica de Marimbondo é uma usina hidrelétrica brasileira, construída entre 1971 e 1977, que pertence a Furnas Centrais Elétricas, subsidiária da Centrais Elétricas Brasileiras.

CaracterísticasEditar

Localizada no rio Grande, entre os municípios de Icém e Fronteira, é a segunda maior usina da empresa, com oito unidades geradoras fornecendo 180 megawatts cada (total 1.440)[1], a partir de um desnível máximo de 59,2m[2] [3].

Segundo o Operador Nacional do Sistema Elétrico (ONS) o lago da Usina Hidrelétrica de Marimbondo é capaz de armazenar 2,72% do volume represável pelos reservatórios do Sistema Sudeste/Centro Oeste, o que representa 10,57% do armazenamento de água do sub-sistema do Rio Grande[4]

O lago da Usina de Marimbondo causou o desaparecimento de uma das maiores belezas naturais do Brasil, a Cachoeira de Marimbondo.


Ver tambémEditar

Referências

  1. «Usina de Marimbondo». www.furnas.com.br. Consultado em 22 de maio de 2009. Arquivado do original em 6 de outubro de 2008 
  2. SILVA FILHO, Donato. Dimensionamento de Usinas Elétricas Através de Técnicas de Otimização Evolutiva. Tese de doutorado em engenharia elétrica na Universidade de São Paulo (Campus de São Carlos). Dezembro de 2003.
  3. Nível máximo operacional: 446,3m do nível do mar - nível mínimo operacional: 426 m do nível do mar (Usina hidrelétrica de Marimbondo Arquivado em 6 de outubro de 2008, no Wayback Machine., acesso em 22 de junho de 2014.)
  4. Situação dos Principais Reservatórios do Brasil Arquivado em 26 de abril de 2015, no Wayback Machine., acesso em 22 de junho de 2014.