Usuário:Indech/Wikibio

____

NÃO ao Fair Use
É patológico. Sou um(a) wikipedicaólico(a).
Diagnosticado por: -- Nuno Tavares 15:07, 5 Mai 2005 (UTC)


Embarque rumo à Wikipédia

Daniel Indech é um usuário da Wikipédia difícil de ser definido. Nascido em 9 de Junho de 1979, na gloriosa metrópole de São Paulo, tem por soberana missão manter o equilíbio da Força na enciclopédia livre, mediando conflitos, treinando novos adeptos e aspirantes a lunáticos, que vagam pelo ciberespaço em busca de justiça e do conhecimento para todos.

História

Ver artigo principal Usuário Discussão:Indech/2004.

Logo que chegou aqui, foi interpelado por Samurais e criaturas lendárias que logo puseram-se a mostrar como a Wikipédia podia ser vista, não com os olhos, mas com os sonhos. Manuel Anastácio, o Intenso, foi o primeiro a acalmar os ânimos de Daniel, à época, sem conhecimentos acerca desse mundo novo:

"Há usuários que não gostam de se dirigir para a comunidade. Acham que é burocracia a mais. Eu acho apenas que é a única forma de trabalharmos sem ser uns contra os outros. Vai até à esplanda e dá a tua opinião. Sempre que precisares de ajuda, conta comigo. [1]

Manuel foi particularmente presente em seu início atribulado com tantas novidades e vontade de aprender todas aquelas coisas. Naqueles tempos idos, o Intenso teve paciência, e percebia o brilho nos olhos daquela jovem promessa que acabara de chegar. Muito foi dito, e Daniel sentou, ouviu e aprendeu.

Outros ainda vieram orientar, como Paulo, o Oráculo, e o jovem errava e errava de novo. De tanto errar, acabou aprendendo rapidamente os caminhos da verdade e da sabedoria. E assim ganhou forças e respeito da comunidade para seguir sua jornada.

Episódio I: Admirável Mundo Novo

Ver artigo principal Usuário Discussão:Indech/2005 - I.

 
"Um de nós."

Nosso herói agora editava furiosamente, sempre desenvolvendo suas técnicas e aprendendo aos poucos as regras de edição e interação com a comunidade. No entando, o distante mundo da Esplanada ainda lhe era um mistério. "O que são todos aqueles códigos e expressões?" Pensava ele. "Algum novo dialeto ainda com link vermelho?" Muito ainda havia a ser trilhado...

Ainda bem que havia Lúcia, a Divina. Sua luz maravilhou o jovem explorador, que descobria novos universos na Wikipédia, enquanto ampliava seus conhecimentos. Cada vez mais envolvido com aquele sonho, se dedicava cada vez mais, desenvolvendo a parte de Esporte da enciclopédia. E todos regozijaram-se.

Dessa época vem a doce lembrança de ter criado o artigo "Mãe", por ocasião do Dia das Mães. Talvez uma homenagem à sua mãe, morando em uma galáxia muito, muito distante. Esse foi um pequeno passo para um usuário, mas um grande passo para a Wikipédia lusófona. Algo havia mudado em seus olhos.

Daniel sempre teve muito respeito para com a classe dos Sysop. Era para ele um verdadeiro Panteão. Detentores de notável saber wikipédico, sempre procuraram orientar da melhor forma, cada um à sua maneira e com suas peculiaridades. Uns eram mais próximos, outros mais reservados. Mas nada havia o preparado para o que os "titãs" lhe reservavam: o manto sagrado Sysop. Oferecido por João, o Guerreiro e Manuel.

Na votação, enfrentou a desconfiança de Get It, o Estranho (get it?) e Nuno, the Matrix. Foi eleito e à ele a comunidade confiou as armas pela qual juraria lutar pelo que era certo e justo e defender aquela gente e suas terras, que sentia em suas veias cada vez mais suas, e mudou radicalmente seu comportamento, no intuito de não os decepcionar.

Episódio II: A Sociedade do Anel

Ver artigo principal Usuário Discussão:Indech/2005 - II.

 
"Um botão para uní-los".

Agora, o notável novato se embrenhava nas Mudanças Recentes e na Esplanada já sem medo, procurando interagir com a comunidade cada vez mais, agora já orientando recém-chegados, atacando famigerados trolls, eliminando artigos sem sentido e participando ativamente de votações.

Nessa época, houve aproximação com os outros sysop como Nuno e Marcelo, o Caçador de Imagens, além da radiante Lúcia e do Tocha Humana. Já dominava com alguma tranquilidade alguns recursos, sem nunca deixar de procurar cada vez mais iluminar as partes desconhecidas do continente.

Eram épocas de paz.

 
O medo que habita a alma

Episódio III: Batman Begins

Ver artigo principal Usuário Discussão:Indech/2005 - III.

Já treinado e com conhecimentos suficientes, foi às ruas de WikiCity combater o mal da forma que ele se apresentasse. Novos parceiros surgiram, como Leslie, o Canadense e Stefen, o Coringa. Apesar de enteder que a Liga da Justiça cresciam em número e força, era importante que o nosso herói encontrasse seu próprio caminho, enfrentando os demônios que habitavam suas memórias. Se controlasse seu medo, se fizesse parte dele, se tornaria quase imbatível, um verdadeiro mestre das artes da edição. Havia muito ainda a resolver. Get It, o Estranho apareceu novamente (estranho...).

Episódio IV: O Retorno do Jedi

Ver artigo principal Usuário Discussão:Indech/2005 - IV.

Em sua longa jornada, Daniel transitou por um bom tempo entre WikiCity e SampaMegaCity. Em vida errática, e com edições à deriva, frequentou o submundo para tentar entendê-lo enquanto não conseguia livrar-se das dúvidas que o assolavam. "Qual é a minha missão?" Se questionava. "Onde que eu pertenço?". Sua cabeça doía.

Faltava sentir a essência, faltava sentir pertencia àquele mundo, tanto quanto aquele mundo pertencia a ele. Eram na verdade um só. Entendeu, depois de um longo período de trevas e ignorância, que podia controlar a Força, assim como os grandes Mestres fizeram antes dele. Podia ser a Força. E ele voltou.

Episódio V: Clube da Luta

Ver artigo principal Usuário Discussão:Indech/2005 - V.

O período das Grandes Guerras havia se iniciado. Daniel subiu a Montanha, olhou em volta enquanto segurava firmemente suas armas sysop e sentia o sangue correr em suas veias. Ele disse: "Eu estou preparado". Nesse instante, desceu correndo e gritando, empunhando as ferramentas de reversão e bloqueio, propostas de desenvolvimento da Wikipédia e votações, babando para conquistar as terras que haviam sido tomadas, fortalecer o Nação lusófona e extender os territórios até onde nenhum Lusíada jamais esteve.

Enfrentou os Flanáticos na Batalha do Brasileirão de 87, os Puritanos na Batalha dos Genitais e Lampiao, o Русский. Trinta dias e trinta noites se passaram, até que vencesse cada uma delas com a ajuda de novatos, como Fernando, o Aldado e Gabriel, o Novo, ou veteranos, e trouxesse a paz de volta àquelas terras, mesmo que temporariamente. As épicas lutas apenas o tornaram mais forte e a comunidade mais desenvolvida. Nesse momento começaram as festividades para o centésimo milésimo artigo, e todos regozijaram-se.

Mas muito ainda havia por acontecer...

To be continued


 
"Quero ser LIVRE para sempre!"
 
Diga NÃO ao Fair Use você também