Usuário:Pedrassani/Testes

Você poderá perder os privilégios de edição se insistir em introduzir ou reintroduzir os erros citados abaixo.

Maiúsculas

Na dúvida, use minúsculas. Diferente do inglês e do alemão, onde classes inteiras de palavras são em maiúsculas, na língua portuguesa usada nessa Wikipédia, há poucas palavras que são usadas em maiúscula. Isso está claríssimo na base XiX do Acordo Ortográfico 1990 [1]. O excesso de maiúsculas é uma falha grave, popularmente conhecida como maiusculite. As palavras ou expressões: família real e os títulos de nobreza antecedendo nomes são sempre escritos com minúsculas. Os títulos de seções na Wikipédia devem ter apenas a primeira palavra como inicial maiúscula.

Fontes confiáveis

Blogs e fórus de todos os tipos não são fontes confiáveis. Toda informação baseada neles será imediatamente removida.

Repetição de palavras

As palavras "príncipe", "princesa", "duque", "duquesa", etc, não precisam ser repetidos sempre que se cita o nome da pessoa. Uma única vez é mais do que suficiente. Não repita os títulos nos nomes dos descendentes.

Uso de predefinições

Quando for usar a Predefinição:Info/Nobre, mantenha os itens na vertical, tal como eles estão na página da predefinição, e não na forma horizontal, pois assim facilita muito a edição e evita erros.;Negrito

Negritos

Não coloque negrito na seção "Títulos e estilos" ou em outros lugares além de na introdução. É desnecessário e polui o texto.

Links

Só devem ser colocadas ligações em palavras e expressões que sejam necessárias paraa bom entendimento do texto. Não coloque links em palavras comuns com definições de dicionário.

É importante ler e cumprir o que consta no livro de estilo.

Fotos

Só carregue no Commons fotos que você mesmo tenha tirado. Usar fotos publicadas em outros locais é Violação de Direitos Autorais.

Procure modelos de outros artigos sobre realeza para se basear nas suas edições. Olhe os artigos destacados sobre o assunto (estão no final da página), ou leia Pedro I do Brasil, Jaime II de Inglaterra, Ana da Grã-Bretanha e Carlos XIV João da Suécia como bons exemplos.


Rodolfo PedrazzaniEditar

Rodolfo Pedrazzani
Conde de Trieste
  Robecco d'Oglio
Religião Católica

Rodolfo Pedrazzani foi bispo de Trieste entre 1302 e 1320.[1] Era também Conde de Trieste.[2] Seu nome permaneceu na história da diocese de Trieste, devido, principalmente, à catedral de São Justo, por ele erigida a partir da fusão de duas igrejas mais antigas, em 1304.[3]

A nova catedral foi consagrada por Henrique de Wildenstein (1383-1396), primeiro bispo germânico imposto ao Capítulo depois da cessão de Trieste ao Arquiducado da Áustria estipulada em Graz em 30 de setembro de 1382. Desde então e até 1918, com base no direito canônico germânico, os bispos de Triste foram escolhido entre religiosos aceitos e aprovados pelos Habsburgo. [4]

O bispo Rodolfo Pedrassani foi a última autoridade a emitir moedas próprias da diocese de Trieste.[5]

 
Catedral de São Justo, em Trieste, construída por Rodolfo Pedrazzani em 1304

Ver tambémEditar

Referências

BibliografiaEditar

  • Berenzi, Angelo (1920). I Robecco D'Oglio - Cenni Storici/ II Rodolfo Pedrazzani di Robecco - Vescovo di Trieste (em italiano). Cremona: Tipografia Centrale 
  • «Scrinium Adriae - Medioevo e Dintorni». REGESTI Codice Diplomatico Istriano - volume III. scriniumadriae.it. Consultado em 28 de outubro de 2016. 500. 1304. 3 Gennaro, Indizione II. Villa de Presniza. Vescovo di Trieste Rodolfo Pedrazzani ricupera masi a titolo feudale nella sua Contea. Archivio diplomatico di Trieste. - Atti dei Vicedomini del 1472. 

Ligações externasEditar

  Este artigo sobre História da Itália é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.