Abrir menu principal
Uwe Boll
Nome completo Uwe Boll
Nascimento 22 de junho de 1965 (54 anos)
Wermelskirchen
Alemanha Ocidental
Nacionalidade alemão
Ocupação Roteirista
Diretor
Produtor
Atividade 1990-2016

Uwe Boll (Wermelskirchen, 22 de junho de 1965) é um ex-diretor cinemátográfico alemão.[1]. Estudou na Universidade de Colônia onde se formou em Literatura (Letras).[2]

Ficou conhecido por produzir adaptações de videogames para o cinema.

Alguns de seus filmes, como Seed: Assassino em Série, Postal, Alone in the Dark e House of the Dead estão entre os 100 piores filmes de todos os tempos, segundo a avaliação do público do Internet Movie Database[3]; por isto em 2009 foi indicado ao "prêmio" Framboesa de Ouro de pior carreira cinematográfica (categoria na qual foi o único concorrente).

Conhecido por sua personalidade agressiva, Boll já declarou que seus críticos são "donzelas" e chamou as pessoas que atacam seus filmes na internet de nerds. É um ex-boxeador amador, e por isso passou a convidar os autores das críticas mais agressivos aos seus filmes para lutas de boxe, numa série de eventos patrocinada por um site de apostas e que passou a ser conhecida como Raging Boll. Entre junho e setembro de 2006, Boll nocauteou todos os seis adversários que se atreveram a enfrentá-lo, chegando a quebrar o maxilar de Rich Kyanka do Something Awful e compará-lo a uma "mocinha rainha dos nerds covardes da Internet".[4] Parou de lutar a pedido da associação de diretores de Hollywood, que ameaçou cassar sua licença.

Além dos golpes de boxe, Boll costuma se defender das críticas dizendo fazer o seu trabalho e lucrar com ele, e que seus detratores são "pervertidos emocionais" que estimam em demasia obras fictícias de videogame.[5]

Filmografia parcialEditar

Referências

Ligações externasEditar

  Este artigo sobre um cineasta é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.