Abrir menu principal
Vírio Galo
Nacionalidade
Vexilloid of the Roman Empire.svg
Império Romano
Ocupação Oficial

Vírio Galo (em latim: Virius Gallus) foi oficial romano do século III, ativo durante o reinado dos imperadores Diocleciano (r. 284–305), Maximiano, Galério (r. 293–311) e Constâncio Cloro (r. 293–305). Vírio era um homem claríssimo. Em 298, foi cônsul posterior com Anício Fausto e após 298 foi corretor da Campânia.[1] Ele não foi convertido ao cristianismo e relatadamente tinha uma estátua de Dioniso à qual fazia sacrifícios.[2]

Ver tambémEditar

Cônsul do Império Romano
 
Precedido por:
'Maximiano V

com Galério II

Vírio Galo
298

com Anício Fausto

Sucedido por:
'Diocleciano VII

com Maximiano VI


Referências

  1. Martindale 1971, p. 384.
  2. Mussche 1980, p. 49.

BibliografiaEditar

  • Martindale, J. R.; A. H. M. Jones (1971). «Virius Gallus 2». The Prosopography of the Later Roman Empire, Vol. I AD 260-395. Cambridge e Nova Iorque: Cambridge University Press 
  • Mussche, H. F. (1980). Monumenta Graeca Et Romana, Volume 3. Leida: Brill