Itajaí Vôlei

(Redirecionado de Vôlei Balneário Camboriú)
Itajaí Vôlei
Voleibol Volleyball (indoor) pictogram.svg
200
Cores azul e branco
Informações
Cidade Santa Catarina Itajaí
País  Brasil
Competição Brasil Série B
Fundação 2018 (como Vôlei Londrina)
Ginásio Hamilton Linhares Cruz
Presidente Paraná Elisângela Oliveira
Técnico Distrito Federal (Brasil) Cássio Leandro das Neves Pereira
Material esportivo Brasil Legrieg
Patrocinadores Brasil EMBRAED
Resultados
Superliga A 2018-19 12º
Uniformes
Kit left arm.png Kit body unknown.png Kit right arm.png
Kit shorts.png
Cores do Time
Principal
Kit left arm.png Kit body unknown.png Kit right arm.png
Kit shorts.png
Cores do Time
Alternativo
Kit left arm.png Kit body unknown.png Kit right arm.png
Kit shorts.png
Cores do Time
Líbero

O Itajaí Vôlei, atual nome fantasia da Associação Desportiva - Pro-Sport, é uma equipe brasileira de voleibol feminino da cidade de Itajaí, Santa Catarina.

Idealizado pela ex-jogadora Elisângela Oliveira, foi anunciado em 2018 como Vôlei Londrina, tendo-se consagrado vice-campeão da Superliga B de 2018. Após ter conquistado o acesso à elite do voleibol brasileiro, mudou de sede e nome, tendo-se tornado Vôlei Balneário Camboriú.[1][2]

Desde o final de 2019, após uma nova mudança, é conhecido como Itajaí Vôlei.[3]

HistóricoEditar

Em 2018, a ex-atleta de voleibol Elisângela Oliveira apresentou o Vôlei Londrina como uma das equipes que disputariam a Superliga B de 2018. O seu objetivo principal era levar e manter uma equipe de sua cidade-natal na primeira divisão do campeonato nacional da modalidade.[1] Após cinco partidas na fase principal e duas nas semi-finais, a equipe londrinense contentou-se com o vice-campeonato da segunda divisão feminina, após ter perdido a final para o rival da capital paranaense, Curitiba Vôlei, por 3 sets a 2.[4]

Após ter conquistado a vaga para a elite do voleibol brasileiro feminino com o vice-campeonato, a equipe perdeu o apoio do seu patrocinador master e não conseguiu patrocínio local para continuar as suas atividades em Londrina. Em junho de 2018, Elisângela anunciou a mudança de sede do projeto para a cidade catarinense de Balneário Camboriú, tendo-o transformado em Vôlei Balneário Camboriú.[1] Para a temporada de 2018-19, foram contratadas nomes conhecidos como Silvana Fernandes Papini, Priscila Oliveira Heldes e Ivna Marra, mas a equipe não obteve bons resultados, tendo finalizado na última colocação, com apenas três vitórias obtidas em vinte e dois confrontos. [5][6]

Após falta de investimento e divergências com a FMEBC - Fundação Municipal de Esportes de Balneário Camboriú, o clube mudou de sede pela segunda vez em sua história, após confirmação do apoio da FMEL - Fundação Municipal de Esporte e Lazer de Itajaí, tendo-se tornado Itajaí Vôlei.[3]

Títulos e campanhas de destaqueEditar

SímbolosEditar

Evolução da Equipe
Vôlei Londrina
2018 – 2018
Vôlei Balneário Camboriú
2018 – 2019
Itajaí Vôlei
2019 – Atual
     

Elenco atualEditar

  •   Rosane de Andrade Maggione Silva - Levantadora
  •   Juliana Odilon Drugovich - Líbero
  •   Laiza Kelly Figueiredo Ferreira - Oposta
  •   Ariele Cristiane Ferreira - Ponteira
  •   Priscila Oliveira Heldes - Levantadora
  •   Raquel Loff da Silva - Central
  •   Ivna Franco Marra Colombo do Nascimento - Ponteira
  •   Paula Camila Mohr - Ponteira
  •   Ariane Helena Pinto Teixeira - Oposta
  •   Adriani Vilvert Joaquim - Central
  •   Ana Paula Guth - Central
  •   Silvana Fernandes Papini - Líbero

Comissão técnicaEditar

  •   Maurício Thomas - técnico
  •   Cássio Leandro das Neves Pereira - assistente técnica

Referências

  1. a b c «Sem patrocínio, equipe de vôlei londrinense se muda para Camboriú». Paiquere.com.br/. 19 de junho de 2018. Consultado em 10 de fevereiro de 2020 
  2. «Superliga: Vôlei Balneário Camboriú será apresentado neste sábado». Jornal Página 3. 4 de setembro de 2018. Consultado em 23 de março de 2019 
  3. a b «Por falta de incentivo e desentendimentos, BC Vôlei se muda para Itajaí». Jornal Página. 29 de outubro de 2019. Consultado em 22 de janeiro de 2020 
  4. «Curitiba vira o jogo sobre Londrina e é campeão da Superliga B feminina». Globoesporte.com. 9 de abril de 2018. Consultado em 5 de março de 2019 
  5. «Vôlei Balneário Camboriú apresenta elenco para a disputa da Superliga». GloboEsporte.com. 7 de novembro de 2018. Consultado em 23 de março de 2019 
  6. «Superliga A feminina 2018-19». CBV. 7 de novembro de 2018. Consultado em 10 de fevereiro de 2020 

Ligações externasEditar