Abrir menu principal
VTI Rio
Nome nativo VTI
Estúdios de dublagem
Slogan Versão brasileira: VTI Rio
Atividade Dublagem
Fundação 1984
Encerramento 2008
Sede Rio de Janeiro,  Brasil
Área(s) servida(s)  Brasil
Produtos Dublagem e Legendagem

VTI Rio (também conhecido somente como VTI) foi um estúdio de dublagem brasileiro.

HistóriaEditar

Em 1984, foi criado o estúdio VTI Rio, sendo a responsável pela dublagem é legendagem de programas de TV, Vídeo, DVD e Cinema.

Atuando no ambiente publicitário desde o início da década de 50, Víctor Berbara fundou, em 1960, a Network Distribuidora de Filmes, representante da ABC Films, importante produtora estadunidense.

A semente da ideia nasceu exatamente em 1962, quando Victor Berbara (produtor de televisão e de grandes shows), que era diretor de produção da antiga TV Cinesom (que é considerada a antecessora da VTI) e teve a ideia de construir um estúdio de vídeo. O vídeo tape mal acabara de chegar à televisão no Brasil e o vídeo cassete ainda era um sonho distante. Em 1984 Berbara fundou o estúdio de dublagem VTI, colocando o dublador Júlio César Barreiros como diretor de produção da empresa, e Waldyr Sant'anna como o coordenador da empresa.

A VTI fechou as portas em 2008 sem informações sobre o assunto.

TrabalhosEditar

O Grupo Network distribuiu, entre outros sucessos, séries como: Ben Casey, Os Guerrilheiros, As Panteras, Ilha da Fantasia, MacGyver - Profissão Perigo, Jornada nas Estrelas, Sex and the City, Sétimo Céu, Todo Mundo Odeia o Chris, Os Simpsons e O Vidente

Como distribuidor exclusivo da Paramount Pictures desde 1983, foi favorecido pelas incorporações promovidas pelo conglomerado estadunidense Viacom, passando a comercializar seu diversificado acervo (Spelling Entertainment, Republic Pictures e WorldVision).

Referências

  1. Leandro Souza (21 de janeiro de 2017), O Máskara. Dublagem (VTI RIO).Com a voz de Marco Ribeiro., consultado em 7 de maio de 2018 

Referências