Abrir menu principal

Vacina anti-hepatite A

composto químico
(Redirecionado de Vacina contra a hepatite A)
Vacina anti-hepatite A
Biovac A, Havrix, outros
Twinrix GlaxoSmithKline - i-hepA & r-hepB-S-Ag - doos Terumo-naald spuiten.JPG
Tipo de vacina
Atenuado, inactivado
Estatuto OMS
Medicamento esencial (en)Visualizar e editar dados no Wikidata
Doença para tratar
Primeira vacinação
1996
Precauções
Rota de administração
Injeção intramuscular

A vacina anti-hepatite A é uma vacina que previne a hepatite A.[1] É eficaz em cerca de 95% dos casos, dura pelo menos quinze anos e, possivelmente, a vida inteira da pessoa.[1][2] Recomenda-se a administração da vacina após o início do primeiro ano de idade. É administrada por injecção intramuscular.[1]

A Organização Mundial de Saúde (OMS) recomenda a vacinação universal em áreas onde a doença é relativamente comum.[1] Onde a doença é muito frequente, desaconselha-se a vacinação generalizada da população uma vez que todas as pessoas acabam por desenvolver imunidade por meio da infecção aquando crianças.[1] O Centro de Controle e Prevenção de Doenças (CDC) recomenda a vacinação dos adultos de alto risco e de todas as crianças.[3]

No Brasil, a vacina com vírus inativo é administrada em dose única a crianças de 15 meses. Em Portugal pode ser administrada combinada com a Vacina contra hepatite B em duas doses.[4]

Os efeitos secundários são muito raros. Pode manifestar-se no local da injecção em cerca de 15% das crianças e metade nos adultos.[1] A grande maioria das vacinas da hepatite A são à base de vírus inactivos, enquanto poucas são as que contêm conter vírus atenuado.[1] As únicas com vírus enfraquecido são desaconselhadas durante em gravidas ou em pacientes com sistema imunológico muito fraco.[1] Algumas formulações combinam a hepatite A ou com a vacina anti-hepatite B como com a vacina anti-febre tifóide.[1]

A primeira vacina anti-hepatite A foi aprovada na Europa em 1991, e nos Estados Unidos em 1995.[5] Consta na Lista de Medicamentos Essenciais da Organização Mundial de Saúde, considerados os mais eficazes e seguros para responder às necessidades de um sistema de saúde.[6] Nos Estados Unidos é vendida entre US$50-100.[7]

Referências

  1. a b c d e f g h i «WHO position paper on hepatitis A vaccines – June 2012.» (PDF). Wkly Epidemiol Rec. 87 (28/29): 261–76. 13 de julho de 2012. PMID 22905367. Cópia arquivada (PDF) em 16 de dezembro de 2015 
  2. Ott JJ, Irving G, Wiersma ST (Dezembro de 2012). «Long-term protective effects of hepatitis A vaccines. A systematic review». Vaccine. 31 (1): 3–11. PMID 22609026. doi:10.1016/j.vaccine.2012.04.104 
  3. «Hepatitis A In-Short». CDC. 25 December 2013. Consultado em 7 de dezembro de 2015. Cópia arquivada em 10 de dezembro de 2015 
  4. Vacinação da hepatite A
  5. Patravale, Vandana; Dandekar, Prajakta; Jain, Ratnesh (2012). Nanoparticulate drug delivery perspectives on the transition from laboratory to market 1. publ. ed. Oxford: Woodhead Pub. p. 212. ISBN 9781908818195. Cópia arquivada em 5 de março de 2016 
  6. «WHO Model List of Essential Medicines (19th List)» (PDF). World Health Organization. Abril de 2015. Consultado em 8 de dezembro de 2016. Cópia arquivada (PDF) em 13 de dezembro de 2016 
  7. Hamilton, Richart (2015). Tarascon Pocket Pharmacopoeia 2015 Deluxe Lab-Coat Edition. [S.l.]: Jones & Bartlett Learning. p. 314. ISBN 9781284057560