Abrir menu principal

Vai Passar Mal

Álbum de estreia da drag queen Pabllo Vittar
Vai Passar Mal
Álbum de estúdio de Pabllo Vittar
Lançamento 10 de janeiro de 2017 (2017-01-10)
Gênero(s)
Duração 32:43
Formato(s)
Gravadora(s)
Produção
Cronologia de Pabllo Vittar
Open Bar
(2015)
Vai Passar Mal: Remixes
(2017)
Singles de Vai Passar Mal
  1. "Nêga"
    Lançamento: 4 de novembro de 2016 (2016-11-04)
  2. "Todo Dia"
    Lançamento: 20 de janeiro de 2017 (2017-01-20)
  3. "K.O."
    Lançamento: 19 de abril de 2017 (2017-04-19)
  4. "Corpo Sensual"
    Lançamento: 7 de setembro de 2017 (2017-09-07)
  5. "Então Vai"
    Lançamento: 2 de fevereiro de 2018 (2018-02-02)
  6. "Indestrutível"
    Lançamento: 10 de abril de 2018 (2018-04-10)

Vai Passar Mal é o álbum de estreia do cantor e drag queen brasileiro Pabllo Vittar, lançado em 10 de janeiro de 2017, através da gravadora independente BMT Produções Artísticas. O álbum contém participações de Mateus Carrilho, Rico Dalasam, Diplo, Laura Taylor, Lia Clark e Rodrigo Gorky.[1] O primeiro single do disco, "Nêga", foi lançado em 4 de novembro de 2016.[2]

Vai Passar Mal foi bem recebido pelo público e crítica por suas faixas curtas e bem produzidas, com letras que exalam autoestima, caracterizando um belo cartão de visita sob medida para o seu público.[3] Também foi eleito o 8º melhor disco brasileiro de 2017 pela revista Rolling Stone Brasil e foi o vencedor da categoria Melhor Álbum Geral, do Prêmio Genius Brasil de Música de 2017.[4][5] Em 2019, Vai Passar Mal conquistou o disco de platina pela Pro-Música Brasil, por ter vendido 80 mil cópias.[6]

Em fevereiro de 2017, Vittar iniciou a turnê Vai Passar Mal Tour, com um show em São Paulo, para divulgar o disco. A turnê teve cerca de 36 shows com datas em cidades do Brasil e Portugal.

Arte da capa e composiçãoEditar

As fotos do álbum foram feitas pelo fotógrafo Marlon Brambilla em uma fábrica desativada de manequins em São Paulo. Segundo o próprio Marlon, o conceito de imagem do álbum em si, é fazer com que Vittar se parecesse um "manequim humano".[7]

No time de composição do álbum está Vittar, Rodrigo Gorky, Maffalda, Pablo Bispo, Weber, Yuri Drummond, Rico Dalasam, Diplo, Ilsey Juber, King Henry, Emily Warren, Boaz van de Beatz e Pedro D'Eryot.[8]

ProduçãoEditar

Vittar colaborou com cinco produtores no disco, sendo eles: Brabo Music Team (na época, os produtores Rodrigo Gorky e Maffalda), Stefanini, Diplo e Yuri Drummond.[9] O projeto possui sonoridade diversificada, sendo baseado principalmente na música pop, mas trazendo elementos também de trap, tecnobrega e dance-pop.[10] O disco foi mixado e masterizado em Los Angeles por Gorky e Turbotito.[11]

SinglesEditar

A faixa "Nêga" foi escolhida pelo próprio Vittar para ser o carro-chefe do álbum no dia 4 de novembro de 2016.[2]

O videoclipe do segundo single do álbum, "Todo Dia", lançado no dia 20 de janeiro de 2017, acumulou mais de 10 milhões de acessos no clipe no YouTube em menos de três meses, sendo o clipe mais visto por um artista drag queen no mundo até então, e alcançou o 3º lugar na lista Viral 50 Global do Spotify brasileiro.[12][13]

O videoclipe do terceiro single, "K.O.", lançado em 19 de abril de 2017, bateu o próprio recorde de Vittar e se tornou seu vídeo musical mais visto, com mais de 100 milhões de visualizações no YouTube. A canção alcançou a 1° posição de mais executada em todo o Brasil no Spotify.[14] Sem gravadora até então, "K.O." enfrentou dificuldade para entrar em rádios do país, portanto com sua popularidade na internet com várias menções e covers, a canção acabou sendo veiculada por sua demanda. Com isso, "K.O." estreou nas paradas brasileiras da Billboard Brasil, Brasil Hot 100 Airplay e Brasil Hot Pop & Popular nas posições 78 e 16, respectivamente.[15][16] Após meses nestas paradas, a canção alcançaram novas posições, sendo estas 58 e 8, também respectivamente.[17][18] "K.O." também apareceu na posição de número 20 no Top 50 Streaming, da Pro-Música Brasil.[19]

Em julho de 2017, durante uma entrevista que a artista deu ao canal Multishow no YouTube, Pabllo disse que "Corpo Sensual", faixa que conta com a participação do vocalista da Banda Uó, Mateus Carrilho, seria o próximo single do álbum. Em 9 de agosto de 2017, Vittar performou as canções "K.O." e "Corpo Sensual" no talk show Encontro com Fátima Bernardes da Rede Globo.[20][21] Após lançada como single no dia 7 de setembro de 2017, "Corpo Sensual" ficou por vários meses nas paradas da Billboard brasileira, assim como "K.O." O single alcançou o pico de número 68 e 9 nas paradas Brasil Hot 100 Airplay e Brasil Hot Pop & Popular, respectivamente, nas edições de 8 de janeiro de 2018.[17][22] "Corpo Sensual" também apareceu na posição de número 5 no Top 50 Streaming, da Pro-Música Brasil.[23] Com "Corpo Sensual", "K.O." e "Sua Cara", Pabllo tornou-se o primeiro artista a ter 3 músicas simultaneamente no top 5 do Spotify Brasil.[24]

Em 2 de fevereiro de 2018, Vittar lançou "Então Vai", com participação de Diplo, como o quinto single do álbum. No vídeo musical da canção, Vittar e Diplo se beijam. O videoclipe alcançou 3 milhões de visualizações no YouTube em 24 horas.[25]

Em 10 de abril de 2018, Pabllo lançou "Indestrutível" como o sexto e último single do álbum, com seu videoclipe tendo como tema a homofobia praticada por adolescentes a um colega de escola.[26]

ControvérsiaEditar

No dia 1 de agosto de 2017, a faixa "Todo Dia" foi removida do YouTube após Rico Dalasam processar judicialmente a equipe de produção da faixa. No dia 9 de agosto, a música foi removida de todas as plataformas digitais, incluindo o Spotify.[27]

TurnêEditar

Vai Passar Mal Tour
Concerto internacional de Pabllo Vittar
Locais América do Sul
Europa
Álbum associado Vai Passar Mal
Data de início 18 de fevereiro de 2017
(São Paulo)
Data de fim 9 de setembro de 2018
(Uberaba)
Partes 1
N.º de apresentações 35 na América do Sul
1 na Europa
total de 36 shows
Cronologia de turnês de Pabllo Vittar
 
Open Bar Tour
(2015–16)
Não Para Não Tour
(2018–presente)
 

Para divulgar o álbum, Pabllo embarcou na turnê Vai Passar Mal Tour, que teve início em 2017 e se estendeu por 2018.[28] A turnê foi indicada na categoria "Melhor Show", na edição de 2017 do Prêmio Jovem Brasileiro, porém acabou perdendo para a turnê de Ivete Sangalo, Turnê Acústico.

Repertório

Este repertório é representativo do show do dia 8 de dezembro de 2017, em Belo Horizonte. Ele não representa todos os shows da turnê.[29]

  1. "Nêga"
  2. "Amante"
  3. "No Chão"
  4. "Tara"
  5. "Corpo Sensual"
  6. "Pode Apontar"
  7. "Minaj"
  8. "Indestrutível"
  9. "Sua Cara"
  10. "Open Bar"
  11. "K.O."
  12. "Irregular"

DatasEditar

Data Cidade País Local
América do Sul
18 de fevereiro de 2017 São Paulo   Brasil Clube Pop do Cassete
10 de março de 2017 Maceió Clube Fênix Alagoana
15 de abril de 2017 Ribeirão Preto Espaço Zona Sul
22 de abril de 2017 Belo Horizonte Mercado das Borboletas
16 de junho de 2017[a 1] São Paulo Audio Club
18 de junho de 2017[a 2] Avenida Paulista
8 de julho de 2017 Sorocaba Edub Two
22 de julho de 2017 Belo Horizonte Mercado das Borboletas
28 de julho de 2017 São Paulo Via Matarazzo
30 de julho de 2017[a 3] Rio de Janeiro The Week
12 de agosto de 2017 Porto Velho Dimples Dance
15 de setembro de 2017[a 4] Rio de Janeiro Parque Olímpico do Rio de Janeiro
20 de setembro de 2017 São Paulo Pepsi on Stage
27 de setembro de 2017 Nova Lima Wood's BH
6 de outubro de 2017[a 5] Belém Hangar Centro de Convenções e Feiras da Amazônia
7 de outubro de 2017[a 6] Manaus Quadra da Aparecida
4 de novembro de 2017[a 7] Rio de Janeiro Parque Olímpico do Rio de Janeiro
5 de dezembro de 2017[a 8] Ponta Grossa Centro de Eventos
7 de dezembro de 2017 Salvador Alto do Andú
8 de dezembro de 2017 Belo Horizonte Centro Esportivo Universitário
9 de dezembro de 2017 Sorocaba Edub Two
16 de dezembro de 2017 São José dos Campos Clube Luso Brasileiro
17 de dezembro de 2017 São Paulo Rua Augusta
28 de dezembro de 2017[a 9] Salvador Arena Daniela Mercury
29 de dezembro de 2017 Rio de Janeiro Vivo Rio
5 de janeiro de 2018 Brasília Victoria Haus
13 de janeiro de 2018[a 10] Belém Mormaço Bar e Arte
3 de fevereiro de 2018[a 11] Xangri-lá Sede Campestre da Saba
14 de abril de 2018 Florianópolis Parador P12
2 de maio de 2018[a 12] São Paulo WTC Events Center
25 de maio de 2018[a 13] Patos de Minas Parque de Exposições
3 de junho de 2018[a 14] São Paulo Avenida Paulista
Europa
24 de junho de 2018[a 15] Lisboa   Portugal Praça do Comércio
América do Sul
11 de agosto de 2018[a 16] Uberlândia   Brasil Teatro Municipal de Uberlândia
25 de agosto de 2018[a 17] Belo Horizonte Mirante Beagá
7 de setembro de 2018[a 18] Brasília Victoria Haus
9 de setembro de 2018[a 19] Uberaba Centro Park
  • Esta tabela pode não conter todos os shows da turnê.

Shows canceladosEditar

Data Cidade País Motivo(s)
América do Sul[30]
27 de setembro de 2018 Santa Maria   Brasil Descumprimento contratual por parte do produtor
28 de setembro de 2018 Porto Alegre Desacordo comercial

Lista de faixasEditar

Edição padrão
N.º TítuloCompositor(es)Produtor(es) Duração
1. "Nêga"  
  • Gorky
  • Maffalda
2:54
2. "K.O."  
  • Gorky
  • Maffalda
2:35
3. "Irregular"  
  • Vittar
  • Stefanini
  • Maffalda
  • Gorky
  • Gorky
  • Maffalda
  • Stefanini
3:55
4. "Corpo Sensual" (com participação de Mateus Carrilho)
  • Yuri Drummond
  • Weber
  • Maffalda
  • Gorky
  • Gorky
  • Maffalda
2:50
5. "Tara"  
  • Maffalda
  • Gorky
  • Drummond
  • Gorky
  • Maffalda
3:01
6. "Todo Dia" (com participação de Rico Dalasam)
  • Dalasam[31]
  • Maffalda
  • Gorky
  • Gorky
  • Maffalda
2:24
7. "Então Vai" (com participação de Diplo)
  • Diplo
  • King Henry
  • Ilsey Juber
  • Boaz van de Beatz
  • Emily Warren
  • Gorky
  • Maffalda
  • Diplo[a]
2:48
8. "Ele É o Tal" (com participação de Laura Taylor, Lia Clark e Rodrigo Gorky)
  • Vittar
  • Pedro D'Eyrot
  • Maffalda
  • Gorky
  • Gorky
  • Maffalda
2:50
9. "Pode Apontar"  
  • Vittar
  • Maffalda
  • Gorky
  • Bispo
  • Drummond
  • Gorky
  • Maffalda
2:53
10. "Indestrutível"  
  • Maffalda
  • Gorky
  • Bispo
  • Gorky
  • Maffalda
3:27
Duração total:
29:42

Notas

  • ↑[a] denota um co-produtor
  • A faixa "Todo Dia" foi removida de todas as plataformas digitais no dia 1º de agosto de 2017, devido ao fato de Rico Dalasam entrar na justiça pelos direitos autorais da música.[33]

CertificaçõesEditar

País Certificação Vendas
  Brasil (Pro-Música Brasil)[6]   Platina 80.000‡
vendas+streaming definido com base apenas no nível de certificação.

Histórico de lançamentoEditar

Região Data Formato(s) Gravadora(s)
Várias 10 de janeiro de 2017[34][35] BMT Produções Artísticas
Brasil julho de 2017[36] CD (versão limitada – promocional)

Notas

  1. O show é parte do Milkshake Festival.
  2. O show é parte da Parada do Orgulho LGBT.
  3. O show é parte do Combatchy Rio.
  4. O show é parte do Rock in Rio.
  5. O show é parte do Fest Vraah.
  6. O show é parte do Manaus Pop Festival.
  7. O show é parte do Festeja Brasil.
  8. O show é parte do München Fest.
  9. O show é parte do Festival Virada Salvador.
  10. O show é parte do Bloco Largadinho no Mormaço.
  11. O show é parte do Planeta Atlântida.
  12. O show é parte do Coca Cola Fan-Feat.
  13. O show é parte do Fenamilho.
  14. O show é parte da Parada do Orgulho LGBT.
  15. O show é parte da Parada do Arraial Lisboa Pride.
  16. {{{1}}}
  17. O show é parte do Breve Festival.
  18. O show é parte do Micarê da Farra.
  19. O show é parte do Liu Vegas.

Referências

  1. «Vai Passar Mal». iTunes. Consultado em 14 de janeiro de 2019 
  2. a b «Pabllo Vittar lança novo single, "Nêga", e dá detalhes do novo álbum». Papelpop. Consultado em 17 de janeiro de 2019 
  3. Oliveira, Luccas (26 de janeiro de 2017). «Critica: Disco de Pabllo Vittar é um cartão de visita sob medida para o seu público». O Globo. Consultado em 22 de fevereiro de 2017 
  4. «Melhores Discos Nacionais de 2017». Rolling Stone Brasil. Grupo Spring de Comunicação. 2017. Consultado em 25 de janeiro de 2019 
  5. «Prêmio Genius Brasil de Música 2017». Genius. Consultado em 31 de janeiro de 2019 
  6. a b «Certificados de Pabllo Vittar». Pro-Música Brasil. Consultado em 23 de março de 2019 
  7. «Pabllo Vittar - marlonbrambilla». Marlon Brambilla. Consultado em 30 de abril de 2017 
  8. «Produtor de Pabllo Vittar rebate Rico Dalasam: 'Mágoa'». Veja. Consultado em 2 de agosto de 2017 
  9. «Produtor de Pabllo Vittar rebate Rico Dalasam: 'Mágoa'». Veja. Consultado em 2 de agosto de 2017 
  10. Tintel, Guilherme (20 de janeiro de 2017). «Já ouviu o CD de estreia da Pabllo Vittar? "Vai Passar Mal" está todinho entre nós!». portalitpop. Consultado em 22 de fevereiro de 2017 
  11. Cruz, Phelipe (10 de janeiro de 2017). «Pabllo Vittar lança novo single, "Nêga", e dá detalhes do novo álbum». Papelpop. Consultado em 22 de fevereiro de 2017 
  12. Torres, Leonardo (6 de abril de 2017). «10 milhões: Pabllo Vittar supera número de visualizações de clipes de popstars internacionais». POPline. Consultado em 10 de abril de 2017 
  13. Torres, Leonardo (26 de janeiro de 2017). «"Todo Dia": música de Pabllo Vittar alcança 3º lugar na lista Viral 50 Global do Spotify». POPline. Consultado em 22 de fevereiro de 2017 
  14. «Produtor de Pabllo Vittar rebate Rico Dalasam: 'Mágoa'». Veja. Consultado em 2 de agosto de 2017 
  15. Torres, Leonardo (31 de julho de 2017). «Pabllo Vittar entra na lista das 20 músicas pop mais tocadas nas rádios do país». POPline. Consultado em 1 de agosto de 2017 
  16. «Pop Brasil: Anitta mantém dominação no ranking». Billboard Brasil. Consultado em 10 de outubro de 2017 
  17. a b «Billboard Brasil: 8 de janeiro de 2018». Billboard Brasil. Consultado em 8 de janeiro de 2018 
  18. «Pop Brasil: Anitta lidera o ranking com "Downtown" e emplaca "Vai Malandra"». Billboard Brasil. Internet Group. Consultado em 8 de janeiro de 2018. Arquivado do original em 26 de dezembro de 2017 
  19. «TOP 50 Streaming». Pro-Música Brasil. Consultado em 1 de janeiro de 2019 
  20. «Pabllo Vittar canta 'Corpo Sensual'». Gshow. 9 de agosto de 2017. Consultado em 12 de agosto de 2017 
  21. «Produtor de Pabllo Vittar rebate Rico Dalasam: 'Mágoa'». Veja. Consultado em 2 de agosto de 2017 
  22. «Pop Brasil: Anitta lidera o ranking com "Downtown" e emplaca "Vai Malandra"». Billboard Brasil. Internet Group. Consultado em 8 de janeiro de 2018. Arquivado do original em 26 de dezembro de 2017 
  23. «TOP 50 Streaming». Pro-Música Brasil. Consultado em 16 de fevereiro de 2019 
  24. «Pabllo Vittar é a primeira artista a ter 3 músicas no Top 5 do Spotify brasileiro ao mesmo tempo!». Papelpop. 21 de setembro de 2017. Consultado em 29 de junho de 2018 
  25. Nunes, Caian (3 de fevereiro de 2018). «24 horas após o lançamento, Pabllo Vittar conquista mais de 3 milhões de visualizações no clipe de "Então Vai"». POPline. Consultado em 3 de fevereiro de 2019 
  26. «Pabllo Vittar lança clipe de 'Indestrutível' com denúncia contra 'bullying e violência contra jovens LGBTQ+'; assista». G1. 10 de abril de 2018. Consultado em 16 de abril de 2018 
  27. «Produtor de Pabllo Vittar rebate Rico Dalasam: 'Mágoa'». Veja. Consultado em 2 de agosto de 2017 
  28. «Pabllo Vittar traz para Maceió show da turnê 'Vai Passar Mal' próxima sexta». Correio dos Municípios. Consultado em 2 de agosto de 2017 
  29. «Pabllo Vittar Concert Setlist at Centro Esportivo Universitário, Belo Horizonte on December 8, 2017». setlist.fm (em inglês). Consultado em 14 de janeiro de 2019 
  30. «Shows de Pabllo Vittar são cancelados em Porto Alegre e Santa Maria». Digoreste News. Consultado em 31 de março de 2019 
  31. «Produtor de Pabllo Vittar rebate Rico Dalasam: 'Mágoa'». Veja. Consultado em 2 de agosto de 2017 
  32. «PISA MENOS! Ouça "Pronto Pra Te Amar", faixa inédita da Pabllo Vittar». Superpride. 9 de março de 2017. Consultado em 26 de julho de 2017 
  33. «Pabllo Vittar tem música 'Todo dia' retirada do YouTube após Rico Dalasam reclamar de contrato». G1. Consultado em 10 de março de 2019 
  34. «Vai Passar Mal». iTunes. Consultado em 14 de janeiro de 2019 
  35. «Vai Passar Mal». Spotify. Consultado em 27 de dezembro de 2018 
  36. «É OFICIAL!, Vai ter CD Físico de "Vai Passar Mal" SIM! Confira! (Pabllo Vittar Via Instagram Store.)». Facebook. Consultado em 24 de janeiro de 2019 

Ligações externasEditar