Abrir menu principal

Vale de Estrela

freguesia da Guarda, Portugal
Portugal Portugal Vale de Estrela 
  Freguesia  
Vale de Estrela está localizado em: Portugal Continental
Vale de Estrela
Localização de Vale de Estrela em Portugal
Coordenadas 40° 29' 58" N 7° 18' 28" O
País Portugal Portugal
Concelho GRD.png Guarda
Administração
- Tipo Junta de freguesia
- Presidente Cristóvão Lages Antunes (PS)
Área
- Total 13,94 km²
População (2011)
 - Total 394
    • Densidade 28,3 hab./km²
Website [1]; [2]

Vale de Estrela é uma freguesia portuguesa do concelho da Guarda, com 13,94 km² de área[1] e 394 habitantes (2011). A sua densidade populacional é de 28,3 hab/km². Esta freguesia designou-se Porcas até 1928.[2] A esta freguesia pertence ainda a povoação de Albardeiros.

Foi das primeiras aldeias do concelho da Guarda a ser eletrificada, retribuindo a Câmara da Guarda assim, o facto da água que se consumia na cidade, sair desta freguesia dum lugar que ficou sempre designado como "O POÇO",na quinta da Montanheira, onde ainda são visíveis as velhas maquinarias, que elevavam a água que era canalizada para consumo doméstico na cidade.

Também por ser uma freguesia muito próxima da cidade, e apresentar relevo e vegetações variadas, foi muitas vezes escolhida pelo extinto Regimento de Infantaria (R12) da Guarda, para aí fazerem acampamentos e simulações/treinos para a ex guerra colonial, sendo frequente verem-se colunas militares a "invadirem e tomarem a aldeia".

Nas imediações da localidade existe um cruzeiro denominado "Marco das Três Bacias", implantado no ponto de convergência das bacias hidrográficas dos rios Douro, Tejo e Mondego.[3]

Efetivamente, à saída de Vale de Estrela e em direção a Manteigas, apanhamos o caminho (primeiro alcatroado e a seguir em terra batida), que facilmente nos conduz ao referido cruzeiro (que foi reconstruído nos finais do século XX) e que se localiza junto do ex "campo da bola"; Poderemos constatar que daquele alto uma das encosta faz escoamento de águas para a ribeira da Vela, que vai para o Rio Zêzere e portanto para o rio Tejo. Outra encosta escoa para a Ribeira da Quinta das Cabras, depois rio Coa e Rio Douro. Da terceira encosta o escoamento é feito para a ribeira da Corujeira que entra no Rio Mondego.

A partir deste ponto pode calmamente e em qualquer veículo, prosseguir viagem ao longo das eólicas até ao "Penedo Depois" e regalar-se com a amplitude visual em 360 graus. Continue até à freguesia de Aldeia do Bispo, vire para os Albardeiros, Fontão, Portomé e através do vale, chega à Vela.

Já agora e se gosta de conduzir em terra batida ou estradas pouco usuais, saia da Guarda pelo caminho da prisão/cemitério, reveja o local onde as tropas do RI 12 treinavam o tiro (carreira de tiro, ainda usada por forças para-militares) e a já referida estação elevatória intermédia de água, desça até à igreja paroquial de Vale de Estrela e poderá virar para a direita através de uma estreita estrada alcatroada, chegar a Maçainhas (ou se preferir, a meio vire para a esquerda e vai até à Corujeira).

PopulaçãoEditar

População da freguesia de Vale de Estrela [4]
1864 1878 1890 1900 1911 1920 1930 1940 1950 1960 1970 1981 1991 2001 2011
592 663 747 701 704 574 611 650 677 532 397 408 414 418 394

Nos anos de 1864 a 1920 denominava-se Porcas. Pelo decreto nº 14.912, de 16 de janeiro de 1928, passou a ter a actual designação

Referências

  1. «Carta Administrativa Oficial de Portugal CAOP 2013». descarrega ficheiro zip/Excel. IGP Instituto Geográfico Português. Consultado em 13 de Março de 2014. Arquivado do original em 9 de dezembro de 2013 
  2. «Paróquia de Porcas». Arquivo Distrital da Guarda. Consultado em 18 de Março de 2014 
  3. «Vale de Estrela». CLDS-3G Guarda 
  4. Instituto Nacional de Estatística (Recenseamentos Gerais da População) - https://www.ine.pt/xportal/xmain?xpid=INE&xpgid=ine_publicacoes


  Este artigo sobre freguesias portuguesas é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.