Abrir menu principal

Valentim Gentil

município brasileiro do estado de São Paulo
Disambig grey.svg Nota: Se procura o político, veja Valentim Gentil (político).
Valentim Gentil
  Município do Brasil  
Símbolos
Brasão de armas de Valentim Gentil
Brasão de armas
Hino
Gentílico valentim-gentilense
Localização
Localização de Valentim Gentil em São Paulo
Localização de Valentim Gentil em São Paulo
Valentim Gentil está localizado em: Brasil
Valentim Gentil
Localização de Valentim Gentil no Brasil
Mapa de Valentim Gentil
Coordenadas 20° 25' 19" S 50° 05' 16" O
País Brasil
Unidade federativa São Paulo
Municípios limítrofes Votuporanga, Magda, Parisi e Meridiano
Distância até a capital 536 km
História
Fundação 3 de maio de 1943 (76 anos)
Administração
Prefeito(a) Adilson Segura (PSDB, 2017 – 2020)
Características geográficas
Área total [1] 149,7 km²
População total (Censo IBGE/2010[1]) 11 036 hab.
Densidade 73,72 hab./km²
Clima subtropical (Cfa)
Altitude 510 m
Fuso horário Hora de Brasília (UTC−3)
Indicadores
IDH (PNUD/2000 [2]) 0,785 alto
PIB (IBGE/2009[3]) R$ 152 630 mil
PIB per capita (IBGE/2009[3]) R$ 15 138,87
Prefeitura de Valentim Gentil (Prefeitura)

Valentim Gentil é um município brasileiro do estado de São Paulo. A cidade tem uma população de 11.036 habitantes (IBGE/2010) e área de 149,7 km².[1]

HistóriaEditar

Tinha o antigo nome de Jacilândia, que em tupi-guarani quer dizer "Terra da Lua", antigo nome do município, por ter uma bela vista de seu morro para a lua. Seus fundadores foram Raphael Cavalin, João Novaes e José Honório Filho. O primeiro marco foi colocado em 3 de março de 1943. Teve o nome mudado para Valentim Gentil em 1947, como homenagem a esse político. No dia 24 de dezembro de 1948 as autoridades estaduais deram autonomia política, elevando Valentim Gentil ao status de município.

Economia: A economia do município de Valentim Gentil é baseada na industria moveleira, com aproximadamente 100 fabricas. A cidade tem grande potencial de crescimento, por ser provida de uma ótima infraestrutura que conta com uma ferrovia administrada pela Rumo Logística e chega ate o porto de Santos e também pela proximidade com a rodovia Euclides da Cunha (SP-320).

GeografiaEditar

Localiza-se a uma latitude 20º25'20" sul e a uma longitude 50º05'15" oeste, entre as cidades de Votuporanga e Fernandópolis. Sua altitude é de 510 metros.

HidrografiaEditar

RodoviasEditar

DemografiaEditar

Dados do Censo - 2016[1]

População total: 11.036

  • Urbana: 10.073
  • Rural: 963
  • Homens: 5.548[4]
  • Mulheres: 5.488

Densidade demográfica (hab./km²): 73,72

ComunicaçõesEditar

A cidade foi atendida pela Companhia de Telecomunicações do Estado de São Paulo (COTESP) até 1975, quando passou a ser atendida pela Telecomunicações de São Paulo (TELESP)[5], que construiu em 1979 a central telefônica utilizada até os dias atuais. Em 1998 esta empresa foi privatizada e vendida para a Telefônica, sendo que em 2012 a empresa adotou a marca Vivo para suas operações de telefonia fixa[6][7][8].

TurismoEditar

O município conta com uma lagoa próxima ao centro da cidade, na qual localiza-se uma área pública de lazer e uma lanchonete, além de uma área de proteção ambiental distante 14 km da sede do município.

Referências

  1. a b c d «Censo Populacional 2010 - IBGE» (PDF). IBGE.gov.br. Consultado em 2 de setembro de 2011 
  2. «Ranking decrescente do IDH-M dos municípios do Brasil». Atlas do Desenvolvimento Humano. Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento (PNUD). 2000. Consultado em 11 de outubro de 2008 
  3. a b «Produto Interno Bruto dos Municípios 2005-2009» (PDF). Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística. Consultado em 21 de dezembro de 2011. Arquivado do original (PDF) em 5 de agosto de 2012 
  4. «SIDRA IBGE - Tabela 608 - População residente, por situação do domicílio e sexo». IBGE. Consultado em 2 de setembro de 2011 
  5. «Área de atuação da Telesp em São Paulo». Página Oficial da Telesp (arquivada) 
  6. «Telesp vai servir mais 86 cidades do estado». Acervo Folha de São Paulo 
  7. «Nossa História». Telefônica / VIVO 
  8. GASPARIN, Gabriela (12 de abril de 2012). «Telefônica conclui troca da marca por Vivo». G1 

Ligações externasEditar