Vallecas

Vallecas, bairro obreiro de Madrid, situado no Sueste. Têm 300.000 habitantes. Colheu grande fama na luta contra a ditadura franquista e era conhecido como a pequena Rússia. Figuras importantes dessa luta foram o Padre LLanos e o canta-autor Luís Pastor.

Os seus habitantes sentem um forte orgulho por ter nascido no bairro. Têm uma equipa de futebol, o Rayo Vallecano, que durante vários anos participou na primeira divisão e no ano 1977 foi alcunhado como o "Mata gigantes" pelas suas vitorias contra as equipas grandes.

Desportivamente têm outra prova muito importante, a São Silvestre Vallecana, que se celebra o 31 de dezembro, é uma corrida de atletismo de 10 km que se celebra em duas categorias, a profissional e a popular, e termina no estádio do Rayo Vallecano.

O nome do bairro é frequentemente escrito com "k" pelos seus habitantes: "Vallekas".

No mês de Junho, nas festas do bairro celebra-se a batalha naval, na "Plaza Vieja", coração de Vallecas, que junto aos bulevares formam o núcleo tradicional do bairro na zona do "Puente de Vallecas". Outra rua importante é a do "Payaso Fofó", junto ao campo do Rayo, pois esta famosa família de palhaços e cómicos criou-se no bairro durante muitos anos, de facto Fofó está enterrado no cemitério do "Pueblo de Vallecas".

A via principal do bairro é a "Avenida de la Albufera".

A Assembleia de Madrid também está situada no bairro de Vallecas na zona de São Diego.

Desde o ano 1960 até agora no 2006, sofreu umas transformações similares aos outros bairros da periferia de Madrid, passou de ter ruas sem asfaltar e sem iluminar a estar completamente cheio de serviços: rede de metro, urbanização das ruas, zonas com jardins, grandes centros comerciais.

De um urbanismo selvagem, onde houve alguma estafa bem conhecida, passou a um urbanismo ordenado.

Ver tambémEditar