Disambig grey.svg Nota: Para outras acepções, veja Vamba (desambiguação).

Vamba (em latim: VVamba, Vamba, Wamba; 680) foi um rei visigótico de 672 a 680.

Vamba
Eleição de Vamba como rei por Francisco de Paula Van Halen, 1843.
Rei visigótico
Reinado 672680
Antecessor(a) Recesvinto
Sucessor(a) Ervígio
 
Nascimento c. 643 Penamacor
Morte 687/688
Religião cristianismo

VidaEditar

Após Recesvinto (r. 653–672), Vamba foi eleito rei. Teve que lidar com revoltas em Tarraconense, e devido a isto, sentiu a necessidade de reformar o exército. Aprovou uma lei declarando que todos os duques, condes e outros líderes militares, bem como bispos, tinham que vir em auxílio do reino uma vez que a ameaça tornou-se conhecida, com perigo de severa punição. Vamba foi finalmente deposto em um golpe.[1]


Precedido por
Recesvinto
Rei visigótico
672680
Sucedido por
Ervígio

Referências

  1. Barbero 2005, p. 360-369.

BibliografiaEditar

  • Barbero, A.; Loring, M. I. (2005). «The Catholic Visigothic kingdom». In: Fouracre, Paul. The New Cambridge Medieval History Volume I c. 500-c.700. Cambridge: Cambridge University Press. ISBN 9780521362917 
  Este artigo sobre História ou um(a) historiador(a) é um esboço relacionado ao Projeto História. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.