Abrir menu principal
Vanessa Riche
Nome completo Vanessa Riche Lopes
Nascimento 14 de junho de 1972
Rio de Janeiro (RJ)
Nacionalidade  Brasileira
Ocupação jornalista

Vanessa Riche Lopes (Rio de Janeiro, 14 de junho de 1972) é uma jornalista e publicitária brasileira.

BiografiaEditar

Com pouco mais de 21 anos, ingressou na profissão de radialista. Após curto estágio na Rádio Universidade da Faculdade Estácio de Sá, tornou-se locutora da instituição, permanecendo por um ano na emissora. Da Estácio de Sá, migrou para a Rádio Cidade e depois para a Rádio Jovem Pan[1].

A partir de 1999, na Globo News, trabalhou como repórter, apresentadora de telejornais e do programa de variedades Via Brasil. A partir de um interesse próprio pelo esporte, transferiu-se para o SporTV em 2004. Integrada à equipe do canal pelo experiente jornalista Armando Nogueira, assumiu o diário esportivo de final de noite SporTV News em 2005 [2] . Após anos de sucesso com o telejornal, em 2010, passou a apresentar também o programa "Tá na Área", em companhia do apresentador Lucas Gutierrez. A partir de junho de 2017, passou a atuar também na Rádio Globo como apresentadora do programa "Convocadas" juntamente com a jornalista Fernanda Gentil[3].

Dentre os principais trabalhos da jornalista, estão a cobertura dos grandes eventos esportivos mundiais em esporte a partir do ano 2000 - Jogos Pan-Americanos (dentre eles, o Pan do Brasil), Jogos Olímpicos e Copas do Mundo, em que se destacou como a primeira mulher a narrar eventos esportivos em emissoras da Rede Globo [4]. Além disso, a sua narração do trágico sequestro do ônibus 174 no Rio de Janeiro foi destaque mundial na CNN [5]. Este trabalho foi considerado uma das grandes reportagens jornalísticas brasileiras em publicações sobre jornalismo.[6]

Em 17 de outubro de 2017, Vanessa deixou o SporTV, junto com outros profissionais da área esportiva[7]. Após quatro meses de afastamento da TV, é anunciada a sua volta no Canal Fox Sports para coordenar a escolha das vozes femininas para a Copa do Mundo de 2018[8]

Fora da TV, tem atuado como mestre de cerimônias e instrutora em palestras e 'workshops' de telejornalismo esportivo, voltados especialmente à preparação de novos talentos e a estudantes de jornalismo.[9]

Referências

  1. «Vanessa Riche, jornalista do SporTV - Universidade do Futebol». Universidade do Futebol. 4 de junho de 2010. Consultado em 22 de maio de 2016 
  2. Papo de Mídia. «Vanessa Riche no Sportv (3 de junho de 2004)». Consultado em 18 de abril de 2014 
  3. «Fernanda Gentil fará novo programa da Rádio Globo que terá 5 mulheres» 
  4. Rádio Globo. «Vanessa Riche dá conselhos para narradoras esportivas». Consultado em 18 de abril de 2014 
  5. Globo.com. «Após 10 anos, Globo.com lembra caso sobre o ônibus 174. Imagem e locução da repórter Vanessa Riche foram veiculadas na CNN - Globo.com». Consultado em 18 de abril de 2014 
  6. Vera Iris Paternostro (2006). Globo News - 10 anos no ar 1a. ed. Rio de Janeiro: Globo. p. 18. 448 páginas. ISBN 9788525042699. Consultado em 18 de abril de 2014 
  7. «Demitida do SporTV, Vanessa Riche fala em "leque de opções" sobre o futuro» 
  8. «Vanessa Riche chega ao Fox Sports para encontrar narradoras para a Copa». Portal Comunique-se. 15 de fevereiro de 2018 
  9. Donas da Bola. «Vanessa Riche coordena curso de extensão em jornalismo no IBMEC, Rio». Consultado em 18 de abril de 2014 

Ligações externasEditar