Abrir menu principal

Vasco de Matos Sequeira

(Redirecionado de Vasco Matos Sequeira)
Vasco de Matos Sequeira
Outros nomes Vasco Matos Sequeira
Nascimento 16 de julho de 1903
Lisboa
Morte
Lisboa
Nacionalidade português
Progenitores Mãe: Beatriz Carolina de Oliveira
Pai: Gustavo Adriano de Matos Sequeira
Ocupação Jornalista, escritor e funcionário público

Vasco de Matos Sequeira, também conhecido como Vasco Matos Sequeira (Lisboa, 16 de Julho de 1903 - Lisboa, 16 de Julho de 1973[1]), foi um escritor teatral e jornalista português.[2]

BiografiaEditar

Filho de Gustavo Adriano de Matos Sequeira e de sua mulher Beatriz Carolina de Oliveira.

Dedicando-se ao Jornalismo, foi, como seu pai, Redactor d' "O Mundo" e d' "O Século", e colaborador de vários jornais e revistas.[2]

Para o Teatro, escreveu, sozinho ou de colaboração:[2] as Revistas:[2]

  • B-A-BA[2]
  • Sete e Meio,[2] 1927, em que participou seu pai[3]
  • Caras e Caretas[2]
  • Manda Quem Pode[2]
  • Já te Matei[2]
  • A Cigarra e a Formiga[2]
  • A Rapioca[2]
  • Revista Sonora[2]
  • Zás, Trás, Pás! Viva o Jazz[2]
  • Nau Catrineta[2]
  • Sape-Gato[2]

a opereta:[2]

  • As Lavadeiras[2]

e a farsa:[2]

  • Rainha das Sogras[2]

Colaborou na tradução de:[2]

  • Revoltados, comédia, traduzida e adaptada por seu pai com Pereira Coelho, representada no Teatro Ginásio, 1930[2]
  • Bola de Neve, revista[2]

Além da sua colaboração no "Jornal de Lourenço Marques", de cujas gazetilhas publicou um livro, escreveu as revistas:[2]

Em 1927, publicou um livro de versos, Cantigas que a Gente Canta.[2]

Tendo seguido para a África como Funcionário da Companhia de Moçambique, passou, depois, para o Funcionalismo Público, tendo sido Administrador do Posto de Dombe.[2]

Referências

  1. da Guerra Andrade, Adriano (1999). Dicionário de pseudónimos e iniciais de escritores portugueses. [S.l.]: Biblioteca Nacional Portugal. pp. 271 e 440 
  2. a b c d e f g h i j k l m n o p q r s t u v w x y z aa Vários. Grande Enciclopédia Portuguesa e Brasileira. [S.l.]: Editorial Enciclopédia, L.da. pp. Volume 16. 612 
  3. Vários. Grande Enciclopédia Portuguesa e Brasileira. [S.l.]: Editorial Enciclopédia, L.da. pp. Volume 16. 611