Velódromo de Saint-Quentin-en-Yvelines

Velódromo nacional de Saint-Quentin-en-Yvelines
131027 Velodrome.jpg

Velódromo de Saint-Quentin-en-Yvelines.

Generalidades
Endereço
Construção e abertura
Período de construção
Abertura
Arquiteto
Chabanne & Partenaires Architectes, Synthèse Ingenierie, Agence Ter Paysagistes-Urbanistes, Ralph Schürmann.
Utilização
Clubes residentes
Equipamento
Capacidade
6 000
Tribunas
5 000
Localização
Coordenadas

O velódromo de Saint-Quentin-en-Yvelines, igualmente nomeado Velódromo nacional, é um velódromo localizado em Montigny-le-Bretonneux nos Yvelines. Abriu as suas portas ao público a 13 de janeiro de 2014. A Federação francesa de ciclismo tem instalada a sua sede e a equipa da França o seu centro de treinos.[2] O velódromo é o equipamento principal deste novo complexo, que comporta uma segunda arena adaptada às provas de BMX. Estas instalações com normas olímpicas acolhem competições nacionais e internacionais.

OrigemEditar

Durante a Candidatura para os Jogos Olímpicos de 2012 da cidade de Paris, a cidade de Montigny-le-Bretonneux esteve escolhida como a futura localização do grande velódromo francês. Apesar do falhanço da candidatura, o projecto continuou. Para o presidente da Federação Francesa de Ciclismo David Lappartient, « o futebol tem o seu Clairefontaine, o Rugby Marcoussis, o ciclismo terá Saint Quentin en Yvelines ».[2] O velódromo está previsto para servir de sede desportivo na candidatura de Paris para a organização dos Jogos Olímpicos de Verão de 2024.

O lançamento oficial do projecto teve lugar em 19 de outubro de 2009 no hotel da aglomeração de Saint-Quentin-en-Yvelines em presença de Rama Yade, secretária de Estado dos desportos, Michel Laugier, prefeito de Montigny-le-Bretonneux, Robert Cadalbert, presidente da comunidade de aglomeração de Saint-Quentin-en-Yvelines, David Lappartient e dos eleitos locais.[3].

Apresentação do projectoEditar

O centro desportivo e de lazeres, completado de espaços acondicionados – agências, comércios, restaurantes, hotéis, alojamento de estudantes, pesquisadores e jovens activos, etc. está localizado num terreno de 15 hectares e se integrou entre a temporada de estação de Saint-Quentin-en-Yvelines - Montigny-le-Bretonneux e a baseia de pleno ar e de lazeres de Saint-Quentin-en-Yvelines.[4]próximo da autoestrada A12.

Concepção e PPPEditar

 
Velódromo em trabalhos (janeiro 2013)

A planta da obra e operação está assegurada pelas empresas Chabanne & Partenaires Architectes, Synthèse Ingénierie e pela agência Ter Paysagistes-Urbanistes. O arquiteto alemão Ralph Schürmann, igualmente arquiteto do velódromo dos Jogos Olímpicos de Pequim, é o designer da pista[2]. Pertence a uma família de arquitetos consideradas como uma dos primeiras especialistas dos velódromos no mundo.

O orçamento inicial do projecto era 74 milhões de euros repartidos entre os diferentes actores à altura de 13,3 milhões de euros[3]. O resto do orçamento vem de financiamentos e rendas[3]. A construção do velódromo tem sido confiada à Vélopolis, um agrupamento constituído de Bouygues Construction Île-de-France, DTP Terrassement, Exprimm (Bouygues energias serviços) e Meridiam, filial do Crédit Agricole e este, no marco de um contrato de cooperação. O financiamento está assegurado por Dexia e Société générale. O orçamento será finalmente de 101 milhões de euros[2].

Vélopolis tem que gerir o complexo durante vinte sete anos.

VelódromoEditar

O velódromo pode acolher 6 043 pessoas com 5 000 lugares em bancada. Um espaço no coração da pista pode acolher 2 700 pessoas[1].

A pista, realizada em madeira de pinheiro da Sibéria, tem 250 m de comprimento com 8 m de largura — uma primeira mundial.[2] — com um raio constante de 23 metros e das curvas levantado a 43 °graus[5][6]

 
Velódromo de Saint-Quentin-en-Yvelines de noite

A arena BMXEditar

 
Velódromo de Saint-Quentin-en-Yvelines, arena BMX

Cerca do velódromo foi construído uma pista de BMX coberta e iluminada, a primeira da Europa. Oferece duas rampas de saída contiguas (4 e 8 m de altura) e três rectas desdobradas.

Estruturas complementaresEditar

Trata-se de quatro edifícios de alojamento : 480 quartos para os estudantes, 136 quartos para os jovens activos, 120 quartos para os pesquisadores e 60 quartos para um hotel elevado de faixa destinada às turistas.[7] Um restaurante é a disposição dos desportistas e do staff.

AcontecimentosEditar

Após uma abertura a 13 de janeiro de 2014, a noite de inauguração oficial manteve-se a 30 de janeiro, com uma competição de ciclismo em pista que opõe a França e a Grã-Bretanha.[8]. O 1.º e 2 de fevereiro de 2014 tinham lugar das Jornadas de Portas Abertas.[9]

Enquanto a 31 de janeiro de 2014, Robert Marchand, maior de 102 anos, bate o seu próprio recorde dos centenários percorrendo 26,927 km numa hora.[10]

O velódromo acolhe os Campeonato da França de ciclismo em pista de 2 a 5 de outubro de 2014,[11] depois os campeonatos mundiais de 18 a 22 de fevereiro de 2015[12] Durando estes últimos, dois recordes do mundo femininos foram batidos : em velocidade por equipas e em perseguição por equipas. Acolhe igualmente os Campeonato Europeu em pista em 2016 e a primeira manga da Copa do mundo em pista 2018-2019.

A 16 de agosto de 2015, o Paris Brest-Paris randonneur parte desde o velódromo.[13]

As provas de ciclismo em pista dos Jogos Olímpicos e paralímpicos de Verão de 2024 terão igualmente lugar no velódromo.

ReferênciasEditar

  1. a b Plaquette do velódromo nacional de Saint-Quentin-en-Yvelines
  2. a b c d e «Cultura Velódromo #6 : Saint-Quentin». velochrono.fr. 28 de fevereiro de 2013 
  3. a b c « Le vélodrome, un équipement forcément synonyme d'ambition », in L'Ignymontain, 87º, novembro 2009, pg. 3
  4. A. Thomas-Commin, Le vélodrome de St-Quentin, nouvel écrin pour les Bleus L'Équipe, 19 de junho de 2013
  5. Adrien Pouthier, A obra do velódromo de Saint-Quentin-en-Yvelines gira redondo O Monitor, 7 de junho de 2012
  6. «Velódromo nacional de Santo- Quentin - en -Yvelines». www.ecvelizy78.com. 23 de dezembro de 2013. Consultado em 13 de janeiro de 2020 
  7. « 730 chambres et des hôtels », in L'Ignymontain, 87º, novembro de 2009, pg 3.
  8. Nathalie Moutarde, Le vélodrome de Saint-Quentin-en-Yvelines entre en piste Le Moniteur, janeiro 2014
  9. Journées portes ouvertes au vélodrome de Saint-Quentin-en-Yvelines, www.lechorepublicain.fr, 31 de janeiro de 2014
  10. Marchand bat son record à 102 ans, l'Équipe, a 31 de janeiro de 2014
  11. «CHAMPIONNATS DE FRANCE SUR PISTE ELITE HOMMES ET DAMES - ST QUENTIN-EN-YVELINES (IDF)». ffc.fr. Cópia arquivada em 28 de julho de 2014 
  12. «Saint-Quentin-en-Yvelines acolherá os Mundiais 2015 !». lequipe.fr. 20 de agosto de 2014 
  13. Paris-Brest Paris : estão marchado do Velódromo de Saint-Quentin O Parisiense, 16 de agosto de 2015

Ligações externasEditar

 
O Commons possui uma categoria com imagens e outros ficheiros sobre Velódromo de Saint-Quentin-en-Yvelines