Verónica Castro

atriz, cantora e apresentadora mexicana

Verónica Judith Sáenz Castro (Cidade do México, 19 de outubro de 1952) é uma atriz, cantora e apresentadora mexicana. Conhecida mundialmente por protagonizar novelas como Los ricos también lloran, El derecho de nacer e Rosa salvaje, Verónica é tida como um dos maiores ícones da cultura mexicana.[1] Ganhou um Emmy Award por reconhecimento de sua trajetória artística.

Verónica Castro
Castro em 2017, na 4ª entrega do Prêmio Iberoamericano de Cine de Fênix.
Nome completo Verónica Judith Sáenz Castro
Pseudônimo(s) Verónica Castro
Nascimento 19 de outubro de 1952 (68 anos)
Cidade do México, D.F., México
Nacionalidade mexicana
Filho(s) 2
Ocupação
Período de atividade 1964–presente
Prêmios ver lista completa
Carreira musical
Instrumento(s) voz
Página oficial
www.veronica-castro.com

BiografiaEditar

Verónica començou a trabalhar muito jovem quando ainda estava perto de concluir a escola. Sua mãe dona Socorro, trabalhava como secretaria para manter seus filhos Fausto, Beatriz e José Alberto. Em uma ocasão lhe chamou a atenção o anuncio de fotonovela "Chicas" na qual solicitavan modelos, após consultar sua mãe começou a trabalhar como atriz de fotonovelas, alternando com as estrelas do momento como Enrique Novi, Rogelio Guerra e Nacho Calderón, entre outros. Seu rosto, cautivou o público.

Ao mesmo tempo Verónica continuou seus estudos de Relações Internacionais na Faculdade de Ciências Políticas da Universidad Nacional Autónoma de México UNAM, atividade que alternou com seu trabalho como bailarina, e estudos de atuação na Academia de Andrés Soler.

Posteriormente participou do programa de televisão "Ja-ja" ao lado de Manuel "El Loco" Valdes. No ano de 1970, foi designada como "O Rosto do Ano" pelo prêmio Heraldo do México, isso lhe abriu as portas da industria cinematográfica e permitiu atuar no cinema em filmes tais como: El arte de engañar (1970), Un sueño de amor (1971), Acapulco 12-22 (1971), La fuerza inútil (1972), La Recogida (1972), Cuando quiero llorar, no lloro (1972), Mi mesera (1973), Volveré a nacer (1973), El Primer paso... de la mujer (1974), Nobleza ranchera (1975), Pasiones encendidas (1978), El Niño y el Papa (1979), Navajeros (1980), Naná (1985), El ausente (1989), Que Dios se lo pague (1990), entre outras.

Em 1974 nasceu seu primeiro filho Cristian, esta experiência serviu a joven mãe para consolidar seu trabalho na televisão e no cinema na década de 70 atuando em: El Pozo, Sueño de amor e El arte de engañar, nesta último se fez famosa por o nu que realizou ao lado de Julio Alemán.

Sua carreira na televisão foi importante e transcendental, foi convidada para trabalhar na telenovela "Barata de primavera", se seguiu "El amor tiene cara de mujer". Mas então Verónica foi chamada para autar na telenovela Los ricos también lloran interpretando Mariana Villareal, que lhe deu projeção internacional. Esta história foi vendida para mais de 40 países e foi traduzida em vários idiomas.

Por um tempo Verónica abandonou o México e viajou para Argentina, onde gravou a telenovela "Cara a Cara". No seu regreso a terra azteca ela atuou no filme Nobleza ranchera, mas televisão clamava por seu regresso, por isso ela decidiu regressar as telenovelas e realizou "El edificio de enfrente" e "El rostro del amor".

Neasa época inciou uma relação sentimental com o empresário Enrique Niembro, dessa relação nasceu seu segundo filho, Michel. Em poucos meses, a actriz decide ir novamente para Argentina onde foi protagonizar a telenovela "Yolanda Luján", no entanto o impacto desta bela mulher na televisão não prosperava, foi até que o grande produtor Ernesto Alonso que lhe deu a protagonista de El derecho de nacer, a consagrando como ‘a Rainha’ das telenovelas no México.

Seu desejo de trascender se cumpriu com telenovelas como: Rosa salvaje, Mi pequeña Soledad, Valentina e Pueblo chico, infierno grande, entre outras. Também realizou um importante trabalho como apresentadora de programas de variedade noturna como: Sábado 72, Muy agradecido, Esta noche se improvisa, Aquí está, Mala noche... no!, Y Vero América va!, Furia musical, En la noche, La Tocada e Furia Musical.

Além do cinema e televisão também ha realizado obras de teatro como: Romeo e Julieta, Por eso estamos como estamos, El juego que todos jugamos, El Tenorio, La idiota, La luna es azul, Travesuras de medianoche, 24 horas contigo, Un dia con Charly, Coqueluche, Chiquita pero picosa e La mujer del año, entre outras.

De 2003 a 2005, Verónica foi apresentadora oficial do Big Brother VIP México. Em 2006 seu filho Cristian se casa com Valeria Liberman e a partir de então a relação de mãe e filho termina se distanciando. Já no ano de 2008, protagoniza pela segunda vez em sua carreira, a obra Chiquita pero picosa. No mesmo ano, Cristian se divorcia pela segunda vez e pouco tempo depois se reconcilia com sua mãe. Mas tarde no mesmo ano, após onze anos longe da atuação, regreasa para protagonizar o episódio "Emma la costurera" da série "Mujeres Asesinas".[2]

Verónica regressa as telenovelas em agosto de 2009, para da vida a personagem 'Roberta Santos', atuando novamente com Rogelio Guerra, a telenovela Los Exitosos Pérez é uma adapatação gravada na Argentina.

Vida pessoalEditar

Verónica é filha de Fausto Sáenz e Socorro Castro Alba, tem três irmãos Fausto Gerardo, Beatriz e José Alberto Castro que é produtor de televisão, seus filhos Michel Castro e o cantor mexicano Cristian Castro.

FilmografiaEditar

TelevisãoEditar

Ano Título Personagem Notas
1969 No creo en los hombres
1971 El amor tiene cara de mujer
Revista musical Assistente de palco
1972 El edificio de enfrente
Sábado '72 Assistente de palco
1975 Muy agradecido Apresentadora
Barata de primavera Karina Labrada
1976 Mañana será otro día Gabriela
1978 Pasiones encendidas Martha
1979 Los ricos también lloran Mariana Villareal
1980 Noche a noche Apresentadora
1981 El derecho de nacer María Elena del Junco
1982 Verónica: el rostro del amor Verónica
1983 Cara a cara Laura
1984 Esta noche se improvisa Apresentadora
Yolanda Luján Yolanda Luján
1985 Felicidad, ¿dónde estás? Karina Telenovela italiana
1986 Amor prohibido Nora
1987 Rosa salvaje Rosa García
1988 Está aquí Apresentadora
1989 Mala noche... ¡No! Apresentadora
1990 Mi pequeña Soledad Isadora/Soledad
1991 La movida Apresentadora
1993 Furia musical Apresentadora
Valentina Valentina Isabel Montero / Valentina de los Ángeles
1994 En la noche Apresentadora
1996 La tocada Apresentadora
1997 Teletón Apresentadora
Pueblo chico, infierno grande Leonarda Ruán
2003-05 Big Brother V.I.P. Apresentadora
2003-07 Teletón Apresentadora
2006 Código postal Beatriz Corona Morales Episódios: "22-30 de maio de 2006"
Mentiras & Verdades
2008 Mujeres Asesinas Emma Episódio: "Emma, Costurera"
2009 Los Exitosos Pérez Roberta Santos
2018 La casa de las flores Virgínia de la Mora
2019 Pequeños gigantes Jurada
T.A.P. Taller de Actores Profesionales Ela mesma Episódio: "Verónica Castro"

CinemaEditar

Ano Título Personagem Notas
1970 Mi mesera
1971 Bikinis y rock
1972 Cuando quiero llorar no lloro
La fuerza inútil
El arte de engañar Rebecca
Un sueño de amor Karis Techman
El Ausente Julia Beltrám
1973 Novios y amantes
Volveré a nacer María
1974 El primer paso... de la mujer
La recogida Alícia
1975 Guadalajara es México Sílvia
Acapulco 12-22 Lucía
1976 Nobleza ranchera
1980 Navajeros Toñi
1981 Johnny Chicano Debby Williamson
1984 Nana Satin
1986 El niño y el papá Alicia/Guadalupe Rodríguez
1986 Chiquita pero picosa Florinda Benitez/Flor Diosa de Plata de Melhor Atriz em Comédia
1990 Dios se lo pague Verónica del Valle
1995 Sabina's music Ela mesma
2008 En la oscuridad Mariza de Saltibán Esteves
2020 Díme cuando tú Inês
2021 Cuando seas joven Malena

TeatroEditar

Prêmios e IndicaçõesEditar

Ano Festival Categoria Nomeações Resultado
1970 Prêmio El Heraldo de México[3] El rostro de El Heraldo de México Venceu
1986 Prêmio Telegatto Italia Melhor Atriz
Los ricos también lloran
Venceu
El derecho de nacer
1988 Prêmio TVyNovelas Melhor Atriz Protagônica
Rosa salvaje
Venceu
Melhor Apresentadora
Mala noche no
Venceu
Diosa de Plata de la Asociación Periodistas de Cinema[4] Melhor Atriz em Comédia
Chiquita pero picosa
Venceu
1990 Prêmio TVyNovelas Melhor Apresentadora
Aquí está!
Venceu
1991 Prêmio TVyNovelas Melhor Atriz Protagônica
Mi pequeña Soledad
Venceu
Melhor Telenovela (como produtora) Indicada
1992 Prêmio TVyNovelas Melhor Apresentadora
La movida
Venceu
1993 Prêmio Telegatto Italia Melhor Atriz
Valentina
Venceu
1994 Prêmio TVyNovelas Melhor Apresentadora
Furia musical
Venceu
2000 Prêmio Kasandra Prêmio especial por sua carreira artística Venceu
2002 Diosa de Plata de la Asociación Periodistas de Cinema[4] Prêmio Especial
Carreira
Venceu
2005 Prêmio TVyNovelas[5] Melhor Apresentadora
Big Brother V.I.P.
Indicada
Emmy Award[6] Contribuição em espanhol para a televisão dos Estados Unidos Venceu
2017 Premios de la Agrupación de Críticos y Periodistas de Teatro[7] Melhor Atriz de Musical
Aplauso
Venceu
2019 Premios PRODU[8] Melhor Atriz em Série, Minissérie ou Telenovela
La casa de las flores
Venceu
Prêmio TVyNovelas[9] Prêmio especial por seus 40 anos de carreira em televisão Venceu

Referências

Ligações externasEditar