Abrir menu principal
Wikitext.svg
Esta página ou seção precisa ser wikificada (desde abril de 2016).
Por favor ajude a formatar esta página de acordo com as diretrizes estabelecidas.
Vera Artaxo
Morte 10 de julho de 2010
São Paulo
Cidadania Brasil
Ocupação jornalista
Causa da morte câncer de fígado, câncer colorretal

Vera Artaxo (1953 — São Paulo, 09 de julho de 2010) foi uma jornalista brasileira.[1]

Vera trabalhou na Folha de S.Paulo, na Rede Globo, Bandeirantes, TV Record e por 15 anos na Editora Abril. Também trabalhou como assessora de imprensa do ex-secretário de Ciência e Tecnologia, João Carlos Meirelles, do governo do Estado de São Paulo.[1][2] Ela foi casada com o diretor de teatro Plínio Marcos, convivendo por 20 anos até a morte dele em 1999.[1][3]

Morreu de câncer no reto e no fígado, em São Paulo, após internação no Instituto do Câncer, em 10 de julho de 2010.[1][3]

Referências

  1. a b c d «Ex-companheira de Plinio Marcos, Vera Artaxo morre em SP». Folha de S.Paulo. Consultado em 6 de abril de 2016 
  2. «Morre a jornalista Vera Artaxo». Sindicato dos Jornalistas Profissionais do Estado de São Paulo. Consultado em 6 de abril de 2016 
  3. a b «Morre a jornalista Vera Artaxo». Estado de São Paulo. Consultado em 6 de abril de 2016 
  Este artigo sobre um(a) jornalista é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.