Vicente Fidel López

Vicente Fidel López (Buenos Aires, 24 de abril de 1815 – Buenos Aires, 30 de agosto de 1903) foi um historiador, advogado e político argentino. Filho de Vicente López y Planes, que exerceu a presidência da Argentina.

Vicente Fidel López
Vicente Fidel López
Nascimento 24 de abril de 1815
Buenos Aires
Morte 30 de agosto de 1903 (88 anos)
Buenos Aires
Sepultamento Cemitério da Recoleta
Cidadania Argentina
Progenitores
Alma mater
Ocupação historiador, político, advogado, escritor, jornalista
Empregador(a) Universidade de Buenos Aires
Religião apostasia ao catolicismo, catolicismo

Biografia editar

Estudou na escola de Ciências Morais com Diego Alcorta e formou-se advogado em 1837. Foi membro fundador da "Sociedad de estudios Históricos y Sociales" (Sociedade de Estudos Sociais e Históricos), o "Salón Literario" (Salão Literário) e a "Asociación de Mayo" (Associação de Maio). De 1840 a 1852, ele permaneceu no Chile, pois se opôs ao governo de Juan Manuel de Rosas. Nessa época, trabalhou com Domingo Faustino Sarmiento, com quem fundou uma escola particular e publicou um livro História do Chile em 1845.

Retornou à Argentina após a derrota de Rosas, sendo ministro de seu pai. Nesta época publicou 2 romances históricos, "La novia del hereje" e "La loca de la guardia". Ele partiu novamente para Montevidéu publicando outro par de livros. Foi professor de Direito e conversou com Dalmasio Vélez Sársfield sobre o conteúdo e a função do código civil. Entre 1876 e 1879 foi deputado nacional e ministro da Economia em 1891 sob a presidência de Carlos Pellegrini. Ele era um maçom ativo.[1] Ele discutiu com Bartolomé Mitre sobre o livro Historia de Belgrano y de la Independencia Argentina, e mais tarde escreveu sua obra mais importante, Historia de la República Argentina, em 10 edições (1883-1893). Ele morreu em sua cidade natal em 1903.[2]

Trabalhos editar

  • Revista del Río de la Plata (1871-1877, com Juan María Gutierrez)
  • Historia de la república Argentina (1883-1893)
  • La Gran Semana de mayo (Edición de Homenaje a la Revolución de Mayo, Editorial Universitaria de Buenos Aires, Impreso en Argentina, 3ª edición, Año 1964)

Referências

  1. «Archived copy». Consultado em 2 de abril de 2013. Cópia arquivada em 22 de setembro de 2013 
  2. Gelman, Jorge ; Raúl Fradkin (2010). Doscientos años pensando la Revolución de Mayo . Buenos Aires: Sudamericana. p. 158. ISBN 978-950-07-3179-9.

Ligações externas editar

 
O Commons possui uma categoria com imagens e outros ficheiros sobre Vicente Fidel López
  Este artigo sobre um político argentino é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.