Abrir menu principal

Videofilmes

produtora cinematográfica e distribuidora brasileira

Videofilmes é uma produtora cinematográfica e distribuidora brasileira, fundada pelos irmãos Walter Salles e João Moreira Salles em 1987. Já produziu mais de 150 filmes e participou como coprodutora em mais de 80 projetos.[1][2] É mais conhecida por produzir o filme Central do Brasil (1998) e coproduzir Cidade de Deus (2002), ambos concorreram indicações ao Óscar.[3]

HistóriaEditar

Inicialmente, os irmãos Salles fundaram a empresa com o objetivo de produzir trabalhos publicitários, e este foi a principal área de trabalho que a produtora exerceu durante anos.[4] No começo dos anos 1990, no entanto, com a demanda dos filmes brasileiros em produção crescendo, em uma época que foi intitulada como a "retomada do cinema nacional", Videofilmes iniciou seu trabalho com produção de filmes para cinema e TV.[5]

Neste período, a produtora foi uma das grandes responsáveis pela recuperação audiovisual brasileira, produzindo quatro obras de grande destaques, cuja repercussão se faz até atualmente. Iniciando por Terra Estrangeira em 1996 dirigido por Walter Salles e Daniela Thomas, que retratou a era Fernando Collor de Mello; logo depois produzindo Central do Brasil em 1999, de Walter Salles, indicado aos Óscares de melhor filme estrangeiro e melhor atriz para Fernanda Montenegro; seguido pelo documentário Notícias de uma Guerra Particular dirigido por João Moreira Salles. E em 2001, Vídeofilmes se anexou ao desenvolvimento do filme Cidade de Deus de Fernando Meirelles sendo creditada como coprodutora.[5]

A produtora não se limitou produzindo obras autorais de seus fundadores, tendo entrado em coprodução em mais de 80 projetos. Também começou a entrar no mercado da distribuição, sobretudo no mercado home video, com o lançamento "Coleção Videofilmes" em 2005.[6]

Referências

  1. «VideoFilmes é a homenageada da Mostra CineBH 2010». Universo Produção. Consultado em 14 de janeiro de 2016 
  2. «Videofilmes é homenageada desta edição». 15 de outubro de 2010. Consultado em 14 de janeiro de 2016 
  3. «Videofilmes - Catelogo». e-pipoca. Consultado em 14 de janeiro de 2016 
  4. «João Moreira Salles». Filme B. Consultado em 14 de janeiro de 2016 
  5. a b «Videofilmes - Percurso». Cine BH. Consultado em 14 de janeiro de 2016 
  6. Dávila, Sérgio (6 de outubro de 2005). «Coleção abriga filmes raros em DVD». Folha de S.Paulo. Consultado em 14 de janeiro de 2016