Abrir menu principal
Viggo Mortensen
Viggo no Genie Awards em 2014.
Nome completo Viggo Peter Mortensen, Jr.
Nascimento 20 de outubro de 1958 (59 anos)
Nova Iorque,  Estados Unidos
Nacionalidade norte-americano/ dinamarquês
Ocupação Ator
Prémios Screen Actors Guild
Melhor Elenco em Cinema
2004 – The Lord of the Rings: The Return of the King
Prémios National Board of Review
Melhor Atuação por um Elenco
2003 – The Lord of the Rings: The Return of the King
Página oficial
IMDb: (inglês)

Viggo Peter Mortensen, Jr. (Nova Iorque, 20 de outubro de 1958), é um ator, produtor, autor, músico, fotógrafo, poeta e pintor norte-americano e dinamarquês.[1][2] Ficou mundialmente conhecido pela atuação na trilogia O Senhor dos Anéis, como Aragorn. Também já atuou em G.I. Jane, Hidalgo e 28 Days. É ainda conhecido pela parceria com o aclamado diretor David Cronenberg, de quem estrelou os filmes A History of Violence (no Brasil, Marcas da Violência), Eastern Promises e A Dangerous Method (no Brasil, Um Método Perigoso).

Foi duas vezes indicado ao Oscar de Melhor Ator, por Eastern Promises, em 2008 e por Captain Fantastic, em 2017.

Índice

BiografiaEditar

Filho de um dinamarquês, Viggo Peter Mortensen, administrador de fazendas (1929-2017) e de uma norte-americana, Grace Gamble Atkinson (1928-2015),[3] Viggo nasceu em Manhattan, Nova Iorque e é o mais velho de três irmãos.[4] Quando tinha dois anos, a família se mudou para a América do Sul em busca de melhores oportunidades.[5] e viveu primeiro na Venezuela durante um ano e depois na Argentina. Este país teve uma grande influência no ator: este aprendeu a falar Espanhol e se tornou torcedor fanático do San Lorenzo de Almagro, demonstrando em inúmeras oportunidades o amor pelo clube azul-grano.[6]

Aos 11 anos Viggo viu seus pais se separarem, o que provocou seu retorno a Nova Iorque com a mãe e os irmãos. Foi aí que este passou o resto da sua infância, tendo frequentado o liceu de Watertown até 1976. No mesmo ano, foi estudar Ciências Políticas e Espanhol na St. Lawrence University, en Canton.

Após se formar em 1980, foi viver para a Inglaterra e depois para a Dinamarca, onde trabalhou nas docas, como vendedor de flores e camionista. Nesta altura começou a escrever contos.[7] Em 1982, regressou a Nova Iorque para viver com a namorada e com o objetivo de começar uma carreira como escritor.[7] Porém, não teve muito sucesso e acabou a trablhar em bares e num cinema. Nesta época começou a desenvolver um maior interesse na representação e começou a ter aulas com Warren Robertson.[7]

CarreiraEditar

RepresentaçãoEditar

Começou atuando em Nova Iorque, estudando com Warren Robertson. Sua carreira teve início com o papel de um fazendeiro amish em Witness (1985) de Peter Weir, e foi crescendo ao receber papéis maiores como em Carlito's Way (1993), The Portrait of a Lady (1996), G.I. Jane (1997), A Perfect Murder (1998) e A Walk on the Moon (1999).

A carreira ganhou grande destaque quando recebeu o convite de Peter Jackson para atuar na trilogia de O Senhor dos Anéis, após o diretor dispensar Stuart Townsend. Viggo teve dúvidas em aceitar o personagem, mas por insistência de seu filho aceitou.[8][9] Bob Anderson, o treinador de esgrima dos filmes, descreveu Viggo como "o melhor espadachim que já treinei". Foi o próprio Viggo a fazer as suas cenas de ação, o que provocou alguns ferimentos. A certa altura das filmagens de As Duas Torres, Viggo, Orlando Bloom e Brett Beattle (o duplo de John Rhys-Davies) tinham todos ferimentos moderados e Peter Jackson referiu-se ao trio como "os feridos ambulantes". No final das gravações, Viggo comprou os dois cavalos que montou. Viggo recebeu críticas muito positivas pelo seu desempenho como Aragorn e ficou em 15.º lugar numa votação da revista Empire das 100 melhores personagens de sempre do cinema.[10]

Em 2004, Viggo protagonizou o filme Hidalgo, no papel de Frank Hopkins, um ex-mensageiro do exército que viaja pela Arábia para competir com o seu cavalo, Hidalgo, numa perigosa corrida pelo deserto.

Em 2005, protagonizou o filme A History of Violence de David Cronenberg, no papel de um homem de família que revela ter um passado desagradável. O seu desempenho no filme valeu-lhe uma nomeação para os Satellite Awards na categoria de Melhor Ator. Viggo voltou a trabalhar com Cronenberg em 2007 no filme Eastern Promises. O filme recebeu críticas bastante positivas e o desempenho de Viggo de um gangster russo que conquista poder em Londres, foi muito elogiado. A sua cena de luta nu foi aplaudida pelo crítico Roger Ebert: "Daqui a alguns anos, as pessoas vão falar desta cena como um marco". O trabalho de Viggo neste filme valeu-lhe o prémio de Melhor Ator num Filme Independente Britânico nos British Independent Film Awards e ainda nomeações para os Globos de Ouro, Baftas e Óscares.[11]

 
Viggo Mortensen na carpete vermelha dos prémios BAFTA em 2008.

Em 2006, protagonizou o filme espanhol Las aventuras del capitán Alatriste, baseado nos romances do autor espanhol Arturo Pérez-Reverte.

Em 2009, participou em The People Speak, um documentário dramatizado que recorre a desempenhos dramáticos e musicais de cartas, diários e discursos de cidadãos americanos comuns, baseado no livro A People's History of the United States de Howard Zinn. Ainda nesse ano, protagonizou o filme pós-apocalíptico, The Road, uma adaptação do romance homónimo de Cormac McCarthy sobre um pai em dificuldades que tenta proteger o filho enquanto os dois viajam até à costa.

Nesta altura, Viggo fez uma pausa na sua carreira e só voltou a participar num filme em 2011. A Dangerous Method foi a sua terceira colaboração com o realizador David Cronenberg e analiza a relação intensa entre Carl Jung e Sigmund Freud que leva ao nascimento da psicanálise. O filme, que conta com Michael Fassbender e Keira Knightley no elenco, recebeu críticas bastante positivas e Viggo recebeu a sua segunda nomeação para os Globos de Ouro pelo seu desempenho como Sigmund Freud.[11][12]

No ano seguinte, Viggo fez parte do elenco de On the Road, a adaptação ao cinema da obra homónima de Jack Kerouac com realização de Walter Salles. O filme, protagonizado por Garret Hedlund, Sam Riley e Kiristen Stewart, recebeu críticas maioritariamente negativas.[13] No ano seguinte, o ator voltou a trabalhar num filme bastante criticado, o argentino Todos tenemos un plan.[14]

Em 2014, foi um dos protagonistas de The Two Faces of January, com Oscar Isaac e Kirsten Dunst. O filme é um thriller que segue a fuga de um casal e de um estranho de Atenas quando um deles é implicado num homicídio e foi bastante bem recebido pela crítica, apesar de não ter agradado tanto ao público.

Viggo só voltou a participar num filme de maior destaque em 2016 com Capitan Fantastic. O ator protagoniza o filme no papel do pai que dá uma educação pouco normal aos seus seis filhos e que encontra várias dificuldades ao tentar participar no funeral da esposa recém-falecida. O filme recebeu críticas bastante positivas e o desempenho de Viggo valeu-lhe nomeações para os principais prémios da indústria cinematográfica, incluindo o Globo de Ouro, Bafta e Óscar.[15][16]

Outros trabalhosEditar

Com parte do dinheiro que recebeu com a trilogia O Senhor dos Anéis, Viggo criou a sua própria editora, a Perceval Press (que recebeu o seu nome a partir do cavaleiro da lenda do Rei Artur) para ajudar artistas pouco conhecidos a publicar o seu trabalho. Viggo também publica os seus próprios livros e discos através da editora.

Viggo é ainda pintor e fotógrafo. Os seus quadros são na sua maioria abstratos e contêm fragmentos dos seus poemas. Os seus quadros já foram exibidos em galerias por todo o mundo e muitos dos quadros que aparecem no filme A Perfect Murder são da sua autoria.

Viggo cria poemas e música em conjunto. Já colaborou com o guitarrista Buckethead em vários álbuns, a maioria dos quais lançados através da Perceval Press.

Uma das suas composições musicais mais conhecidas surge na banda sonora do filme O Regresso do Rei, onde Viggo canta a música "Aragorn's Coronation". A letra é de Tolkien, mas a música foi composta por Viggo. Nas versões alargadas dos filmes, canta ainda a música "The Lay of Beren and Lúthien".

Já trabalhou com os antropologistas Frederico Bossert e Diego Villar em vários projetos relacionados com a etnografia dos nativos da América do Sul, em específico na Argentina, Brasil, Paraguai e Uruguai. Alguns dos livros que a equipa já publicou incluem Sons of the Forest e Skovbo.

Vida pessoalEditar

Viggo tem dupla nacionalidade, é norte-americano e dinamarquês.[17] É poliglota: fala fluentemente dinamarquês, inglês, francês e espanhol, para além de compreender italiano, norueguês e sueco. Em entrevistas disse que cresceu a falar inglês e espanhol e por vezes sente-se mais confortável a exprimir-se em espanhol.[18] Ele tem ainda alguns conhecimentos de catalão: em duas ocasiões, ao receber prémios na Catalunha, fez pequenos discursos em catalão. Em 2017, juntou-se à associação pró-independentista catalã Omnium Cultural.[19]

Viggo conheceu a atriz e cantora Exene Cervenka em 1986 nas filmagens da comédia Salvation! O casal deu o nó em 8 de julho de 1987. Em janeiro de 1988, Exene deu à luz um filho chamado Henry Blake Mortensen. A família viveu no Idaho durante três anos. O casal separou-se em 1992 e divorciou-se em 1997.[20] Viggo está numa relação com a atriz espanhola Ariadna Gil desde 2009.[21]

FilmografiaEditar

 
Mortensen em 2003.

Os filmes de maior repercussão do ator foram os da trilogia O Senhor dos Anéis, em que ele interpretou Aragorn, porém outros filmes de relevo significativo fazem parte de seu currículo desde 1985.

Em 2007, Viggo estrelou o bem sucedido e elogiado Senhores do Crime, que ficou marcado pela cena de luta em que o ator aparece inteiramente nu enfrentando vários mafiosos.[22]

Na televisãoEditar

Ano Título Papel Notas/ Título em Português
1999 Psycho Path
1997 Vanishing Point Jimmy Kowalski br: Corrida contra o destino
1990 Once in a Blue Moon br: Os safadinhos
1985 Search for Tomorrow Bragg série
ABC Afterschool Specials Tim
ABC Afterschool Specials - High School Narc
1984 George Washington Lieutenant at LeBoeuf minissérie

No CinemaEditar

Ano Título Papel Notas/ Título em Português
2016 Captain Fantastic Ben br/pt: Capitão Fantástico

Nomeação para o Óscar na categoria de Melhor Ator

2014 Loin des Hommes Daru br/pt: Longe dos Homens
Jauja Gunnar Dinesen br/pt: As Duas Faces de Janeiro
The Two Faces of January Chester MacFarland
2012 Todos Tenemos un Plan Agustin
2011 A Dangerous Method Sigmund Freud br/pt: Um Método Perigoso
On the Road Old Bull Lee br: Pé na Estrada

pt: Pela Estrada Fora

2009 The Road O Homem br/pt: A Estrada
2008 Good John Halder br: Um Homem Bom

pt: Good - Um Homem Bom

Appaloosa Everett Hitch br: Appaloosa - Uma Cidade Sem Lei

pt: Appaloosa

2007 Eastern Promises Nikolai br: Senhores do Crime

pt: Promessas Perigosas

Nomeação para o Óscar na categoria de Melhor Ator

2006 Alatriste Diego Alatriste pt: Capitão Alatriste
2005 A History of Violence Tom Stall br: Marcas da Violência

pt: Uma História de Violência

2004 Hidalgo Frank Hopkins br: Mar de Fogo

pt: Hidalgo - O Grande Desafio

Love Me in This Bed Aaron Smith br: Paixão entre Lençóis
2003 Live Freaky Die Freaky
The Lord of the Rings: The Return of the King Aragorn br: O Senhor dos Anéis: O Retorno do Rei

pt: O Senhor dos Anéis: O Regresso do Rei

2002 The Lord of the Rings: The Two Towers br/pt: O Senhor dos Anéis - As Duas Torres
2001 The Lord of the Rings: The Fellowship of the Ring br: O Senhor dos Anéis - A Sociedade do Anel

pt: O Senhor dos Anéis - A Irmandade do Anel

2000 28 Days Eddie Boone br/pt: 28 Dias
1999 A Walk on the Moon Walker Jerome
1998 Psycho Samuel 'Sam' Loomis br: Psicose

pt: Psico

A Perfect Murder David Shaw br: Um Crime Perfeito

pt: Um Homicídio Perfeito

1997 La pistola de mi hermano Juanito
G.I. Jane (br: ) John James Urgayle br: Até o Limite da Honra

pt: G.I. Jane - Até ao Limite

1996 Daylight Roy Nord br: Daylight

pt: Pânico no Tunel

The Portait of a Lady Caspar Goodwood br: Retrato de uma Mulher

pt: Retrato de Uma Senhora

Albino Alligator Guy Foucard br: Ciladas da Sorte

pt: Albino Aligator

1995 Gimlet Hombre (Homem)
The Passion of Darkly Noon Clay br: Paixões na Floresta

pt: A Paixão de Darkly Noon

The Prophecy Lúcifer br: Anjos Rebeldes

pt: O Exército de Deus

Black Velvet Pansuit Worthless Junkie
Crimson Tide Peter 'WEAPS' Ince br/pt: Maré Vermelha
1994 American Yakuza Nick Davis/David Brandt pt: Yakuza Americano
The Crew Phillip br: Explosão em Alto Mar

pt: Baía Negra

Floundering Homeless Man
Desert Lunch
1993 Ewangelia wedlug Harry'ego
Two Small Bodies
The Young Americans Carl Frazer br: A Idade da Violência

pt: Rebeldes Americanos

Carlito's Way Lalin br: Pagamento Final

pt: Perseguido Pelo Passado

Ruby Cairo John E. 'Johnny' Faro br/pt: Ruby Cairo
Boiling Point Ronnie br: Em Ponto de Bala

pt: O Preço do Dinheiro

1991 The Indian Runner Frank Roberts br: Unidos pelo Sangue

pt: União de Sangue

1990 Tripwire Hans br: Sangue de Herói

pt: O Rastilho

The Reflecting Skin Cameron Dove br: Reflexo do Mal

pt: A Criança Espelho

Young Guns II John W. Poe br: Jovens Demais Para Morrer

pt: Cavalgada para a Morte

Leatherface: Texas Chainsaw Massacre III Eddie 'Tex' Sawyer br: Leatherface - O Massacre da Serra Elétrica 3

pt: O Assassino da Moto-Serra

1988 Prision Burke br: Duro de Prender - Ninguém Pode me Matar
Fresh Horses Green br: Obsessão
1987 Salvation! Jerome Stample
1985 Witness Moses Hochleitner br/pt: A Testemunha

PremiaçõesEditar

Referências

  1. Ancestry of Viggo Mortensen, by Robert Battle, hosted at the Freepages of Rootsweb, a project of Ancestry.com
  2. «Film: Viggo Mortensen magret seg ned 15 kilo for drømmerollen VG Nett». Vg.no. 20 de maio de 2009. Consultado em 9 de maio de 2010. 
  3. http://www.filmreference.com/film/65/Viggo-Mortensen.html Página visitada em 18 de janeiro de 2016.
  4. Fisher, Alice (5 de abril de 2015). «Viggo Mortensen: 'Often people are desperate, so I do what needs to be done'». the Guardian (em inglês). Consultado em 28 de junho de 2018. 
  5. http://www.biografiasyvidas.com/biografia/m/mortensen_viggo.htm Página visitada em 18 de janeiro de 2016.
  6. «Personalidades:Viggo Mortensen» (em espanhol). Clarin. Consultado em 4 de outubro de 2011. 
  7. a b c «Viggo Mortensen». IMDb. Consultado em 28 de junho de 2018. 
  8. http://www.theguardian.com/film/2009/apr/17/viggo-mortensen Página visitada em 18 de janeiro de 2016.
  9. http://cinema.uol.com.br/noticias/redacao/2012/03/29/fiquei-surpreso-quando-me-ofereceram-o-papel-diz-viggo-mortensen-sobre-interpretar-freud-em-um-metodo-perigoso.htm Página visitada em 18 de janeiro de 2016.
  10. Empire, Team. «The 100 Greatest Movie Characters». Empire (em inglês). Consultado em 22 de junho de 2018. 
  11. a b «Viggo Mortensen». IMDb. Consultado em 22 de junho de 2018. 
  12. A Dangerous Method (em inglês), consultado em 22 de junho de 2018. 
  13. On the Road (em inglês), consultado em 22 de junho de 2018. 
  14. Everybody Has a Plan (em inglês), consultado em 22 de junho de 2018. 
  15. Captain Fantastic, consultado em 22 de junho de 2018. 
  16. Captain Fantastic (em inglês), consultado em 22 de junho de 2018. 
  17. Stone, Andrew; Carolyn Bain; Michael Booth; Fran Parnell (2008). "Cinema". Lonely Planet Denmark. Lonely Planet. p. 46. ISBN 978-1-741-04669-4. Although [Mortensen] was born in New York and has lived outside of Denmark for most of his life, he retains Danish citizenship.
  18. Mortensen, Viggo (17 de dezembro de 2008). «10 Questions for Viggo Mortensen». Time (em inglês). ISSN 0040-781X 
  19. «Actor Viggo Mortensen joins pro-independence Catalan group» (em inglês). 10 de maio de 2018 
  20. «Interview: Exene Cervenka of X». 3 de fevereiro de 2014. Consultado em 26 de junho de 2018. 
  21. «Los secretos del triángulo amoroso de Ariadna Gil, Viggo Mortensen y David Trueba». El Español (em espanhol) 
  22. http://50anosdefilmes.com.br/2009/senhores-do-crime-eastern-promises/