Abrir menu principal

Vila do Porto (freguesia)

freguesia de Vila do Porto, Açores, Portugal
Portugal Portugal Vila do Porto 
  Freguesia  
Sede da Junta de Freguesia
Sede da Junta de Freguesia
Brasão de armas de Vila do Porto
Brasão de armas
Localização no concelho de Vila do Porto
Localização no concelho de Vila do Porto
Vila do Porto está localizado em: Açores
Vila do Porto
Localização de Vila do Porto nos Açores
Coordenadas 36° 56' N 25° 09' O
País Portugal Portugal
Região Flag of the Azores.svg Açores
Concelho VPT1.png Vila do Porto
Administração
- Tipo Junta de freguesia
- Presidente Eduardo Manuel Pereira Cambraia (PPD/PSD)
Área
- Total 26,04 km²
População (2011)
 - Total 3 119
    • Densidade 119,8 hab./km²
Código postal 9580-537 Vila do Porto
Website www.jf-viladoporto.com

Vila do Porto é uma freguesia semi-urbana do concelho da Vila do Porto, na ilha de Santa Maria, na Região Autónoma dos Açores. Tem uma superfície total de 26,04 km² e 3.119 habitantes (Censos 2011), o que corresponde a uma densidade populacional de 119,8 hab./km². Localiza-se nas geocoordenadas de latitude 36.933 (36°56') norte e longitude 25.15 (25°9') oeste. Dispõe de um aeroporto - o Aeroporto Internacional de Santa Maria - de um porto comercial e de uma marina.

Freguesia mais antiga do arquipélago, localiza-se na costa oeste da ilha e tem como limites o oceano Atlântico, a norte, oeste e sul e as freguesias de Almagreira e São Pedro a este.

Em termos urbanísticos, o seu núcleo histórico apresenta duas zonas distintas: a mais antiga, abaixo da Igreja Matriz, mantém o traçado primitivo das suas ruas, ainda de cariz medieval; na mais recente, acima da Matriz, o casario desenvolve-se ao longo de uma rua comprida e espaçosa. É integrada pelos lugares de Vila, Salvaterra, Fornos, Valverde, Pedras de São Pedro, Flor da Rosa, Cruz Teixeira, Santana, Aeroporto e Anjos, entre outras.

Frei Gonçalo Velho Cabral, fidalgo da Casa do Infante D. Henrique e Comendador da Ordem de Cristo, chegou à Ilha de Santa Maria em 1432. Na cartografia do século XIV, é chamada de "Ilha dos Lobos". Foi sede da primeira Capitania das ilhas dos Açores, inicialmente abrangendo as ilhas de Santa Maria e de São Miguel. O seu povoamento iniciou-se em 1439, após o desembarque na Praia dos Lobos.

O povoado do Porto terá sido fundado em 1450, por Fernão de Quental, numa lomba soalheira da costa Sul frente a ampla enseada. A Vila do Porto nasceu com o primeiro foral dos Açores cerca de 1470.

Apesar de não ter conhecido atividade sísmica desde o povoamento, foi sempre marcada pelo isolamento, inacessibilidade e fraco poder defensivo. Acredita-se que o desaparecimento dos documentos relativos à sua fundação tenha ocorrido na sequência dos incêndios causados por um ataque de corsários em 1616.

Sobre a sua população, Gaspar Frutuoso, nas Saudades da Terra, refere:

"É povoada esta Vila e toda a ilha de gente muito honrada, e muitos tem fidalguia por suas progénies, e outros por [a]lianças de casamentos com os Capitães e seus filhos, de que nasceram fidalgos. Todos os homens honrados, naturais da terra, quase geralmente são altos de corpo, bem dispostos e bem proporcionados, de bons e graves rostos e boas fisionomias, presumptuosos [sic] e amigos de honra, como o deve ser qualquer homem honrado."

Já no séc. XX, no ano de 1901, Vila do Porto recebeu a visita régia de D. Carlos I de Portugal e de Dona Amélia. No ano de 1908, quando ainda vigorava o regime monárquico em Portugal, o partido Republicano elegeu em Vila do Porto a sua primeira Câmara Municipal.

Com a construção do seu Aeroporto internacional em 1944, primeiramente servindo a Base Aérea dos Estados Unidos e em 1946 aberto ao tráfego aéreo civil, a freguesia de Vila do Porto adquiriu nova dinâmica, urbana, económica e cultural. De passado predominantemente agrícola, atualmente a sua economia baseia-se nos setores secundário e terciário sendo sede do importante Centro Oceânico de Controlo Aéreo.


HistóriaEditar

 Ver artigo principal: Vila do Porto#História

MONTE ALVERNE relaciona-a como freguesia de Nossa Senhora da Assunção, Matriz na Vila do Porto.[1]

PopulaçãoEditar

População da freguesia de Vila do Porto [2]
1864 1878 1890 1900 1911 1920 1930 1940 1950 1960 1970 1981 1991 2001 2011
2 523 2 768 2 522 2 506 1 547 1 549 1 598 1 871 4 632 5 373 4 321 3 468 3 316 2 997 3 119

Com lugares desta freguesia foi criada por decreto de 25/10/1906, a freguesia de Almagreira (Vila do Porto)

Distribuição da População por Grupos Etários
Ano 0-14 Anos 15-24 Anos 25-64 Anos > 65 Anos 0-14 Anos 15-24 Anos 25-64 Anos > 65 Anos
2001 606 522 1 545 324 20,2% 17,4% 51,6% 10,8%
2011 533 419 1 752 415 17,1% 13,4% 56,2% 13,3%

Património edificadoEditar

De acordo com a tradição, as habitações da freguesia são pintadas na cor branca com barras realçando a pedra de cantaria e, em muitos casos, com a cor tradicional das demais freguesias da ilha (azul anil de Santa Bárbara, verde de Santo Espírito, amarelo ocre de São Pedro e almagre de Almagreira) por opção dos habitantes de cada uma delas quando vinham viver definitivamente para Vila do Porto, de modo a manter uma ligação afetiva com a sua freguesia de origem.

Entre o património edificado destacam-se:

Arquitetura civilEditar

Arquitetura religiosaEditar

Arquitetura militarEditar

 
Quonset hut erguido pelas forças estadunidenses na Segunda Guerra Mundial.

Património natural e ambientalEditar

Património CulturalEditar

Entre os monumentos de Vila do Porto, destacam-se:

  • Padrão das Descobertas - no Largo de Nossa Senhora da Conceição. Da autoria de António Alcântara de Mendonça Dias, foi inaugurado em 15 de Agosto de 1932. Posteriormente, a 11 de Julho de 1960, recebeu uma palma de bronze, símbolo das comemorações em homenagem ao Infante D. Henrique então promovidas em todo o país.
  • Padrão da Grande Guerra - no terrapleno do Forte de São Brás. Da autoria de Raúl Lino, foi inaugurado em 14 de outubro de 1929. Executado em pedra, divide-se em oito lóbulos, encimado por uma esfera armilar. Tem uma altura de 4,80 metros.
  • Conjunto escultórico na entrada do Centro de Saúde de Vila do Porto - três figuras em bronze, sobre pedestal de pedra.
  • Busto de Manuel Monteiro Velho Arruda - Em 1973 foi fundido um busto em bronze, que depositado em Vila do Porto, veio a ser instalado no largo com o seu nome em 1982.[3]

Referências

  1. MONTE ALVERNE, Agostinho de. Crónicas da Província de S. João Evangelista das Ilhas dos Açores, capítulo I.
  2. Instituto Nacional de Estatística (Recenseamentos Gerais da População) - https://www.ine.pt/xportal/xmain?xpid=INE&xpgid=ine_publicacoes
  3. "Homenagem da Câmara Municipal ao Dr. Manuel Monteiro Velho Arruda", in: O Baluarte de Santa Maria, 2.ª série, ano IX, nº 63, 1 jun 1982, p. 2.

GaleriaEditar

BibliografiaEditar

 
O Commons possui uma categoria contendo imagens e outros ficheiros sobre Vila do Porto (freguesia)