Abrir menu principal

Vinho Kosher (em hebraico: יין כשר ) é um vinho de uvas produzido conforme as leis religiosas do Judaísmo, especificamente as Leis dietéticas judaicas (Cashrut).

Vinho kosher
02 Vin cacher du Maroc.jpg
Rótulo de um vinho Kosher de 1930.
Textos haláchicos relativos a este artigo
Torá: Deuteronômio 32:38
Mishná: Avodá Zará 29b
Talmude Babilônico: Avodá Zará 30a

Para ser considerado kosher, os judeus observadores do sábado devem supervisionar e às vezes lidar com todo o processo de vinificação, a partir do momento em que as uvas são esmagadas até o vinho ser engarrafado e quaisquer ingredientes utilizados, incluindo os enchimentos, devem ser kosher.[1] Vinho que é descrito como "kosher para o Pessach" deve ter sido mantido livre de contato com chametz, sendo exemplos grãos, pães e massas.[2]

Quando o vinho kosher é produzido, comercializado e vendido comercialmente, normalmente teria um hechsher ("selo de aprovação") de uma agência de certificação kosher, ou de um rabino autorizado que é de preferência também um posek ("decisor" da lei judaica), ou ser supervisionado por um Bet Din ("Tribunal de Justiça Religioso Judaico").

Nos últimos tempos, tem havido um aumento da procura de vinhos kosher e vários países produtores de vinho produzem agora uma grande variedade de sofisticados vinhos kosher sob rigorosa supervisão rabínica, particularmente em Israel, nos Estados Unidos, França, Alemanha, Itália, África do Sul, Chile[3] e Austrália.

HistóriaEditar

 
Prensa de vinhos israelita antiga em Migdal HaEmek.

O uso do vinho tem uma longa história no judaísmo, que remonta aos tempos bíblicos. Evidências arqueológicas mostram que o vinho foi produzido em todo o antigo Israel. O uso tradicional e religioso do vinho continuou dentro da Comunidade da diáspora judaica. Nos Estados Unidos, vinhos kosher vieram a ser associados a doces vinhos Concord produzidos por vinícolas fundadas por imigrantes judeus para New York.

A partir dos anos 80, uma tendência para produzir vinhos kosher secos e de qualidade premium começou com o renascimento da indústria vinícola israelense. Hoje, o vinho kosher é produzido não apenas em Israel, mas em todo o mundo, incluindo áreas de vinhos especiais como o Vale de Napa e a região de St Emilion de Bordeaux.[2]


Referências

  1. T. Goldberg "Picking the perfect Passover wine" MSNBC, 19 de abril de 2004.
  2. a b J. Robinson, ed. (2006). The Oxford Companion to Wine 3ª ed. [S.l.]: Oxford University Press. p. 383. ISBN 0-19-860990-6 
  3. «Chile produces kosher wine». Wine Spectator. Consultado em 3 de maio de 2018 

Ligações externasEditar

O Commons possui imagens e outros ficheiros sobre Vinho kosher
  Este artigo sobre judaísmo é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.