Abrir menu principal
Vital João Geraldo Wilderink, OCarm
Bispo da Igreja Católica
Bispo Emérito de Itaguaí
Atividade Eclesiástica
Ordem Ordem do Carmo
Diocese Diocese de Itaguaí
Sucessor José Ubiratan Lopes, OFMCap
Ordenação e nomeação
Ordenação presbiteral 7 de julho de 1957
Roma, Itália
Nomeação episcopal 5 de junho de 1978
Ordenação episcopal Volta Redonda, Rio de Janeiro, Brasil
por Waldyr Calheiros Novaes
Lema episcopal TESTIFICARE EVANGELIO GRATIAE DEI
Testemunhar o Evangelho da Graça de Deus
Dados pessoais
Nascimento Deventer, Holanda Países Baixos
30 de novembro de 1931
Morte Rio Claro, Rio de Janeiro, Brasil Brasil
11 de junho de 2014 (82 anos)
Funções exercidas Bispo-Auxiliar de de Barra do Piraí-Volta Redonda (1978-1980)
Títulos anteriores Bispo de Junca de Bizancena (1978-1980)
dados em catholic-hierarchy.org
Bispos
Categoria:Hierarquia católica
Projeto Catolicismo

Dom Frei Vital João Geraldo Wilderink OCarm (Devender, 30 de novembro de 1931Lídice,11 de junho de 2014) foi um bispo católico holandês, e Bispo Emérito da Diocese de Itaguaí [1][2].

Índice

EstudosEditar

Realizou seus primeiros anos de estudos em Deventer, na Holanda (1939-1944). Fez estudos secundários em Zenderen, Holanda e em Itu, Brasil (1945-1950).

Estudou Filosofia em São Paulo (1952-1954). Cursou Teologia em Roma, Itália (1954-1958).

Especializou-se em Teologia no Angelicum, Roma (1958-1960). É doutor em Teologia.

PresbiteradoEditar

Dom Vital João foi ordenado padre no dia 7 de julho de 1957, em Roma[1].

Foi professor de Teologia no Colégio Internacional dos Carmelitas, em Roma (1963-1965). Foi diretor do Departamento Promoção da Vida Religiosa da Conferência dos Religiosos do Brasil.

EpiscopadoEditar

Dom Vital Wilderink foi nomeado bispo de Itaguaí pelo Papa Paulo VI, em 14 de junho de 1978[1].

Recebeu a ordenação episcopal no dia 13 de agosto de 1978, em Volta Redonda, das mãos de Dom Waldyr Calheiros Novaes, Dom Adriano Mandarino Hypólito, OFM e de Dom Mário Teixeira Gurgel, SDS.

Lema: "Testificari Evangelio Gratiae Dei" (Testemunhar o Evangelho da Graça de Deus).

Atividades durante o episcopadoEditar

Renunciou ao múnus pastoral no dia 7 de agosto de 1998.

Ordenações episcopaisEditar

Dom Vital João foi concelebrante da ordenação episcopal de Dom Francesco Biasin.

SucessãoEditar

Dom Vital João é o 1º bispo de Itaguaí, foi sucedido por Dom José Ubiratan Lopes.

MorteEditar

Dom Vital João Geraldo Wilderinck, OCarm, Bispo Emérito de Itaguaí, faleceu na tarde de 11 de junho de 2014, vítima de um acidente automobilístico na estrada de Lídice.

O bispo seguia a caminho do eremitério Fonte de Elias, no alto do Rio das Pedras, nas montanhas de Lídice, distrito do município de Rio Claro, no Estado do Rio de Janeiro, quando o veículo Toyota que ele dirigia caiu numa ribanceira, num lugar de difícil acesso. Com ele estavam Nerair Souza Gomes, que também morreu, Divineia Souza e Iza Maria Ignácio, que sobreviveram e foram levadas para a Santa Casa de Barra Mansa.

Os corpos de dom Vital e de Nerair foram removidos somente por volta das 2h30min do dia seguinte, sendo levados para o Instituto Médico Legal de Angra dos Reis.

O velório ocorreu na Catedral de Itaguaí. A missa de corpo presente foi celebrada pelo cardeal do Rio de Janeiro, Dom Orani João Tempesta, e a presença dos bispos de Itaguaí, Dom Ubiratan, de Nova Iguaçu, Dom Adriano Berganin, de Caxias São João de Meriti, Dom Tarcísio, de Barra do Piraí Volta Redonda, Dom Francisco Biasin, de Friburgo, Dom Ednei, bispo emérito de Valença, Dom Elias Maning, bispos auxiliares da Arquidiocese do Rio, frades da Ordem dos Carmelitas, autoridades, e centenas de fiéis de várias dioceses.[3]

Referências

  1. a b c Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (1997). Membros da CNBB. Brasília: CNBB. p. 283. 337 páginas 
  2. Centro de Estatísticas Religiosas e Investigações Sociais (2009). Anuário católico do Brasil 2009/2010. São Paulo: CERIS, PROMOCAT. p. 484. 1.424 páginas 
  3. «DOM VITAL: UM HOMEM DE DEUS, DO POVO E DA IGREJA: BISPOS PRESTAM HOMENAGEM». CNBB Regional Leste 1. 2014. Consultado em 20 de abril de 2018 

Ligações externasEditar