Volta a Portugal de 2011

A 73ª edição da Volta a Portugal em Bicicleta teve lugar entre 4 e 15 de agosto de 2011 com um percurso de 1.626,4 km dividido em 10 etapas e um prólogo.[1]

Volta a Portugal de 2011
Dados
País Portugal
Edição 73ª
Data 4 a 15 de Agosto
Etapas 10 + prólogo
Distância 1626,8 km
Partida Fafe
Chegada Lisboa
Participantes 117
Nº Equipas 13
Vencedores
Vencedor Portugal Ricardo Mestre (Tavira-Prio)
Prémio Montanha Uruguai Fabricio Ferrari (Caja Rural)
Prémio Pontos Portugal Sérgio Ribeiro (Barbot-Efapel)
Juventude Espanha Garikoitz Bravo (Tavira-Prio)
Equipas Portugal Tavira-Prio
Edições
Passagem do pelotão da Volta a Portugal de 2010 no lugar da Paz, em Mafra, a 15 de Agosto de 2011

A carreira pertenceu ao UCI Europe Tour de 2010-2011, dentro da categoria 2.1. Duas novidades relevantes foram o início da prova com um prólogo inédito em Fafe[2] e na Etapa Rainha da Volta, a subida ao alto da Torre foi efectuada pelo lado Covilhã-Penhas da Saúde, que é considerado o trajecto mais difícil até ao ponto mais alto de Portugal Continental. Este percurso regressou após oito anos de interregno.


O ganhador final foi Ricardo Mestre (quem ademais fez-se com uma etapa). Acompanharam-lhe no pódio André Cardoso e Rui Sousa, respectivamente.[3][4]

O as classificações secundárias impuseram-se Sérgio Ribeiro (pontos),[5]Fabricio Ferrari (montanha),[6]Garikoitz Bravo (jovens)[7] e Tavira-Prio (equipas).[8]

Equipas participantes

editar
 
Um ciclista da Barbot-Efapel na Volta a Portugal de 2010, à passagem pelo lugar da Paz, em Mafra, a 15 de Agosto de 2011

Tomaram parte na carreira 14 equipas: 1 italiano de categoria UCI ProTour; 3 de categoria Profissional Continental; 7 de categoria Continental; e a Selecção de Portugal. Formando assim um pelotão de 126 corredores, com 9 ciclistas a cada equipa, dos que acabaram 91.[3][4] As equipas participantes foram:[9]

N.º Equipa Cód.

UCI

Categoria
1-9   Tavira-Prio PRT Continental
11-19   Barbot-Efapel BEF Continental
21-29   LA-Antarte LAR Continental
31-39   Onda BOA Continental
41-49   Selecção de Portugal Selecção nacional
51-59   Lampre-ISD LAM UCI ProTeam
61-69   Farnese Vini-Neri Sottoli FWN Profissional Continental
81-89   Caja Rural CJR Profissional Continental
91-99   Andalucía-Caja Granada ACG Profissional Continental
101-109   Vélo Clube La Pomme Marseille LPM Continental
111-119   Konya Torku Seker Spor-Vivelo KTV Continental
121-129   Itera-Katusha IKA Continental
131-139   Chipotle Development CDT Continental

A equipa Acqua & Sapone, que em princípio ia participar, a última hora anulou sua participação.[10] Esta edição da prova teria, no máximo, 117 corredores à partida, prevendo-se o pelotão mais pequeno desde a edição de 1993.[11] Foram estas as equipas que participaram na Volta a Portugal de 2011:[1]


Etapas

editar
Etapa Data Percurso km Ganhador Líder
Prólogo 4 de agosto Fafe-Fafe   2,2 (CRI)   Hugo Sabido   Hugo Sabido
1.ª 5 de agosto Trofa-Oliveira do Bairro 187,7   Sérgio Ribeiro   Sérgio Ribeiro
2.ª 6 de agosto Oliveira de Azeméis-Santo Tirso   184,4   Sérgio Ribeiro   Sérgio Ribeiro
3.ª 7 de agosto Viana do Castelo-Mondim de Basto (Sra. de Graça)   151   Hernâni Brôco   Hernâni Brôco
4.ª 8 de agosto Lamego-Gouveia   182,3   José Toribio Alcolea   Hernâni Brôco
5.ª 9 de agosto Oliveira do Hospital-Viseu 150,3   Andrea Guardini   Sérgio Ribeiro
Dia de descanso 10 de agosto 5ª Etapa da Volta - Viseu
6.ª 11 de agosto Aveiro-Castelo Branco 215,9   Francesco Gavazzi   Sérgio Ribeiro
7.ª 12 de agosto Sabugal-Guarda   35,3 (CRI)   Ricardo Mestre   Ricardo Mestre
8.ª 13 de agosto Seia-Seia (Torre)   182,8   André Cardoso   Ricardo Mestre
9.ª 14 de agosto Covilhã-Sertã 182,3   Jacob Rathe   Ricardo Mestre
10.ª 15 de agosto Sintra-Lisboa 152,2   Francesco Gavazzi   Ricardo Mestre

Classificações finais

editar
fontes: [12][13]

Classificação geral

editar
Posição Ciclista Equipa Tempo
    Ricardo Mestre Tavira-Prio 42 h 34 min 44 s
2   André Cardoso Tavira-Prio 1 min 31 s
3   Rui Sousa Barbot-Efapel 2 min 24 s
4   Nelson Vitorino Tavira-Prio 2 min 48 s
5   Hernâni Brôco LA-Antarte 2 min 58 s
6   Sérgio Ribeiro Barbot-Efapel 5 min 12 s
7   Vergilio Santos LA-Antarte 6 min 44 s
8   Sérgio Sousa Barbot-Efapel 7 min 13 s
9   Joao Cabreira Onda 8 min 15 s
10   Daniel Silva Onda 8 min 16 s

Classificação por pontos

editar
Posição Ciclista Equipa Pontos
    Sérgio Ribeiro Barbot-Efapel 141
2   Francesco Gavazzi Lampre-ISD 119
3   André Cardoso Tavira-Prio 72
4   Hernâni Brôco LA-Antarte 71
5   Ricardo Mestre Tavira-Prio 67

Classificação da montanha

editar
Posição Ciclista Equipa Pontos
    Fabricio Ferrari Caja Rural 57
2   André Cardoso Tavira-Prio 40
3   Hernâni Brôco LA-Antarte 30
4   Ricardo Mestre Tavira-Prio 30
5   Francesco Gavazzi Lampre-ISD 28

Classificação dos jovens

editar
Posição Ciclista Equipa Tempo
    Garikoitz Bravo Caja Rural 42 h 48 min 01 s
2   Bruno Silva LA-Antarte a 1 min 07 s
3   Robbie Squire Chipotle Development a 3 min 22 s
4   Lachlan Morton Chipotle Development a 10 min 56 s
5   Alfredo Balloni Lampre-ISD a 11 min 36 s

Classificação por equipas

editar
Posição Equipa Tempo
    Tavira-Prio 127 h 48 min 49 s
2   Barbot-Efapel a 9 min 54 s
3   Onda a 13 min 54 s
4   LA-Antarte a 17 min 26 s
5   Caja Rural a 46 min 22 s

Evoluções das classificações

editar
Etapa
(Vencedor)
Classificação geral
 
Classificação por pontos
 
Classificação da montanha
 
Classificação dos jovens
 
Classificação por equipas
 
Prólogo   (CRI)
(Hugo Sabido)
Hugo Sabido Hugo Sabido não se entregou Bruno Silva LA-Antarte
1.ª etapa
(Sérgio Ribeiro)
Sérgio Ribeiro Sérgio Ribeiro Fabricio Ferrari
2.ª etapa  
(Sérgio Ribeiro)
Garikoitz Bravo Tavira-Prio
3.ª etapa  
(Hernâni Brôco)
Hernâni Brôco
4.ª etapa  
(José Toribio Alcolea)
5.ª etapa
(Andrea Guardini)
Sérgio Ribeiro
6.ª etapa
(Francesco Gavazzi)
7.ª etapa   (CRI)
(Ricardo Mestre)
Ricardo Mestre
8.ª etapa  
(André Cardoso)
9.ª etapa
(Jacob Rathe)
10.ª etapa
(Francesco Gavazzi)
Classificação final Ricardo Mestre Sérgio Ribeiro Fabricio Ferrari Garikoitz Bravo Tavira-Prio

Recepção

editar

A 3 de Agosto de 2011, o jornal desportivo português Record classificou como principais figuras do pelotão para a prova sete corredores,[14] tal como o Expresso o fez no dia a seguir,[15] a saber:

Destes favoritos apontados antes do início da prova, David Bernabéu, já vencedor da prova e segundo classificado na edição de 2010, foi forçado a abandonar nos últimos dias de prova (após a 6ª etapa), devido a uma gastroentrite.[16] Ricardo Mestre, por seu turno, confirmou o seu estatuto de favorito, com uma magnífica vitória no contra-relógio da 7ª etapa, um minuto mais rápido do que o segundo melhor, e com uma boa 8ª e decisiva etapa, na subida à Torre. Principalmente devido aos desempenhos nas duas tiradas indicadas, Ricardo Mestre foi o vencedor da prova. Nota: A negrito, os vencedores de edições anteriores da Volta a Portugal

Etapa da Volta

editar

* - "Etapa" realizada no dia de descanso, que é um "passatempo" e convívio para a comunidade cicloturista.[12][13]