Voo British Airways 38

voo de avião entre Pequim e Londres que sofreu acidente em 2008

O voo British Airways 38 foi um voo programado entre o Aeroporto Internacional de Pequim e o Aeroporto de Londres Heathrow que sofreu um acidente às 12h42min (GMT) de 17 de janeiro de 2008 ao aproximar-se do aeroporto inglês. Era operado pelo Boeing 777-236ER prefixo G-YMMM da companhia aérea britânica British Airways.

Voo British Airways 38
Vista do Boeing 777 após pouso de emergência
Sumário
Data 17 de janeiro de 2008
Causa Falha no sistema de combustível
Local Aeroporto de Londres Heathrow, Londres, Reino Unido
Origem Aeroporto Internacional de Pequim, Pequim, China
Destino Aeroporto de Londres Heathrow, Londres, Reino Unido
Passageiros 136
Tripulantes 16
Mortos (nenhum)
Feridos 13[1]
Sobreviventes 152 (todos)
Aeronave
Modelo Boeing 777-236ER
Operador Reino Unido British Airways
Prefixo G-YMMM
Primeiro voo 18 de maio de 2001

Segundo dados e comprovações foi descoberto que houve uma formação de gelo sobre o trocador de calor de ambos os motores do avião impossibilitando a passagem do combustível no momento em que o avião precisava de potência para pouso na pista 27L.

Os peritos tiveram dificuldade na descoberta das causas do acidente pelo motivo do descongelamento do gelo no solo britânico. Dias depois um outro Boeing 777-200ER da companhia aérea estado-unidense Delta Airlines sofreu o mesmo em pleno ar, mas o problema pôde ser corrigido devido à altitude a que se encontrava a aeronave. A Rolls Royce, fabricante dos motores, fez uma correção no sistema de passagem do combustível, onde ocorreu o devido congelamento.

O avião sofreu um pouso de emergência, deixando a pista sul do aeroporto de Heathrow fechada.[2]

Ver tambémEditar

Referências

Ligações externasEditar

 
O Commons possui uma categoria com imagens e outros ficheiros sobre Voo British Airways 38
  Este artigo sobre um acidente aéreo é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.