Voo China Eastern Airlines 5398

O Voo China Eastern Airlines 5398 foi um voo da China Eastern Airlines, operado por um McDonnell Douglas MD-82 do Aeroporto Internacional Bao'an de Shenzhen para o Aeroporto de Fuzhou Yixu em Fujian, China. Em 26 de outubro de 1993, ele caiu ao se aproximar do Aeroporto Fuzhou Yixu. A aeronave ultrapassou a pista ao pousar sob chuva forte e ventos fortes. Dois dos 80 passageiros e tripulantes a bordo morreram.[1]

Voo China Eastern Airlines 5398
A aeronave envolvida no acidente nas cores da CAAC, em Hong Kong em fevereiro de 1986
Sumário
Data 26 de outubro de 1993 (28 anos)
Causa Caiu na aproximação devido ao mau tempo e erro do piloto
Local Aeroporto de Fuzhou Yixu, Fuzhou, Fujian,  China
Origem Aeroporto Internacional de Shenzhen Bao'an, Shenzhen
Destino Aeroporto de Fuzhou Yixu, Fuzhou
Passageiros 71
Tripulantes 9
Mortos 2
Feridos 10
Sobreviventes 78
Aeronave
Modelo McDonnell Douglas MD-82
Operador China China Eastern Airlines
Prefixo B-2103
Primeiro voo 8 de agosto de 1985

Resumo do acidenteEditar

Em 26 de outubro de 1993, 11h50, o voo 5398 decolou do aeroporto de Shenzhen com previsão de chegada às 12h50 no aeroporto de Fuzhou. Às 12h32, a tripulação entrou em contato com a torre no aeroporto de Fuzhou se preparando para o pouso. Na época estava chovendo e a visibilidade era de 4 km. A tripulação iniciou a aproximação apesar da pouca visibilidade, resultando em um desvio severo à direita da pista. A tripulação não abortou o pouso e deu a volta por cima, mas tentou corrigir o curso enquanto continuava a descer. Apenas 1 km da pista e apenas 20m acima do solo, a tripulação decidiu arremeter. A aeronave continuou perdendo altitude, e sua cauda atingiu a pista antes que a aeronave invadisse e parasse em um lago. A fuselagem se desintegrou em 3 partes principais. Duas pessoas morreram e mais dez ficaram feridas.[2]

Uma investigação posterior revelou que a tripulação do voo 5398 violou o protocolo de aproximação no aeroporto de Fuzhou e não cooperou bem com o controlador de tráfego aéreo. A causa do acidente foi considerada erro do piloto, somada com o mau tempo.[2]

Pós acidenteEditar

A China Eastern Airlines continua usando o número de voo MU5398, mas mudou para a rota do Aeroporto Internacional Chongqing Jiangbei para o Aeroporto Internacional de Xangai Pudong via o Aeroporto de Wenzhou Longwan, servido pelo Boeing 737.[3]

O aeroporto de Fuzhou Yixu foi construído em 1944 como um aeroporto militar. A partir de 1974, passou a servir o uso civil e militar e foi atendido por muitas companhias aéreas domésticas e internacionais. Devido ao comprimento da pista e ao aumento do tráfego aéreo, um novo aeroporto civil foi proposto em 1991. Em 23 de junho de 1997, o Aeroporto Internacional de Fuzhou Changle foi inaugurado. O aeroporto de Fuzhou Yixu voltou para uso militar.[4]

O prefixo B-2103 foi posteriormente atribuído a uma aeronave McDonnell Douglas MD-90 em 2000, operada pela China Northern Airlines. Ela continuou a operar para a China Southern Airlines quando a China Northern se fundiu com a China Southern em 2002. Em 2010, este MD-90 foi vendido para a Delta Air Lines como N965DN e o prefixo B-2103 foi removido.[5]

Ver tambémEditar

Referências

  1. Ranter, Harro. «ASN Aircraft accident McDonnell Douglas DC-9-82 (MD-82) B-2103 Fuzhou Yixu Airport (FOC)». aviation-safety.net. Consultado em 23 de novembro de 2020 
  2. a b 中国东方航空齐鲁有限公司“10.26”空难事故. safehoo.com (em chinês). Outubro de 2008. Consultado em 23 de novembro de 2020 
  3. «Archived copy» 中国东方航空公司 (MU) #5398 (em chinês). FlightAware. 16 de setembro de 2013. Consultado em 26 de setembro de 2013. Cópia arquivada em 27 de setembro de 2013 
  4. Cao, Hui (Novembro de 2007). «The dynamic change on tourist ecological footprint of Fuzhou City, Fujian Province». ACTA Ecology Sinica. 27 
  5. N965DN Delta Air Lines McDonnell Douglas MD-90-30-cn60002/ln4002, Planespotters.net.[2013-09-26]