Voo Pan Am 73

sequestro de avião em Índia de 1986

O voo Pan Am 73 foi um voo operado pela Pan Am, cuja aeronave, um Boeing 747-121, foi sequestrado no dia 5 de setembro de 1986, depois que ele aterrissou em Carachi, por quatro homens armados da organização Abu Nidal. A aeronave, com 379 pessoas (das quais 360 passageiros e 19 tripulantes), acabara de chegar do Aeroporto Internacional de Chhatrapati Shivaji, em Mumbai, e estava pronto para sair para Frankfurt e de lá ele seria direcionado para o destino final, o Aeroporto Internacional John F. Kennedy, em Nova Iorque.[1]

Voo Pan Am 73
N656PA, aeronave envolvida no sequestro, visto em janeiro de 1985 no Aeroporto de Hamburgo.
Sumário
Data 5 de setembro de 1986
Causa Sequestro
Local Carachi, Sinde, Paquistão
Origem Aeroporto Internacional de Sahar, Mumbai, Índia
Escala Aeroporto de Frankfurt, Frankfurt, Alemanha Ocidental
Destino Aeroporto Internacional John F. Kennedy, Nova Iorque, Estados Unidos
Passageiros 360
Tripulantes 19
Mortos 43
Feridos 120
Sobreviventes 336
Aeronave
Modelo Boeing 747-121
Operador Pan American World Airways
Prefixo N656PA Clipper Empress of the Seas

O sequestro só não se concretizou graças à comissária chefe de cabine Neerja Bhanot, que avisou ao comandante do Clipper Empress of the Seas sobre o sequestro na hora certa, fazendo assim com que o comandante, o co-piloto e o engenheiro de voo fugissem da aeronave impedindo-a de decolar rumo a Lárnaca, no Chipre, onde os passageiros e tripulantes seriam usados como moeda de troca no resgate de outro membros da organização terrorista criminosa Abu Nidal que se encontravam presos lá.

Durante o sequestro foram mortos 43 passageiros, dos quais 12 eram indianos, 3 paquistaneses, 3 americanos e 2 mexicanos. Todos os sequestradores foram presos e condenados à morte no Paquistão, mas depois foram libertados.[2]

Esta trágica história foi retratada no filme Neerja.

Lista de pessoas a bordo, por nacionalidadeEditar

Nacionalidade Passageiros Tripulantes Total Vítimas
  Alemanha 81 3 84 0
  Argélia 3 0 3 0
  Bélgica 2 0 2 0
  Canadá 30 0 30 0
  Dinamarca 8 0 8 2
  Estados Unidos 18 1 19 2
  França 4 1 5 0
  Índia 91 8 99 12
  Irlanda 5 0 5 4
  Itália 50 2 52 7
  México 8 0 8 2
  Paquistão 44 0 44 3
  Reino Unido 15 4 19 11
  Suécia 2 0 2 0
Total 360 19 379 43

Na cultura popularEditar

O filme Neerja foi lançado em 2016, representando o sequestro e as ações de Neerja Bhanot, comissária de voo sênior e a mais jovem vencedora da mais alta condecoração indiana por bravura Ashoka Chakra. Ela também recebeu o prêmio de Coragem Especial dos Estados Unidos e o Tamgha-e-Insaaniyat paquistanês.

Referências

  1. «Monthly archive» (em inglês). Asian Tribune. 16 de janeiro de 2010. Consultado em 15 de abril de 2017 
  2. «24 yrs after Pan Am hijack, Neerja Bhanot killer falls to drone» (em inglês). Times of India. 17 de janeiro de 2010. Consultado em 15 de abril de 2017 

Leitura adicionalEditar

Ligações externasEditar