Abrir menu principal

Vsevolod Mikhaylovich Bobrov - em russo: Всеволод Михайлович Бобров (Morshansk, 1 de dezembro de 1922 - Moscou, 1 de julho de 1979) - foi um dos maiores esportistas da antiga União Soviética, destacando-se no futebol e no hóquei sobre gelo.

Vsevolod Bobrov
Всеволод Бобров
RR5110-0096R.png
Bobrov, como jogador de hóquei, retratado em
moeda especial de dois rublos
Informações pessoais
Nome completo Vsevolod Mikhaylovich Bobrov
Data de nasc. 1 de dezembro de 1922
Local de nasc. Morshansk, Rússia
Falecido em 1 de julho de 1979 (56 anos)
Local da morte Moscou, União Soviética
Informações profissionais
Posição Atacante
Clubes profissionais
Anos Clubes Jogos e gol(o)s
1945-1949
1950-1952
1953
Flag of the Soviet Union (1924–1955).svg CDKA Moscou
Flag of the Soviet Union (1924–1955).svg VVS Moscou
Flag of the Soviet Union (1924–1955).svg Spartak Moscou
79 (82)
32 (14)
4 (3)
Seleção nacional
1952 Flag of the Soviet Union (1924–1955).svg União Soviética 3 (5)
Medalhas
Jogos Olímpicos
Ouro Cortina d'Ampezzo 1956 Equipe

Artilheiro Pós-GuerraEditar

Nascido no ano da formação da URSS (fundada em 30 de dezembro), Bobrov integrou o Exército Vermelho na Segunda Guerra Mundial e, após o conflito, foi convidado para jogar no clube do exército, o então CDKA Moscou (atual CSKA). Ficaria no CDKA até 1949, indo para o VVS Moscou, e encerrou a carreira em 1953, no Spartak Moscou. Conquistaria três campeonatos soviéticos, do qual seria artilheiro duas vezes. Na competição, marcaria um total de 97 gols em 116 jogos.

Seleção SoviéticaEditar

Pela Seleção Soviética de Futebol, jogaria apenas três partidas, as três que a URSS realizou nas Olimpíadas de 1952. Marcou cinco vezes, incluindo três no empate em 5 x 5 contra a Iugoslávia. No jogo desempate, ele marcou o único gol soviético na derrota por 3 x 1. Seu outro gol fora marcado no jogo inicial, contra a Bulgária, vencido por 2 x 1.

No HóqueiEditar

No hóquei sobre gelo, Bobrov iniciou a carreira em 1946, um ano após tornar-se jogador de futebol, também no então CDKA. Apesar de priorizar o futebol, seu sucesso no hóquei foi ainda maior; foi sete vezes campeão soviético, marcando incríveis 254 gols em 130 jogos no campeonato de hóquei da União Soviética. Pela URSS, marcaria 89 vezes em 59 jogos e conquistou o ouro nos Jogos Olímpicos de Inverno de 1956. Até hoje, Bobrov é um dos poucos atletas que participaram tanto das Olimpíadas de Verão quanto das de Inverno. No atual hóquei russo, os jogadores que ultrapassam os 250 gols passam a integrar o "Clube Bobrov".

Bobrov tornaria-se técnico tanto de equipes de futebol quanto de hóquei, onde treinou a Seleção Soviética nos títulos dos Campeonatos Mundiais de 1974 e 1975. Morreria quatro anos depois deste.

Integra o Hall da Fama da Federação internacional de hóquei no gelo desde a sua criação, em 1997.