Abrir menu principal

Waikiki Wedding

filme de 1937 dirigido por Frank Tuttle
Waikiki Wedding
Amor Havaiano (BRA)
 Estados Unidos
1937 •  p&b •  89 min 
Direção Frank Tuttle
Produção Arthur Hornblow, Jr.
Roteiro Frank R. Butler
Walter de Leon
Don Hartman
Francis Martin
Elenco Bing Crosby
Bob Burns
Martha Raye
Shirley Ross
George Barbier
Gênero comédia musical
Distribuição Paramount Pictures
Idioma inglês
Página no IMDb (em inglês)

Waikiki Wedding (br: Amor Havaiano) é um filme estadunidense de 1937, do gênero comédia musical, dirigido por Frank Tuttle e estrelado por Bing Crosby. O roteiro, escrito a oito mãos, foi retrabalhado tanto pelo diretor Tuttle quanto pelo produtor Arthur Hornblow, Jr. para que a fita fosse o grande sucesso que realmente foi[1].

O filme ganhou o Oscar de Melhor Canção, com Sweet Leilani, de Harry Owens, além de ter concorrido também na categoria de Melhor Coreografia.

SinopseEditar

Em um Havaí de estúdio, Tony Marvin é o relações públicas que cria o concurso "Miss Abacaxi" para divulgar a empresa em que trabalha. A vencedora, Georgia Smith, chega a Honolulu acompanhada da estenógrafa Myrtle Finch, para um passeio de três semanas, no fim do qual deve publicar suas impressões. Quando elas resolvem retornar logo porque acharam tudo muito aborrecido, Tony e seu amigo Shad Buggle, que caíram de amores pelas duas, precisam convencê-las a ficar. De repente, entra na história uma misteriosa pérola negra que deve ser devolvida aos ilhéus afim de acalmar a deusa de um vulcão ativo.

Para complicar, Victor, o dentista noivo de Georgia, chega à sua procura, junto com o Primo Herman.

ElencoEditar

Ator/Atriz Personagem
Bing Crosby Tony Martin
Bob Burns Shad Buggle
Shirley Ross Georgia Smith
Martha Raye Myrtle Finch
George Barbier J.P. Todhunter
Leif Erickson Victor Quimby
Grady Sutton Everett Todhunter
Granville Bates Primo Herman
Anthony Quinn Kimo

Principais prêmios e indicaçõesEditar

Prêmio Categoria(s) Indicada(s) Categoria(s) Premiada(s)
Oscar Melhor Canção
Melhor Cenografia
Melhor Canção

Referências

  1. EAMES, John Douglas, The Paramount Story, Londres: Octopus Books, 1985 (em inglês)

Referências bibliográficasEditar

Ligações externasEditar

Ver tambémEditar