Abrir menu principal

Wall of Sound, também chamado de Spector Sound,[1][2] é uma fórmula de produção para gravações de música pop e rock desenvolvida por Phil Spector na década de 1960. O intento era de criar uma estética de som densa, reverberada e com muitas camadas que soasse bem em aparelhos de rádio AM e jukeboxes, bastante populares à época. A fórmula foi tipificada por meio do uso de várias guitarras, entre elétricas e acústicas, sincronizadas em uníssono, com arranjos instrumentais tocados por um grande número de músicos, em proporções similares às de uma orquestra, e da gravação do resultado composto com o auxílio de uma câmara de eco.

Referências

  1. Moorefield, Virgil (2010). The Producer as Composer: Shaping the Sounds of Popular Music. [S.l.]: MIT Press. p. 10. ISBN 978-0-262-51405-7 
  2. Hoffman, Frank (2003). Birkline, Robert, ed. «Survey of American Popular Music». Sam Houston State University. Consultado em 17 de maio de 2015 
  Este artigo sobre música é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.