Warren Ellis

Warren Girard Ellis (Essex, 16 de fevereiro de 1968) é um roteirista britânico, mais conhecido por seu trabalho em histórias em quadrinhos. É o criador de obras como The Authority, Planetary, Transmetropolitan e Global Frequency. Ellis também é o roterista da série animada Castlevania.[1]

Warren Ellis
Nome completo Warren Girard Ellis
Nascimento 16 de fevereiro de 1968 (52 anos)
Essex, Inglaterra
Principais trabalhos
Prêmios Eagle Award

Ellis é bem conhecido por sua sagacidade cruel e comentários socioculturais, tanto por meio de sua presença on-line quanto por meio de seus textos, que abordam temas transumanistas (principalmente nanotecnologia, criogenia, transferência mental e aprimoramento humano) e folclóricos, muitas vezes combinados entre si. Ele é um patrono da Humanists UK, uma instituição de caridade focada na promoção do humanismo e no avanço do secularismo.[2]

CarreiraEditar

Ellis começou a escrever na revista independente Deadline, em 1990. No então estúdio da Image Comics chefiado por Jim Lee,[3] o WildStorm, roteirizou as revistas Gen¹³ e DV8, além de Stormwatch, que deu origem ao spin-off The Authority.[4]

Ele começou sua série cyberpunk Transmetropolitan com o artista Darick Robertson para o selo Helix da DC Comics, em 1997. Posteriormente, a série continuou sob o selo Vertigo. O enredo acompanha Spider Jerusalem, um amargo jornalista gonzo em um Estados Unidos distópico. Transmetropolitan teve sessenta números publicados e foi um dos quadrinhos mais populares de não super-heróis da DC.[5][6]

Planetary, outra série da WildStorm por Ellis e John Cassaday, foi lançada em 1999. A série tem como personagens centrais o trio formado por Elijah Snow, Jakita Wagner e Baterista, conhecidos como os Arqueólogos do Impossível, que são integrantes de uma organização secreta que investiga a história secreta da humanidade. No universo de Planetary, repleto de referências aos quadrinhos, cinema, TV e literatura, diversos personagens e conceitos da cultura pop coexistem. Planetary durou 27 números, além de crossovers com Batman, Liga da Justiça e Authority.[7][8]

Ainda em 1999, Ellis assumiu os roteiros do título Hellblazer, sucedendo Paul Jenkins. Sua fase no personagem foi do número #134 à #143.[9] Ellis abandonou a revista após Paul Levitz, publisher da DC Comics, exigir que o autor modificasse Shoot, uma história que abordava os tiroteios em escolas norte-americanas. O enredo foi escrito por Ellis meses antes do massacre na escola de Columbine, mas a publicação seria em uma data posterior. Devido ao acontecimento, a editora resolveu censurar várias revistas e histórias.[10] O escritor Brian Azzarello substituiu Ellis no título, e Shoot acabou sendo publicada em 2010.[11][12]

Em 2002, Ellis iniciou um contrato de exclusividade com a DC Comics e começou o desenvolvimento de Global Frequency, uma minissérie em doze partes, lançada entre 2003 e 2004 pela Wildstorm.[13][14] A partir de 2005 o autor continuou colaborando em projetos para diversas editoras, incluindo Fell (com Ben Templesmith, para Image Comics);[15] Desolation Jones (com os artistas J. H. Williams III e Danijel Zezelj, para a Wildstorm);[16] e Blackgas (com arte de Max e Sebastian Fiumara, para a Avatar Comics).[17]

O roteirista escreveu o arco Extremis, na revista do Homem de Ferro, entre 2005 e 2006 com o artista Adi Granov.[18] Alguns elementos da história foram adaptados no filme Homem de Ferro 3.[19]

Em 2006, a Marvel anunciou que Warren Ellis e o desenhista Salvador Larroca criariam um projeto baseado no Novo Universo, chamado de newuniversal. O projeto acabou de forma prematura, pois Ellis perdeu os arquivos em seu computador e o editor Tom Brevoort indicou que newuniversal não era uma prioridade para a editora.[20][21] Com arte de Stuart Immonen, produziu Nextwave, uma série mensal estrelada por personagens secundários da Marvel, encerrada na edição doze.[22][23] O roteirista assumiu o título mensal dos Thunderbolts em 2007, lidando com as consequências da saga Guerra Civil.[24]

Ellis lançou o quadrinho experimental SVK em 2011, onde através de uma lanterna de luz ultravioleta, vendida junto à HQ, o leitor acompanhava os pensamentos dos personagens e outros detalhes da história.[25]

ControvérsiasEditar

Em junho de 2020, diversas mulheres acusaram Warren Ellis de assédio sexual, ao tentar usar seu status na indústria para seduzir jovens em início de carreira. Ellis, em resposta às alegações, escreveu que não considerara que outros o veriam como alguém "numa posição de poder e privilégio (...) nunca coagi, manipulei ou abusei de alguém conscientemente”.[26][27] A DC Comics anunciou posteriormente que uma história de duas páginas escrita por Ellis não seria incluída em uma antologia futura, não se pronunciando, no entanto, sobre uma minissérie do Batman ainda em publicação escrita por ele.[28]

BibliografiaEditar

Marvel ComicsEditar

  • Hellstorm - Prince of Lies
  • Iron Man: Extremis
  • Doom 2099
  • Druid
  • Excalibur
  • Starjammers
  • Storm
  • Thor
  • Pryde and Wisdom
  • Carnage: Mindbomb (1996)
  • Ruins
  • Wolverine
  • Ultimate Fantastic Four (2004)
  • Ultimate Nightmare (2004)
  • Ultimate Secret (2004)
  • Capitain America:Reborn (2009)
  • Astonishing X-men (2008)
  • ThunderBolts (2007)
  • Avengers: Endless Wartime (2013)
  • Moon Knight (2015)

WildstormEditar

  • DV8
  • Stormwatch
  • The Authority
  • Planetary com John Cassaday
  • Global Frequency
  • Mek com Steve Rolston
  • Red
  • Reload
  • Tokyo Storm Warning
  • Two-Step
  • Desolation Jones
  • Ocean

DC Comics e VertigoEditar

Image ComicsEditar

  • City of Silence
  • Ministry of Space
  • Fell

AiT/Planet LarEditar

  • Available Light
  • Come in Alone
  • Switchblade Honey

Avatar PressEditar

  • Bad World
  • Dark Blue
  • From the Desk of Warren Ellis
  • Scars
  • Strange Kiss
  • Stranger Kisses
  • Strange Killings
  • Strange Killings: Body Orchard
  • Strange Killings: Strong Medicine
  • Strange Killings: Necromancer
  • Angel Stomp Future
  • Frank Ironwine
  • Quit City
  • Simon Spector

OutrosEditar

  • Lazarus Churchyard
  • Calibrations
  • Sugarvirus

Referências

  1. Zanetti, Laysa (2 de maio de 2017). «Castlevania: Netflix divulga primeiro teaser e data de estreia da série animada para maiores de Adi Shankar». Adoro Cinema. Consultado em 20 de julho de 2019 
  2. «Our patrons: Warren Ellis». Humanists UK. Consultado em 13 de julho de 2019 
  3. Naliato, Samir (23 de outubro de 2015). «CCXP anuncia vinda de Jim Lee ao Brasil». Universo HQ. Consultado em 20 de julho de 2019 
  4. «Warren Ellis». lambiek Comiclopedia (em inglês). Consultado em 4 de dezembro de 2018 
  5. McMillan, Graeme; Marston, Marston (4 de fevereiro de 2018). «A Look Back at DC's Defunct Lines». Newsarama (em inglês). Consultado em 4 de dezembro de 2018 
  6. Assis, Érico (26 de setembro de 2013). «Transmetropolitan: Série volta ao Brasil com encadernado inédito». Omelete. Consultado em 4 de dezembro de 2018 
  7. Codespoti, Sérgio (14 de agosto de 2013). «DC Comics lançará encadernado com todas as edições de Planetary, em janeiro de 2014». Universo HQ. Consultado em 20 de julho de 2019 
  8. «Planetary chega ao Brasil na revista mensal The Authority». Universo HQ. 30 de maio de 2002. Consultado em 20 de julho de 2019 
  9. Miranda, Marcelo (17 de março de 2014). «Hellblazer – Haunted». Universo HQ. Consultado em 24 de julho de 2019 
  10. Assis, Érico (21 de agosto de 2000). «História censurada de HELLBLAZER cai na web». Omelete. Consultado em 24 de julho de 2019 
  11. Assis, Érico (8 de março de 2005). «Hellblazer e a trajetória de John Constantine». Omelete. Consultado em 24 de julho de 2019 
  12. Codespoti, Sérgio (19 de julho de 2010). «Vertigo publicará Hellblazer – Shoot, de Warren Ellis». Universo HQ. Consultado em 24 de julho de 2019 
  13. Codespoti, Sérgio (30 de janeiro de 2002). «Warren Ellis assina contrato de exclusividade com a DC Comics». Universo HQ. Consultado em 24 de julho de 2019 
  14. Romariz, Thiago (23 de novembro de 2014). «Global Frequency - HQ de Warren Ellis vai virar série de TV». Omelete. Consultado em 24 de julho de 2019 
  15. Codespoti, Sérgio (28 de junho de 2005). «Fell é o novo projeto de Warren Ellis». Universo HQ. Consultado em 3 de agosto de 2019 
  16. Codespoti, Sérgio (22 de junho de 2006). «Danijel Zezelj é o novo desenhista de Desolation Jones». Universo HQ. Consultado em 3 de agosto de 2019 
  17. Avila, Gabriel (9 de julho de 2019). «Gás Negro - HQ de zumbi escrita por Warren Ellis chega ao Brasil; confira prévia». Omelete. Consultado em 3 de agosto de 2019 
  18. «Crítica - Homem de Ferro: Extremis». Plano Crítico. 25 de abril de 2013. Consultado em 19 de dezembro de 2019 
  19. Naliato, Samir (29 de abril de 2013). «Resenha: Homem de Ferro 3 promete mais do que cumpre». Universo HQ. Consultado em 19 de dezembro de 2019 
  20. Augusto, Thiago (7 de agosto de 2006). «Warren Ellis e Salvador Larocca recriam o Novo Universo». Universo HQ. Consultado em 3 de agosto de 2019 
  21. Codespoti, Sérgio (2 de junho de 2015). «A breve história do Novo Universo». Universo HQ. Consultado em 3 de agosto de 2019 
  22. Assis, Érico (25 de outubro de 2006). «HQ Nextwave acaba, mas vai voltar». Omelete. Consultado em 18 de dezembro de 2019 
  23. Burgas, Greg (18 de maio de 2011). «Comics You Should Own - Nextwave: Agents of H.A.T.E.». CBR (em inglês). Consultado em 18 de dezembro de 2019 
  24. Codespoti, Sérgio (10 de outubro de 2006). «Warren Ellis e Mike Deodato em Thunderbolts». Universo HQ. Consultado em 18 de dezembro de 2019 
  25. Assis, Érico (4 de outubro de 2016). «SVK - Warren Ellis lança hoje HQ que só pode ser lida com luz especial». Omelete. Consultado em 19 de dezembro de 2019 
  26. McMillan, Graeme (19 de junho de 2020). «Comics Writer Warren Ellis Responds to Sexual Coercion Allegations». The Hollywood Reporter (em inglês). Consultado em 3 de julho de 2020 
  27. Gelman, Samuel (18 de junho de 2020). «Warren Ellis Responds to Sexual Misconduct Allegations». CBR (em inglês). Consultado em 3 de julho de 2020 
  28. Garófalo, Nicolaos (19 de junho de 2020). «DC cancela história do Batman escrita por Warren Ellis após acusações de abuso». Omelete. Consultado em 3 de julho de 2020 

Ligações externasEditar

  Este artigo sobre autor ou ilustrador de banda desenhada é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.