Watermark (álbum)

Watermark
Álbum de estúdio de Enya
Lançamento 19 de setembro de 1988
Gravação 1988, Orinoco Studios
Gênero(s) New age, celta
Duração 39:42
Gravadora(s) Geffen Records
WEA
Produção Enya, Nicky Ryan
Opiniões da crítica

O parâmetro das opiniões da crítica não é mais utilizado. Por favor, mova todas as avaliações para uma secção própria no artigo. Veja como corrigir opiniões da crítica na caixa de informação.

Cronologia de Enya
Enya
(1987)
Shepherd Moons
(1991)

Watermark é o segundo álbum de estúdio da musicista irlandesa Enya, lançado em 19 de Setembro de 1988, pelo selo Warner Music. Estrelando como seu maior hit, "Orinoco Flow", Watermark foi o álbum recorde de Enya, e é considerado exemplo nato de música New Age, porém Enya mesma não enquadra seu trabalho neste gênero. Watermark vendeu mais de 11 milhões de cópias mundialmente[1].

Duas versões do álbum foram lançados. Em 1989, uma versão estendida de Watermark incluiu "Storms in Africa Part II (cantada em inglês)" que tinha sido lançada anteriormente em um CD single conhecido. Algumas versões posteriores omitem mais uma vez essa faixa.

FaixasEditar

Todas as músicas escritas por Roma Ryan, compostas por Enya e produzidas por Nicky Ryan.

N.º Título Duração
1. "Watermark"   2:24
2. "Cursum Perficio"   4:06
3. "On Your Shore"   3:59
4. "Storms in Africa"   4:03
5. "Exile"   4:20
6. "Miss Clare Remembers"   1:59
7. "Orinoco Flow"   4:25
8. "Evening Falls..."   3:46
9. "River"   3:10
10. "The Longships"   3:36
11. "Na Laetha Geal M'Óige"   3:54
12. "Storms in Africa, Pt. 2" (reedição de 1989) 3:01

Singles lançados posteriormenteEditar

  • Evening Falls... lançada em 1988 com Oíche Chiún e Morning Glory faixas bônus.
  • Storms In Africa (Part II) lançada em 1989, com Aldebaran, The Celts, e Storms In Africa como faixas bônus. É um remix de Storms In Africa com a letra em inglês no lugar da irlandesa.

Certificações & VendasEditar

País Associação Certificação Vendas
  Alemanha BVMI   Platina[2] 500,000
  Argentina CAPIF   Platina[3] 60,000
  Bélgica BEA   Platina[4] 50,000
  Brasil ABPD   2× Platina[5] 500,000
  Canadá CRIA   3× Platina[6] 300,000
  Espanha PROMUSICAE   5× Platina[7] 500,000
  Estados Unidos RIAA   4× Platina[8] 4,000,000
  França SNEP   2× Ouro[9] 200,000
Nova Zelândia RMNZ   Platina[10] 15,000
  Países Baixos NVPI   Platina[11] 100,000
  Reino Unido BPI   4× Platina[12] 1,200,000
  Suíça IFPI   Platina[13] 50,000

MúsicosEditar

  • Enya – piano, vocal
  • Neil Buckley – clarinete
  • Chris Hughes – percussão, bateria
  • Davy Spillane – assobio, gaita irlandesa

ProduçãoEditar

  • Produtores: Enya, Nicky Ryan
  • Co-produtores: Enya and Ross Cullum
  • Produtor Executivo: Rob Dickins
  • Engenharia: Ross Cullum
  • Mixagem: Jim Barton, Ross Cullum
  • Arranjos: Enya, Nicky Ryan
  • Capa: David Hiscook
  • Fotografias adicionais: Russel Yamy
  • Design: Lawrence Dunmore

Notas e referências

  1. Biografia de Enya
  2. Certificação BVMI
  3. «Certificação CAPIF». Consultado em 28 de junho de 2010. Arquivado do original em 21 de janeiro de 2012 
  4. Certificação BEA
  5. «Certificação ABPD». Consultado em 27 de setembro de 2009. Arquivado do original em 21 de agosto de 2008 
  6. Certificação CRIA
  7. Certificação PROMUSICAE[ligação inativa]
  8. Certificação RIAA
  9. «Certificação SNEP». Consultado em 27 de setembro de 2009. Arquivado do original em 12 de dezembro de 2008 
  10. [1]
  11. «Certificação NVPI». Consultado em 27 de setembro de 2009. Arquivado do original em 28 de agosto de 2009 
  12. Certificação BPI
  13. Certificação IFPI Suíça
  Este artigo sobre um álbum de Enya é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.