Abrir menu principal
Watusi
Nome nativo Maria Alice Conceição
Nascimento 5 de junho de 1952 (67 anos)
Caramujo (Niterói)
Cidadania Brasil
Ocupação atriz, cantora

Watusi, nome artístico de Maria Alice Conceição (Niterói, 5 de junho de 1952) é uma atriz, intérprete, bailarina e cantora brasileira.[1]

Índice

BiografiaEditar

Descoberta pelo produtor Abrahão Medina, da TV Globo, em 1969, não demorou muito para que Watusi despontasse no meio artístico.

Tudo começou no final da década de 60 onde gravou seu primeiro compacto pela CBS Brasileira que abriu-lhe as portas e contrato na companhia Ballet Braziliana, viajando por toda Europa, Ásia e Estados Unidos, onde ficou de 1970 até 1976. Depois foi contratada pelo Ballet Victória de Barcelona de 1976 até 1978. Estrelou os musicais Poeira de Estrellas aqui e em New York. O diretor presidente do Moulin Rouge de Paris, Jacki Clerico e o coreógrafo Ruggero Angeletti não hesitaram em contratá-la e a Estrela Watusi ficou em cartaz no famoso “Frenesi 80” de 1978 até 1982.

A presença de palco é impressionante, mas o potencial vocal garantiu a internacional Watusi participar de um vídeo com George Hamilton comercializado em 1981 pela TV HBO americana, entre outros trabalhos semelhantes.

Considerada a vedete mais bem paga da Europa, ganhava US$ 25 mil por mês para cantar e dançar duas vezes por dia, sete dias por semana. Aclamada pelo público – atraía para a platéia gente de porte, como os atores Silvester Stallone e Raquel Welch, o músico Yves Montand, e chegou a dividir o palco com Gene Kelly e Ginger Rogers. Naquele época o Diário de Barcelona noticiou: “Se Watusi não existisse, teríamos de inventá-la” e na revista Paris Match: “É o mais jovem talento negro surgido nos últimos tempos em solo francês”.

A artista passou treze anos se apresentando em musicais pela Europa. Conheceu milionários, sheiks e atores hollywoodianos, com quem se comunicava em inglês, francês, espanhol, italiano ou alemão.

No início da década de 80, retorna ao Brasil para o espetáculo “Simplesmente Watusi”, na famosa casa noturna “Beco” onde foi sucesso de público e crítica. Em 1983, fez o show “Watusi” no velho Galeão. Em 1983, Chico Recarey inaugura a maior casa de espetáculos da América Latina com o show “Golden Rio” com Watusi e Grande Otelo, dirigidos por Maurício Sherman, ficando em cartaz até 1987. Em 1986, ganha o prêmio por ser uma das 10 mulheres mais importantes da TV Brasileira, juntamente com Sonia Braga, realizado pela extinta TV Manchete.

Mais tarde, depois de uma temporada de doze anos (1983 a 1995) no Scala, a casa de espetáculos carioca de Chico Recarey, na qual trabalhou 1.500 dias sem folga, a vedete nunca mais pisou nos palcos.

Em 1993 grava um single independente de Bolero. A partir disso, é contratada da Som Livre para gravar um disco chamado “Watusi - Por causa de você” com músicas clássicas com versões criada pelo consagrado Roger Henri, como por exemplo, Matriz e Filial. O sucesso foi tanto que 1995 a Som Livre lança disco com clássicos brasileiros e com arranjos do talentosíssimo maestro Jota Morais, com temática romântica e com vastos recursos vocais como podemos comprovar nas músicas Sou Feliz de Lourenço e Casinha Branca de Gilson/Joran etc

A fama da artista é internacional, mas a essência, talentos múltiplos e presença de palco são resquícios da mulher artista que abriu portas e comportas para um filão onde se impor, se fazer respeitar, se fazer entender e ser valorizada no Brasil e no Exterior começou também com esta extraordinária representante da música brasileira.

O codinome Watusi é inspirado numa tribo africana conhecida pela alta estatura. Certa vez afirmou para a revista Raça Brasil que teve um tórrido romance com Robert De Niro.

O último disco da Watusi lançado no Brasil foi intitulado (Por Causa de Você)[2] contém as seguintes músicas:

  • Brigas
  • Que Será?
  • Risque
  • Por Causa de Você
  • Privação de Sentidos
  • Último Desejo
  • Segredo
  • Matriz ou Filial
  • Questões Mal Resolvidas
  • Que Queres Tu de Mim
  • Tete a Tete
  • Nem eu

Atualmente a cantora Watusi voltou aos palcos Brasileiros pela batuta dos jornalistas Rodrigo Zampronni e André Auler seus produtores e empresários. Shows no teatro Net Rio e Teatro Municipal de Niteroi,entram para a trajetória da Watusi por obterem sucesso de crítica e público lotando os teatros por onde passam com o show #Watusi 50 anos em comemoracao ao meio século de carreira da artista fama internacional

CondecoraçõesEditar

  • Medalha de Recompensa à Mulher na Maçonaria Fluminense [3]

Ver tambémEditar

Referências

Ligações externasEditar