Abrir menu principal

What Ever Happened to Baby Jane?

filme de 1962 dirigido por Robert Aldrich
What Ever Happened to Baby Jane?
Que Teria Acontecido a Baby Jane?[1] (PRT)
O Que Terá Acontecido a Baby Jane?[2] (BRA)
 Estados Unidos
1962 •  p&b •  133 min 
Direção Robert Aldrich
Produção Robert Aldrich
Roteiro Lukas Heller
Baseado em What Ever Happened to Baby Jane?
de Henry Farrell
Elenco Bette Davis
Joan Crawford
Victor Buono
Gênero Drama
Suspense
Música Frank DeVol
Cinematografia Ernest Haller
Edição Seven Arts Productions
Distribuição Warner Bros. Pictures
Lançamento Estados Unidos 31 de outubro de 1962
Brasil 11 de junho de 1964[2]
Idioma inglês
Orçamento US$ 1 milhão
Receita US$ 9.5 milhões[3][4]
Página no IMDb (em inglês)

What Ever Happened to Baby Jane? é um filme norte-americano de 1962 dirigido por Robert Aldrich, baseado no livro homônimo de Henry Farrell.[2]

O filme fez um sucesso estrondoso, e consequentemente, uma grande bilheteria, tendo arrecadado mais de 4 milhões de dólares somente na América do Norte, e cerca de 9.5 milhões de dólares mundialmente.

Índice

SinopseEditar

Bette Davis é Jane Hudson, uma artista que alcançou a fama quando menina e ficou conhecida como "Baby Jane". Agora envelhecida e distante do público há muitos anos, vive encerrada em uma mansão com sua irmã, Blanche Hudson (Joan Crawford) desde um acidente que selou a sorte de ambas, terminou a carreira brilhante de Blanche e acelerou a decadência geral de Jane. Disposta a brilhar nos palcos novamente, Jane volta à Baby Jane, passando por cima de tudo e de todos para atingir seu objetivo. A trama surpreende e mostra que, como sempre, as aparências enganam: afinal, o que terá acontecido a Baby Jane?

ElencoEditar

 
Bette Davis e Joan Crawford numa cena do filme

Prêmios e indicaçõesEditar

Oscar (1963)

- melhor ator coadjuvante (Victor Buono)[carece de fontes?]
- melhor atriz (Bette Davis)[carece de fontes?]
- melhor fotografia em branco-e-preto (Ernest Haller)[carece de fontes?]
- melhor som[carece de fontes?]

BAFTA (1964)

  • Indicado na categoria melhor atriz estrangeira (Bette Davis e Joan Crawford)[carece de fontes?]

Festival de Cannes (1963)

Globo de Ouro (1963)

  • Indicado nas categorias:
- melhor atriz dramática (Bette Davis)[carece de fontes?]
- melhor ator coadjuvante (Victor Buono)[carece de fontes?]


  A Wikipédia tem os portais:

Referências