Abrir menu principal

When My Baby Smiles at Me

filme de 1948 dirigido por Walter Lang
When My Baby Smiles at Me
Quando o Amor Sorri[1] (BRA)
 Estados Unidos
1948 •  technicolor •  98 min 
Direção Walter Lang
Produção George Jessel
Roteiro Elizabeth Reinhardt
Lamar Trotti
George Manker Watters (peça)
Arthur Hopkins (peça)
Elenco Betty Grable
Dan Dailey
Jack Oakie
Gênero musical
Música Alfred Newman
Direção de fotografia Harry Jackson
Direção de arte Leland Fuller
Lyle R. Wheeler
Efeitos especiais Fred Sersen
Figurino René Hubert
Edição Barbara McLean
Companhia(s) produtora(s) 20th Century Fox
Distribuição 20th Century Fox
Lançamento Estados Unidos 10 de novembro de 1948
Portugal 27 de agosto de 1951
Idioma inglês
Página no IMDb (em inglês)

When My Baby Smiles at Me é um filme norte-americano de 1948, do gênero musical, dirigido por Walter Lang e estrelado por Betty Grable e Dan Dailey.

ProduçãoEditar

 
Capa da partitura da canção-título When My Baby Smiles at Me, registrada em 1920 pelos autores Bill Munro, Ted Lewis e Andrew B. Sterling. Naturalmente, ela é executada no filme.

O roteiro é baseado na peça Burlesque, grande sucesso da Broadway, onde foi apresentada de setembro de 1927 a julho de 1928 e, depois, do Natal de 1946 a janeiro de 1948.[2] Esta é a terceira adaptação da peça. As anteriores foram The Dance of Life (1929), sob a direção de John Cromwell e Swing High, Swing Low (1937), dirigido por Mitchell Leisen e com elenco encabeçado por Carole Lombard e Fred MacMurray.

A história leve faz com que se sobressaim a ambientação de vaudeville e os muitos números musicais,[3] inclusive o famoso coro nupcial da ópera Lohengrin, de Richard Wagner.

Dan Dailey recebeu uma indicação ao Oscar, a única de sua carreira. A trilha sonora de Alfred Newman também foi distinguida pela Academia.

Foi o último filme do ator de cinema mudo George O'Hara, que atuou em 87 filmes desde 1919, quando atuou para Mack Sennett. Fez uma pequena ponta, não-creditado, de ajudante de palco.[4]

SinopseEditar

Casal de uma companhia de vaudeville que atua no interior enfrenta problemas depois que o marido conquista a Broadway. Mas a fama o leva ao alcoolismo e sua esposa pede o divórcio para casar-se com um rancheiro. Um amigo tenta reconciliá-los.

PremiaçõesEditar

Patrocinador Prêmio Categoria Situação
Academia de Artes e
Ciências Cinematográficas
Oscar Melhor Ator (Dan Dailey)
Melhor Trilha Sonora
Indicado
Indicado
Writers Guild of America WGA Award Melhor Roteiro - Musical Indicado

ElencoEditar

Ator/Atriz Personagem
Betty Grable Bonny Kane
Dan Dailey Skid Johnson
Jack Oakie Bozo Evans
June Havoc Gussie Evans
Richard Arlen Harvey Howell
James Gleason Lefty Moore
George O'Hara Ajudante de palco (não-creditado)[4]

BibliografiaEditar

Referências

  1. Quando o Amor Sorri - CinePlayers (Brasil)
  2. «George Manker Watters (writer)». IBDB. Consultado em 28 de abril de 2014 
  3. THOMAS, Tony e SOLOMON, Aubrey, The Films of 20th Century-Fox, Secaucus: The Citadel Press, 1985 (em inglês)
  4. a b George O’Hara no IMDB

Ligações externasEditar