Abrir menu principal

Wikipédia:Humor/Panelinha

Mensagem de aprovação da Panelinha
Nota!
O Departamento de Diversão adverte:

Esta página contém material humorístico. Ela não tem a intenção, nem deve ser usada, para qualquer pesquisa ou uso sério.
Procura algo sério? Tente Wikipedia:Navegue.

Ilustração da tal "panelinha"

Estranhamente, quase todo novato e alguns wikipedistas experientes mais críticos, têm a impressão de uma tal — já famosa — "panelinha". Apesar de ser supostamente super influente e poderosa, ninguém se diz parte dela, e ninguém nunca a viu por aí. Dizem que é uma organização secreta, e outros acreditam que é simplesmente uma força do mal oculta que age na Wikipédia, desde a existência do primeiro burocrata e do primeiro administrador, como se fosse um "lado escuro da força".

A verdade é que, desse jeito que está, não dá mais para guardar segredo, e resolvemos revelar a todos!

Face-surprise.svg Face-surprise.svg Face-surprise.svg Oooohhh!

Eis a história contada de forma bem humorada:

O Livro do PrincípioEditar

Cap. I - O Parto

1.1. "E Jimbo deu a Luz"
1.2. No princípio,
tudo era muito calmo.
1.3. Nenhuma "briga", nenhum
desacordo, nem uma al-
ma sequer...
1.4. Uma imensidão de vazio.

Cap. II - Princípio Perfeito

2.1. E logo surgem os pri-
meiros editores,
denominados
WIKIPEDISTAS.
2.2. E, junto deles, os
primeiros artigos,
e os primeiros...
LINKS VERMELHOS
que eram aos poucos
transformados em
AZUIS  
2.3. "Um artigo por dia,
dá muita saúde e alegria"

Cap. III - Primeiros Conflitos

3.1. Junto dos editores, vieram as boas
ideias, e a visão de mundo
de cada um. 3.2. E cada um pen-
sa diferente, 3.3. e surgem os
pequenos conflitos
de interesses e de-
sejo pelo PODER.
3.4. Porém, poucos artigos, pouca gen-
te e espaço para todo mun-
do. Muito espaço...

Cap. IV - Primeira Hierarquia

4.1. E, logo, surgem os primeiros
vândalos, 4.2. e por isso os pri-
meiros administradores e
4.3. os temidos BUROCRATAS.
4.4. A ideia de poder bloquear
qualquer um, torna-se se-
dutora! 4.5. Imaginar bloquear al-
guém que não concordasse com
você ao invés de bloquear
vândalos, tornou-se obsessão!

Cap. V - Agravamento

5.1. Há uma lenda que diz que
se deveria ter pulado
do artigo 665 para o 667
5.2. Práticas malignas são cada vez
mais toleradas 5.3. e pior: viram obje-
tos de desejo.

Cap. VI - Famigerada Panelinha

6.1. Mais pessoas vão chegando...
6.2. Fica cada vez mais difícil che-
gar ao poder. Os que já estão,
dominam, e se organizam
cada vez mais. 6.3. Começam a
surgir partidos invisíveis e a
6.4. famigerada PANELINHA.

Cap. VII - Organização Secreta

7.1. Essa organização [a "panelinha"] começa a ter
mais poder e começa a ser
naturalmente reconhecida pelos
novatos. 7.2. Amada e desejada por
uns, invejada e odiada por outros.
7.3. Nasce a maior sociedade
oculta wikipedista, que mani-
pula e influencia, e funciona
bem mesmo sem sede oficial.

Cap. VIII - A Panelinha é o Poder

8.1. E a "panelinha" já é uma
"PANELONA".
8.2. E a panelinha, liderada por
administradores jurássicos, fica
cada vez mais maligna,
sempre com o pretexto de
"fazer o bem" ou "pelo
bem geral da comunidade"
8.3. e começa a cortar ca-
beças em público.
8.4. Com discurso extremamente
moralista, ultraconservador,
altamente retrógrado e
demagogo, fica cada vez mais
desejada e respeitada por todos.
8.5. Até mesmo porque é melhor
abaixar a cabeça, fingir-se de
cego, que enfrentar o exército.

Cap. IX - Estagnação

9.1. Os novatos aderem, tole-
ram ou então têm suas
cabeças cortadas e cuspidas
em público. 9.2. Ai de quem
questionasse! Seria eternamente
jurado de perseguição.
9.3. Alguns novatos morreram, ou-
tros foram abafados, outros bani-
dos e os mais valentes eterna-
mente boicotados. 9.4. Novatos
passam a ser inimigos e odiados
por causa disso. 9.5. A política in-
terna para no tempo e a
Wɩkipédia vive a Idade Média.

Cap. X - Reviravoltas

10.1. Alguns membros antes cegos,
refletiram e passaram a ser
críticos, e alguns antigos críticos
se deixaram seduzir pela
panela.
10.2. E, graças à coragem de
alguns novatos malucos, de
muito sangue novo entrando
na comunidade, e de muitas
cabeças roladas, hoje a pane-
linha, apesar de influente, já
é questionada em público.
10.3. Mas ainda hoje ela é disputada, ape-
sar de mais fraca e dividida.

Cap. XI - A Dica Final

11.1. Se você é novato, aqui
vai a dica:
NÃO OUSE DESAFIAR A
"PANELINHA".

I Livro dos AdministradoresEditar

Cap. I - A Profecia do Armagedon

1.1.Palavras de Sysop,
filho de Bureaucrat
filho de Steward
filho do Jimbo, o Rei dos Reis:
1.2. E eis que Jimbo vem
com seus Stewards
no fim dos dias
a eliminar os IPs e usuários maus
e recompensar os bons editores.
1.3. Abandonai o vandalismo
Parai com as userboxes
E voltai-vos para meus artigos, diz Jimbo
Próximo está o Reino da Wikipédia.
1.3. Por que utilizam a Esplanada
O local Santo
Para vossas querelas? pergunta Jimbo
Eis que vos mandarei para a Desciclopédia.

Cap. II - A Origem da Maldição

2.1. Como castigo pelo mau comportamento,
pela traição das origens e pela criação
da panelinha,
2.2. uma força
maior que o próprio Jimbo caiu
de forma impetuosa sobre os administradores
e usuários experientes:
2.3. Conhecida como a maldição dos administradores,
eis a profecia: afastareis dos artigos e
vossa preocupação será apenas para questões
burocráticas e querelas pessoais.
2.4. Ficareis condenados a reverter artigos e fazer
pequenas correções.
2.5. E sereis odiados por todos os novatos
por toda a eternidade.

Cap. III - A Queda

2.1. E aconteceu,
que um dos sysops voltou-se para o lado troll
e houve guerra na Esplanada
entre os sysops e os partidários do sysop renegado
e o sysop foi destituído do seu cargo
2.2. e mudando seu nome
foi afastado das hostes celestiais
e a estrela caída foi lançada
às trevas abissais.

Ver tambémEditar