Abrir menu principal

Wikipédia:Pedidos/Revisão de ações administrativas/Proteção de Marcel van Hattem

Revisão da proteção de Marcel van HattemEditar

Olá. A página Marcel van Hattem foi protegida pelo Dario com a alegação de que ele estaria tentando evitar uma "provável" guerra de edições. Essa afirmação não é verdadeira, embora tenha que se analisar profundamente a edição para constatar que o conteúdo contestado era parcial e constituía de uma pesquisa inédita clara, usando inclusive como fonte o Facebook. Explico abaixo os motivos de que esta proteção está indevida porque as edições desrespeitam nossas regras, o que consequentemente não pode ser considerado uma guerra de edições, mas vandalismo leve.

  • Primeira frase adicionada: "O projeto casou polêmica e foi rejeitado por inúmeros professores que criaram páginas de protesto no facebook." Pesquisa inédita clara. A fonte indicada é a própria página do Facebook. Isso não serve como fonte nunca. "Foi criada por inúmeros professores [...]", quem atestou isso? A própria página? Uau, qualquer um falaria que a página foi criada por professores. Isso é uma estratégia de marketing bem básica.
  • Segunda frase: "O Escola Sem Partido foi acusado de ser fascista, por limitar a ação do professor a regras conservadoras e morais, sendo na prática o oposto que se propõem na visão dos seus críticos que o denominou "Escola com Partido" ou "Escola de Partido Único"." Outra pesquisa inédita. Foi acusado de ser fascista? Em nenhuma das duas fontes esta palavra sequer está escrita. Sem falar que uma opinião pessoal do prefeito petista de São Paulo não serve para referenciar artigos. É um conflito de interesses gritante.
  • Terceira frase: "O projeto foi sujeito a consulta popular pelo Portal e-Cidadania do Senado Federal, e em duas semanas de votação, bateu o recorde com mais de 360 mil opiniões consultadas com a maioria, 188 mil, sendo contra a proposta." Oi? O projeto colocado em votação foi o do senador Magno Malta, do Espírito Santo. Isso nada tem a ver com o projeto proposto por Marcel, que é um deputado estadual.

Para piorar, a página foi protegida por uma semana, fazendo com que o artigo continue sem as devidas alterações que impedem que o mesmo fique imparcial. Caso alguém considerar que havia uma guerra de edições, gostaria que explicassem desde quando a inclusão de pesquisa inédita constitui uma guerra de edições. Obrigado! Érico (fale) 02h58min de 21 de agosto de 2016 (UTC)

ComentáriosEditar

A pagina já estava protegida pelo nosso colega @Mjunii: por um período de 60 dias, como pode se notar aqui [1], e a proteção iria durar até 14 de setembro de 2016, eu só diminui o prazo da duração da proteção e aumentei o do nível do editor ... Como citei o artigo já se encontrava protegido anteriormente eu só dei um tempo para que outros editores explicassem os motivos de suas edições sem "poluírem" o histórico da pagina com as mesmas edições que estavam sendo canceladas e o que poderia levar ao bloqueio de algum editor ... A WP:GE cita "Os administradores devem estar atentos para identificar as guerras de edições e tomar uma decisão que arrefeça as disputas." ... DARIO SEVERI (discussão) 03h53min de 21 de agosto de 2016 (UTC)

Porque você continua citando WP:GE? Aquilo não era uma guerra de edições. Logo, R3R jamais se aplicaria neste caso. A não ser que apaguem da regra a parte que diz que pesquisa inédita e edições parciais não são consideradas uma GE. Érico (fale) 03h56min de 21 de agosto de 2016 (UTC)
Érico, você foi o último editor a editar o artigo antes da minha proteção eu penso que você o tenha colocado com o texto correto, por isso fiz a proteção para conserva-lo no texto anterior as modificações, em todo caso já desfiz a minha proteção e recoloquei a proteção que existia anteriormente feita por outro Sysop. DARIO SEVERI (discussão) 04h03min de 21 de agosto de 2016 (UTC)

Avaliação dos demais usuários com estatuto equivalenteEditar

ConclusãoEditar

Encerrado o prazo de sete dias nenhum administrador ou usuário com estatuto equivalente se manifestou. Encerro o pedido como inconclusivo. Outrora, o próprio usuário responsável pela ação administrativa contestada desfez a própria ação. Conde Dantès. msg 01h24min de 29 de agosto de 2016 (UTC)