Wikipédia:Romanização

Diagrama de Venn organizando os alfabetos grego, latino e cirílico.

A romanização é a conversão para o alfabeto latino de um texto em uma língua tradicionalmente escrita em outro sistema de escrita.[1] Neste ensaio, compilam-se indicações gerais para a aplicação deste processo na Wikipédia em português, baseadas em sistemas convencionais e na experiência do projeto como um todo.

Formas de romanizaçãoEditar

Perceba-se que há três maneiras de representar-se através do alfabeto latino palavras e expressões procedentes de uma língua com outro sistema de escrita: a transliteração, a transcrição e a tradução.

TransliteraçãoEditar

A transliteração é a conversão dinâmica de caracteres de um sistema de escrita para outro, resultando em correspondente sistemático, geralmente preservando as arbitrariedades e irregularidades da ortografia original.[2][3] Transliterações precisas são recomendáveis para a apresentação de um novo termo ao lado de sua equivalente no sistema de escrita original, assim como em artigos tratando especificamente das tecnicalidades de um idioma.

TranscriçãoEditar

A transcrição fonética é a conversão formal de texto de um sistema de escrita para um idioma, dependendo de uma interpretação do texto transcrito segundo uma série de convenções que governam a interpretação do idioma, resultando em legibilidade fonética razoável.[2][4] Transcrições são, de forma geral, recomendáveis para o uso corrente de um termo proveniente de uma língua estrangeira.

TraduçãoEditar

A tradução é a comunicação de um significado expressado em uma língua-fonte estrangeira através de uma língua-alvo.[5] Segundo a convenção de nomenclatura da Wikipédia, a tradução deve ser reservada a antropônimos e topônimos baseados em fontes lexicográficas, linguísticas e/ou acadêmicas fiáveis e tenham uso considerável em alguma das versões da língua portuguesa, de forma que a transcrição não será necessária para expressá-los, a exemplo de Moscou (pt-BR) ou Moscovo (pt-PT) (não Moskva) e Confúcio (não Kong Fuzi).

IdiomasEditar

Correntemente, temos os seguintes sistemas de romanização disponíveis ou em construção:

Referências

  1. «Romanize». Dictionary.com (em inglês). Consultado em 27 de abril de 2018. Cópia arquivada em 13 de agosto de 2017 
  2. a b «Transcription and Transliteration». Stefan Trost Media (em inglês). Consultado em 21 de abril de 2018. Cópia arquivada em 23 de dezembro de 2017 
  3. «Unicode Transliteration Guidelines». CLDR - Unicode Common Locale Data Repository (em inglês). Consultado em 21 de abril de 2018. Cópia arquivada em 15 de setembro de 2017 
  4. Cagliari, Luiz Carlos (1981). Elementos de Fonética do Português Brasileiro (PDF) (Tese de Livre-Docência). Campinas (SP): Universidade Estadual de Campinas. p. 121. Consultado em 26 de abril de 2018. Cópia arquivada (PDF) em 27 de abril de 2018 
  5. Bhatia, Namit (1992). Tom McArthur, ed. The Oxford Companion to the English Language. Oxford: Oxford University Press. pp. 1051–1054. ISBN 9780192141835