Wikipédia:Romanização/Ucraniano

Capa de Ruskoje wesile', livro de 1835 em ucraniano no alfabeto latino, com sistema de escrita baseada no polonês. No sistema aqui utilizado, seria escrito Russkoie vesille.

Com o passar do tempo, as Wikipédias em idiomas de alfabeto latino passaram a desenvolver suas próprias formas de romanizar a língua russa, de forma que a Wikipédia em inglês mesmo oficializou seu próprio método, modificando sutilmente o sistema BGN/PCGN, publicado pelo Departamento do Interior dos Estados Unidos em 1944 e ratificado pelo Reino Unido em 1947, amplamente popularizado por sua precisão e familiaridade.[1][nota 1] Na Wikipédia em português, com base na iniciativa anglófona e em peculiaridades das transcrições tradicionalmente lusófonas de termos russos (tanto na literatura geral como na Wikipédia), foi desenvolvido um sistema próprio de transliteração do russo.[nota 2]

Com base neste, aqui se desenvolve um sistema semelhante para a língua ucraniana, baseado no modelo desenvolvido para o russo, mas respeitando as particularidades do ucraniano. O sistema aqui explicado foi convencionado pela comunidade em 2018.[nota 3]

SistemaEditar

Este sistema é baseado no desenvolvido para a romanização do russo, a fim de criar semelhança devida, respeitando as particularidades da língua ucraniana:[2]

Ucraniano Romanização
А (а) A (a)
Б (б) B (b)
В (в) V (v)
Г (г) H (h)
Ґ (ґ) G (g)
Д (д) D (d)
E (e) E (e)
Є (є) Ie (ie)
Ж (ж) J (j)
З (з) Z (z)
И (и) Y (y)
І (і) I (i)
Ї (ї) Ii (ii)
Й (й) I (i)[nota 4]
К (к) K (k)[nota 5]
Л (л) L (l)
М (м) M (m)
Н (н) N (n)
О (о) O (o)
П (п) P (p)
Р (р) R (r)
С (с) S (s)[nota 5]
Т (т) T (t)
У (у) U (u)
Ф (ф) F (f)
Х (х) Kh (kh)
Ц (ц) Ts (ts)
Ч (ч) Tch (tch)
Ш (ш) Sh (sh)
Щ (щ) Shtch (shtch)
Ь (ь) Omitida.
Ю (ю) Iu (iu)[nota 6]
Я (я) Ia (ia)[nota 7]
' Omitida.

AcentuaçãoEditar

Visto que o ucraniano tem tônica geralmente imprevisível, o acento tônico (знак на́голосу; romaniz.: znak náholosu), idêntico ao acento agudo ainda pode ser encontrado em enciclopédias, dicionários, obras linguísticas e textos para estudantes estrangeiros do idioma, como no russo, a fim de indicar a sílaba tônica correta em palavras que de outra forma transmitiriam ambiguidade, mas, diferentemente do russo, pode ser encontrado em textos corriqueiros para a especificação de palavra ambígua.[3] Desta forma, uma transliteração direta de uma expressão acentuada em cirílico na introdução de uma página deve carregar acento, mas o mesmo é dispensável caso a expressão original não esteja acentuada, e o acento não deve ser repetido no corpo do texto, exceto em artigos tratando da própria língua ucraniana.

Notas

  1. Para o sistema desenvolvido colaborativamente pela Wikipédia em inglês para transliterar o russo, ver Wikipedia romanization of Russian.
  2. O ISO 9, sistema científico e reversível generalista do alfabeto cirílico, foi convencionado em Wikipédia:Esplanada/propostas/Padrão de transliteração do cirílico (18out2017), mas impugnado em favor de um sistema mais estético, intuitivo e legível em Wikipédia:Esplanada/propostas/Transliteração do russo (23abr2018), este podendo ser consultado aqui.
  3. Aprovado em Wikipédia:Esplanada/propostas/Transliteração do russo (23abr2018).
  4. Exceto nas terminações -ий e -iй, quando é omitido. A exceção da exceção está no uso de -iй para nomes de origem não eslava.
  5. a b Exceto na sequência кс correspondente ao latim ou grego "x/ξ", transliterada como "x".
  6. Exceto após i, quando é escrito simplesmente como u.
  7. Exceto após i, quando é escrito simplesmente como a.

Referências

BibliografiaEditar