Abrir menu principal

Wikipédia Discussão:Políticas e recomendações

Depois vale a pena dar uma olhada em en:Wikipedia:Policies and guidelines e tirar alguma coisa boa de lá. abraço! --FML IconSP.jpg oi 22:27, 17 Agosto 2005 (UTC) Favor adicionar: {{Wikipedia|Wikipedia:Políticas da Wikipédia lusófona}} {{Wikcionário|Wikcionário:Políticas}} {{Wikisource|Wikisource:Políticas e orientações}} {{Wikibooks|Wikibooks:Políticas}}

Índice

Proposta de separaçãoEditar

Os artigos informativos e os ensaios não são políticas da wikipédia. No primeiro caso, têm como objectivo informar, no segundo caso podem ser iniciativas meramente individuais ou de um grupo de colaboradores. Assim, se ninguém tiver nada a opor, movimentarei esses dois elementos para uma nova secção intitulada Ver também. Essa alteração tem a vantagem de evitar equívocos quando esta página for citada por outras políticas (que poderão, por exemplo, dizer que tudo o que está em Wikipedia:Políticas da Wikipédia lusófona é para ser encarado de determinada forma ou de outra). Ozalid (discussão) 00h27min de 21 de Maio de 2008 (UTC)

Revisão do artigo pelas normas do Acordo Ortográfico de 1990Editar

Em conformidade com a deliberação da comunidade, segundo a qual, a partir do primeiro dia de 2009, as normas do Acordo Ortográfico de 1990 devem passar a ser utilizadas nas páginas oficiais da WP-pt — menus, políticas, recomendações, resolução de problemas, guias de ajuda, FAQ e glossário —, assim como na página principal e nos títulos de todos os artigos, procedi à devida revisão ortográfica deste artigo. Cumprimentos e votos de Bom Ano de 2009, Manuel de Sousa (discussão) 13h15min de 1 de Janeiro de 2009 (UTC)

Mudança do título do artigoEditar

O Wikipedia:Princípio da imparcialidade deveria começar por esta página onde o título deveria ser Wikipedia:Políticas e diretrizes ou Wikipedia:Políticas e orientações de toda a Wikipedia desde a sua fundação. Não tem nada de lusofona no título das políticas. Dá para alguém corrigir isso? Jurema Oliveira (discussão) 01h02min de 19 de junho de 2009 (UTC)

Mudei o título redundante para Wikipedia:Políticas e orientações, se alguém não concordar é só me escrever. Jurema Oliveira (discussão) 14h35min de 3 de julho de 2009 (UTC)

Pois é Manuel mas parece que alguém que não está ajudando a organizar desfez a minha mudança. Jurema Oliveira (discussão) 16h13min de 3 de julho de 2009 (UTC)
  Discordo da alteração do título. Como assim "não tem nada de lusofona no título das políticas"? As políticas são ou não são da Wikipédia lusófona? Filipe Ribeiro Msg 16h23min de 3 de julho de 2009 (UTC)
  Discordo. No meu ver corrida de amok da usuária + WP:POINT enwiki. --Gunnex msg contrib 16h32min de 3 de julho de 2009 (UTC)

Caro Filipe, as políticas não são exclusivas de uma wikipedia específica, as políticas são da Wikipedia no geral (todas) desde a sua criação, o título deveria ter sido traduzido corretamente assim como todo o texto da página. Jurema Oliveira (discussão) 16h29min de 3 de julho de 2009 (UTC)

  Discordo disso também. Exceto pelos Cinco pilares e pelos princípios fundadores da Wikimedia, todas as políticas e recomendações são decididas internamente, ainda que sejam inspiradas em políticas de outras wikipédias. São, portanto, da Wikipédia lusófona. Filipe Ribeiro Msg 16h35min de 3 de julho de 2009 (UTC)

Agora me diga uma coisa, uma página que está escrita inteiramente em português é o que? Da wikipedia alemã? da Wikipedia chinesa? Hora pois só pode ser da lusofona e nenhuma outra concorda, é essa a redundância que eu estou apontando. Jurema Oliveira (discussão) 16h39min de 3 de julho de 2009 (UTC)

Agora você deu o primeiro argumento coerente para mudar o título. Sendo apenas por conta da redundância, é um caso a se pensar. Mas tem que discutir primeiro. Filipe Ribeiro Msg 16h50min de 3 de julho de 2009 (UTC)

Eu coloquei a primeira mensagem no dia 19 do mês de junho e ninguém respondeu, hoje dia 3 achei que como ninguém respondeu não tinha ninguém contra, só depois que eu mudei é que apareceu o Manuel que concordou com a mudança e o Gunnex que desfez a minha mudança sem falar comigo antes. Eu tentei discutir primeiro. Jurema Oliveira (discussão) 16h56min de 3 de julho de 2009 (UTC)

Jurema, um grande WP:POINT para você. Participe num curso de comunicação e discussão, antes de efetuar mudanças da sua cabeça. Repito, como já disse em Usuário Discussão:Jurema Oliveira#Jurema Oliveira --> silêncio não é consenso! --Gunnex msg contrib 17h26min de 3 de julho de 2009 (UTC)
Jurema, não lembro de você ter anunciado essa proposta em algum lugar com maior visibilidade, mas, enfim, posso estar enganado. Silêncio não significa consenso, e acho que esse tema tem que ser bastante discutido antes de qualquer decisão ser tomada. Gunnex, calma, por favor. Filipe Ribeiro Msg 17h28min de 3 de julho de 2009 (UTC)
Paciência esgotada em relação ao este usuário pelos próximos dias. Não é a primeira vez... a calma perdeu-se no histórico da "relação" com o usuário. Mesmo assim: vou dar um jeito. Obrigado.--Gunnex msg contrib 17h51min de 3 de julho de 2009 (UTC)
Meus caros, "lusófona" aqui é redundante. Tudo o que está dentro da pt.wiki é "Wikipédia lusófona". Se forem aos interlinks da página verão que as políticas da de.wiki são Wikipedia:Richtlinien, as da en.wiki são Wikipedia:Policies and guidelines, as da es.wiki são Wikipedia:Políticas, as da fr.wiki são Wikipédia:Règles. Então e porque é que a nossa tem que dizer obigatoriamente Wikipedia:Políticas da Wikipédia lusófona? Podem me explicar? Não faz sentido! Um abraço, Manuel de Sousa (discussão) 22h18min de 3 de julho de 2009 (UTC)
Citação: Manuel de Souza escreveu: «(...) podia explicar na página de discussão porque razão não concorda que se altere Wikipedia:Políticas da Wikipédia lusófona para Wikipedia:Políticas e orientações? (...)» 1. 1. Primeiramente, só reverti a moção não consensual. 2. Pela tradução literal da enwiki (como sempre...) e 3. Guidelines na ptwiki não são orientações mas sim recomendações... Portanto, existe potencial suficiente para eventual discutir um eventual novo título de uma das mais básicas páginas da Wikipédia...--Gunnex msg contrib 19h29min de 5 de julho de 2009 (UTC)

Caro Gunnex, obrigado pelo seu comentário. Creio que, no caso em apreço, há duas questões diferentes a analisar:

  1. Será mesmo necessária a referência específica à Wikipédia lusófona no título deste artigo?
  2. A simples designação Políticas será suficientemente abrangente para definir um conjunto de diversas regras da Wikipédia?

Começando pelo 1.º ponto, eu responderei que não. Como já expus acima, até onde me foi dado perceber através dos interlinks do artigo Wikipedia:Políticas da Wikipédia lusófona, em nenhuma outra Wikipédia este artigo tem título semelhante. E não me refero apenas à en.wiki. Na es.wiki, por exemplo, o artigo chama-se Wikipedia:Políticas e não Wikipedia:Políticas de la Wikipedia en español e na fr.wiki chama-se Wikipédia:Règles e não Wikipédia:Règles de la Wikipédia francophone, etc. Assim sendo, parece-me de todo desnecessária, por redundante, a referência a Wikipedia:Políticas da Wikipédia lusófona.

Passando agora ao ponto 2, respondo também que não. Se este artigo, ao contrário do de outras Wikipédias, não dá aceso exclusivo às políticas oficiais, mas é a porta de entrada para um conjunto alargado de documentos que inclui os Cinco Pilares, as políticas oficiais, as recomendações, certos artigos informativos e ainda ensaios, parece redutor intitulá-lo apenas de Políticas. Dando uma espreitadela ao que fazem outras Wikipédias onde esta página também dá acesso a vários documentos de referência diferentes (esquecendo a en.wiki), vemos que, por exemplo, a catalã chama ao artigo Viquipèdia:Política i normes; a interlíngua Wikipedia:Politicas e directivas; a italiana Wikipedia:Raccomandazioni e linee guida. Assim sendo, parece-me que faz todo o sentido que este artigo tenha uma designação mais ampla, pelo que o título Wikipedia:Políticas e orientações, proposto pela Jurema, me pareça bem mais apropriado do que o título presente. Em alternativa, acho que o título Wikipedia:Regras gerais também seria aceitável.

Gostava que comentasse esta minha argumentação. Obrigado, Manuel de Sousa (discussão) 21h46min de 5 de julho de 2009 (UTC)

Peço que dirije as suas palavras à comunidade e não a mim. Como já disse diversas vezes, reverti a moção porque não cabe a 1 (-2) usuário(s) decidir no segredo sobre a mudança de um título de - repetindo de novo - uma das páginas fundamentais da Wikipédia, independemente da lógico de especificar o aspecto lusófono no título. Evitei o negrito aqui, mas se é preciso, voltarei aqui para deixar isto mais ainda claro.... Repito de novo também: Na ptwiki não é usado históricamente orientações --> é usado recomendações. Derivando disso, o título poderia ser Wikipedia:Políticas e recomendações. Se é este título que a comunidade deseja adaptar, tudo bem. Preferia este título se houver consenso em mudar o títuloevitando de novo o negrito porque não vejo o raciocínio de introduzir uma nova palavra (orientações) que eventualmente diz algo que seria a mesma coisa já dita antes, mas com eventual outro contexto porque qualitativamente uma orientação não é uma recomendação, sendo que as recomendações atuais foram elaboradas no sentido de recomendar algo e não de orientar alguém. Alias, até o usuário Jurema Oliveira D​ C​ E​ F sugeriu o título Wikipedia:Políticas e recomendações aqui. 6 dias mais tarde mudou a idéia para Wikipedia:Políticas e orientações. Isto já demonstra a instabilidade intelectual do usuário nesta temática.--Gunnex msg contrib 23h36min de 5 de julho de 2009 (UTC)

Por mim tudo bem que seja Política e recomendações.Jurema Oliveira (discussão) 03h17min de 6 de julho de 2009 (UTC)

Quer isto dizer que há consenso no título Wikipedia:Políticas e recomendações? Cumprimentos, Manuel de Sousa (discussão) 10h34min de 6 de julho de 2009 (UTC)
Estou forçado a usar negrito porque o pessoal aqui lê o que quer ler. Ver também acima. Um eventual "consenso de um novo título" é redundante e irrelevante se não houver consenso sobre a mudança do título. Sugiro abrir um tópico especial e chamativo na WP:EG para alcançar suporte para 1. a mudança de título e 2. para um eventual novo título.--Gunnex msg contrib 11h48min de 6 de julho de 2009 (UTC)
Ok, vou tratar disso. Obrigado pelo negrito esclarecedor!   Manuel de Sousa (discussão) 13h20min de 6 de julho de 2009 (UTC)
Ver Wikipedia:Esplanada/propostas#Wikipedia:Políticas da Wikipédia lusófona.--Gunnex msg contrib 14h36min de 8 de julho de 2009 (UTC)

Que fim levou a discussão do link acima? Jurema Oliveira (discussão) 20h49min de 13 de setembro de 2009 (UTC)

Como já faz três meses e ninguém disse mais nada, quero saber como ficou este título, vai ser mudado quando, uma vez que já houve consenso Wikipedia:Esplanada/propostas/Wikipedia:Políticas da Wikipédia lusófona (6jul2009) alguém poderia fazer a gentileza de mudar para que eu possa continuar o que parei de fazer a três meses atrás? Gostaria de saber também se este título Wikipedia:Portal guidelines também vai ser de recomendações? e a Categoria:Wikipedia guidelines vai ficar como? Será que tem algum filho de Deus para resolver esta empatação? Jurema Oliveira (discussão) 01h58min de 13 de outubro de 2009 (UTC)

Jurema, foi aberta uma votação na EG, como recomendado pelo Gunnex acima e, pelo que resulta da votação aqui (6 votos a favor, 1 voto contra), creio que foi aprovada a proposta de mudança do título do artigo Wikipedia:Políticas da Wikipédia lusófona para Wikipedia:Políticas e recomendações. Um abraço, Manuel de Sousa (discussão) 10h48min de 13 de outubro de 2009 (UTC)
Olá Manuel, é eu vi o resultado só preciso que um administrador por gentileza faça a moção desse título e dos outros provenientes da palavra guidelines para encerrar este assunto de vez. Jurema Oliveira (discussão) 14h57min de 13 de outubro de 2009 (UTC)
Infelizmente não a posso ajudar porque, como saberá, fui desnomeado da função de administrador. Manuel de Sousa (discussão) 15h45min de 13 de outubro de 2009 (UTC)

Olá, tem algum administrador que não foi desnomeado por aí? Jurema Oliveira (discussão) 16h20min de 13 de outubro de 2009 (UTC)

Já que todos estão ocupadõs estou fazendo a moção da página. Jurema Oliveira (discussão) 21h31min de 13 de outubro de 2009 (UTC)

Definição de políticas, recomendações e artigos informativosEditar

No decorrer da discussão na Esplanada Wikipédia:Esplanada/propostas/Renomear Recomendações para Normas ou similar (17fev2011), foi mostrado que não há nesta página uma definição clara do que diferencia as políticas das recomendações, pelo que proponho tentarmos chegar aqui a essa definição. Repito assim o que disse lá como ponto de partida: Sobre a definição de Política versus recomendação, concordo que o texto em Wikipédia:Políticas e recomendações deve ser expandido e melhorado para definir as diferenças. Podemos também percorrer a lista de políticas e recomendações posteriormente ou ao mesmo tempo para verificar se conseguimos concordar o que é uma coisa ou outra, independentemente da taxonomia actual. Podemos discutir isso num tópico à parte, ou usar já esta página para o fazer. A Wikipédia anglófona define políticas e recomendações assim: "Policies explain and describe standards that all users should normally follow, while guidelines are meant to outline best practices for following those standards in specific contexts. Policies and guidelines should always be applied using reason and common sense." (Tradução: Políticas explicam e descrevem padrões que todos os usuários devem normalmente seguir, enquanto que recomendações pretendem delinear melhores práticas para seguir esses padrões em contextos específicos. Políticas e recomendações devem ser aplicadas usando a razão e senso comum.) A Wikipédia em espanhol tem uma definição similar: "Las políticas tienen amplia aceptación entre los editores y describen estándares que todos los usuarios deben normalmente seguir. Están a menudo estrechamente relacionadas con los cinco pilares de Wikipedia. Todas las páginas de políticas están en la Categoría:Wikipedia:Políticas. Las convenciones son fundamentalmente para aconsejar sobre las buenas prácticas de edición y sobre cómo aplicar políticas bajo circunstancias específicas. Cuando una convención parece contradecir una política, la política tiene prioridad. Las páginas de convenciones pueden encontrarse bajo la Categoría:Wikipedia:Convenciones." Estabelece também que as políticas têm prioridade quando uma recomendação está em aparente (ou não) contradição com a política. Por exemplo, as normas de conduta definem melhores práticas no relacionamento com os outros (recomendação), mas civilidade deveria ser uma política (mas é ainda um ensaio inacabado) pois é um padrão que todos devem seguir, da mesma forma que WP:NFAP o é. Acrescento também a necessidade de se definir o que são artigos informativos, que são páginas que informam sobre procedimentos adoptados pela comunidade. GoEThe (discussão) 11h13min de 23 de fevereiro de 2011 (UTC)

  Concordo com tudo o que o Goethe falou. Concordo inclusive com sua tradução informal. Concordo também com a necessidade de definir melhor outras páginas normativas. Acrescento apenas a necessidade de (após esta discussão) verificarmos com toda a comunidade quais políticas e recomendações devem continuar sendo o que são e quais devem mudar de classificação (pois há muitas políticas que poderiam ser recomendações e vice-versa, enquanto há outras que há muito são rejeitadas pela comunidade e deveriam obrigatoriamente passar por nova discussão antes de ser confirmada como política ou recomendação). Adendo: prefiro trocar a expressão "senso comum" por "bom senso". Kleiner msg 11h23min de 23 de fevereiro de 2011 (UTC)

Sim, bom senso é melhor. Senso comum nem sempre é bom senso. E concordo com essa revisão das políticas. GoEThe (discussão) 11h29min de 23 de fevereiro de 2011 (UTC)

  Concordo com a proposta e com a tradução sugerida pelo Goethe. No entanto, continuo a achar que o nome "recomendações" deve ser mudado e estou longe de estar sozinho. Quanto à sugestão do Kleiner, concordo com a ideia em abstrato, mas se o que se sugere é, na prática, referendar novamente todas as políticas e recomendações,   Discordo em absoluto porque aí ficaríamos com um vazio semelhante ao que temos hoje com burocratas e afins, mas talvez pior, porque se já agora o argumento, tão caro ao Kleiner, de argumentar que esta ou aquela regra «são rejeitadas pela comunidade» serve para todo o tipo de atropelos, a situação vai ser bem pior enquanto estiver a ser feita a revisão, que certamente que vai durar muitos meses e em muitos casos haverá impasse. Qualquer um pode propor mudanças nas políticas ou recomendações ou (de certa forma não menos importantes) páginas de ajuda e documentação, mas isso deve ser feito concretamente e não no abstrato "vamos rever tudo...". --Stegop (discussão) 17h46min de 23 de fevereiro de 2011 (UTC)

Você não entendeu a minha proposta adicional. Não propus deixar a Wikipédia sem políticas. Sugeri que, de forma minimamente organizada, a comunidade analisasse a redação atual de todas as políticas (de pouco em pouco para que todos possam participar sem pressa) e alterasse a classificação atual para a mais adequada à medida que for sendo atingido consenso em cada revisão. Não é necessário "tirar o estatuto" de política ou recomendação das páginas, mas verificar se cada uma delas merece permanecer sendo o que são hoje. Quanto ao suposto argumento que me seja caro, é falso, uma vez que jamais argumentei isso em canto algum. Uma regra rejeitada pela comunidade pode continuar sendo ignorada apenas quando e enquanto ela for ruim para o projeto. Este é o quinto pilar. Até que os cinco pilares passem também por revisão editorial, isso não é nem mesmo passível de contestação, por estar escrito tão claramente e ser tão bem aceito por (quase) todos no projeto. A rejeição da comunidade a uma política jamais justificará "atropelos" que venham a prejudicar, por exemplo, o ambiente de colaboração mútua que permeia o projeto. Se algum dia pensou que eu argumentei algo contrário a isso, esatva enganado e agora está esclarecido. Se quiser continuar a discussão deste assunto específico, convido-o à minha página de discussão, para nós não tirarmos o foco deste tópico. Kleiner msg 18h20min de 23 de fevereiro de 2011 (UTC)
  • Goethe, aqui se inicia uma razoável caminhada... __ Observatoremsg 05h30min de 12 de março de 2011 (UTC)

  Concordo com Goethe e com a revisão geral das atuais políticas e recomendações. De notar que essa revisão nã é em bloco, é gradual, incremental, tal como acontece com os artigos do domínio principal. Julgo ser necessári o ir mais além na tradução do texto na Wiki em inglês. Em particular, parece-me importante traduzir também pelo menos as secções "Role", "Adherence" e "Enforcement". Peço sugestões sobre o método:

  1. adicionar aqui um tópico por cada secção com a proposta de tradução;
  2. criar uma subpágina Wikipédia Discussão:Políticas e recomendações/proposta para editar colaborativamente até chegar a consenso? DReispt msg 09h57min de 12 de março de 2011 (UTC)
PS:pensando melhor no assunto, fico mais inclinado para 2); as propostas de alteração mais significativas podem sempre ser colocadas aqui acompanhadas por uma ligação para o diff, o que me parece ser mais rápido e simples. DReispt msg 13h19min de 12 de março de 2011 (UTC)

Eliminar a diferença entre políticas e recomendações

Políticas oficiais são políticas primárias da Wikipédia Lusófona. Recomendações são políticas desenvolvidas pela experiência da própria comunidade. Estes textos representam a opinião da comunidade e devem ser respeitados.
 

De acordo com o texto, sub-entende-se que as políticas seriam anteriores à própria Wikipédia - portanto, imutáveis - e as recomendações viriam a posterior. Mas na prática não é assim, pois as políticas, tal qual as recomendações, são mutáveis, podem ser criadas ou modificadas por consenso ou votação a qualquer momento e o processo para tal segue basicamente o que é descrito em WP:Status quo#recomendações e políticas. O que realmente é imutável a nível local são os pilares.

A diferenciação entre políticas e recomendações mais causa confusão do que esclarecimento, como se houvesse uma hierarquia entre uma e outra, mas são todas regras, aprovadas do mesmo modo.

Minha proposta é bem simples e fácil de perceber: proponho o fim da diferenciação entre políticas e recomendações. Que seja abolida a designação recomendações, e se mantenha a designação políticas, ou que esta última seja abolida também, e ambas substituídas por "regras", pois é isto que são, regras oficiais - ao contrário dos ensaios. Madalena (discussão) 17h21min de 7 de fevereiro de 2013 (UTC)

Ver também: Wikipédia:Esplanada/propostas/Renomear Recomendações para Normas ou similar (17fev2011) e Wikipédia Discussão:Políticas e recomendações#Definição de políticas, recomendações e artigos informativos. Rjclaudio msg 17h50min de 7 de fevereiro de 2013 (UTC)
A diferença entre ambas é necessária para quê, ao haver conflito entre os textos, saiba-se qual considerar. Se uma política conflita com um pilar, considera-se o pilar somente; se uma recomendação conflita com uma política, considera-se a política. O quê você quer é fazer a recomendação WP:APDE/IW valer tanto quanto WP:V.--Mister Sanderson (discussão) 23h00min de 7 de fevereiro de 2013 (UTC)

O caminho, no meu entender é precisamente o contrário. Definir cada vez mais claramente a diferença entre as duas. Se A diferenciação entre políticas e recomendações mais causa confusão do que esclarecimento, é precisamente, é perceber onde causa confusão e corrigir esses aspectos. Acaba sempre por haver hierarquia entre as duas, no sentido em existe uma gradação em termos de excepções, daquilo que se pode ou não fazer e gradação em termos de especificidade. Assim também como as políticas derivam em parte dos pilares. A estrutura, estará boa, se existe problema mais intenso, é no conteúdo e não na forma, muitas regras precisam ser limadas, outras nem sequer as temos (nos casos mais específicos: como nas recomendações). Concordo com a análise/proposta inicial em Wikipédia Discussão:Políticas e recomendações#Definição de políticas, recomendações e artigos informativos. Abs. Lijealso (discussão) 18h37min de 7 de fevereiro de 2013 (UTC)

Subscrevo. José Luiz disc 20h10min de 7 de fevereiro de 2013 (UTC)

Há, evidentemente, uma hieararquia e tem que haver uma hierarquia. Políticas são para cumprir sempre. Recomendações são igualmente para cumprir, mas só é sancionado quem as ignorar sistematicamente. A política de bloqueio prevê precisamente esta diferenciação: Citação: 1.1.1 Violar quaisquer políticas oficiais (que constam na lista das políticas oficiais). 1.1.2 Desrespeitar de forma grosseira ou de forma insistente quaisquer recomendações da comunidade É por isso que os textos de políticas não devem ser enchidos de "conselhos" e "recomendações" e focar-se nos procedimentos que são para ser escrupulosamente cumpridos.

A confusão, manifesta na abertura desta proposta, entre o que deve ser sempre seguido e o que são conselhos a ter em conta começa realmente a trazer alguma luz sobre a resistência demonstrada nesta discussão, ao querer incluir forçosamente "conselhos" e "recomendações" em excesso, quando a proposta é precisamente para tornar o texto em política. Quando se torna uma recomendação em política, deve-se focar o texto nos procedimentos que são para cumprir sempre e purgar o que é meramente recomendável, que pode passar para uma eventual recomendação ou ensaio. Polyethylen (discussão) 21h23min de 7 de fevereiro de 2013 (UTC)�

Madalena, nenhuma lei é imutável. Muito ao contrário, toda política oficial é parte de um processo dinâmico e oferece sempre a possibilidade de evoluções. Claro que uma lei não deve ser mexida com frequência, apenas quando houver uma necessidade não regulamentada e muito bem justificada. A política oficial está citada como "primária" no sentido de principal (latu sensu) e é dela que deve advir toda ordem, recomendação ou normatização. Espero ter conseguido explicar a minha opinião contrária ao seu pensamento. Ainda não li todas as discussões, mas vou fazer isso. Luiza Teles Lu 23h40min de 7 de fevereiro de 2013 (UTC)

  Concordo com a proposta. Isso realmente deve ser feito. Mar França (discussão) 18h56min de 8 de fevereiro de 2013 (UTC)

As próprias políticas sofrem de diferenciação: todas são oficiais ou algmas? Creio que as oficiais são obrigatórias em todas as wikipedias. Toda a wikipedia deve ter uma política de edições, decisões, de bloqueio, de verificabilidade, etc. Recomendações creio que são mais locais, procurando adequar as regras dos pilares e políticas aos problemas mais comuns enfrentados pela comunidade e por isso são recomendações e não obrigações. O que eu não sei bem o que é são os "textos informativos". Creio que são resumos ou guias de políticas e recomendações dirigidas a determinados usuários: novatos, IPs, administradores, etc. Mas deve ser feito um estudo melhor disso a partir do modelo original que criou essa estrutura, sem desvirtuá-lo sob pena de falta de integridade entre as diferentes regras.--Arthemius x (discussão) 19h44min de 8 de fevereiro de 2013 (UTC)

Página relacionada: en:Wikipedia:The difference between policies, guidelines and essays.--Mister Sanderson (discussão) 23h06min de 2 de março de 2013 (UTC)

Proposta oposta: Wikipédia:Esplanada/propostas/Esclarecer melhor o que se faz quando há conflito entre políticas e recomendações (22abr2013).--Mister Sanderson (discussão) 21h28min de 22 de abril de 2013 (UTC)

Esclarecer melhor o que se faz quando há conflito entre políticas e recomendações

Olá, editores/as! Proponho importar da Wikipédia anglófona a seção en:WP:POLCON para a nossa pequenina página Wikipédia:Políticas e recomendações. Esta minha proposta visa esclarecer um pouco a hierarquia existente entre políticas e recomendações e porquê ela existe, apesar de ainda ser necessário escrever muito mais sobre para alcançar um nível desejável de esclarecimento. Esta proposta é o oposto de Wikipédia:Esplanada/propostas/Eliminar a diferença entre políticas e recomendações (7fev2013) da conta Usuária:Maria Madalena. Tenho interesse na inserção deste trecho pois tenho a visão de que não é aceitável haver conflito entre textos oficiais, e que deve-se sempre buscar a interpretação que os faça funcionar em conjunto, sem atritos. A tradução que proponho é a seguinte:

Conflitos entre páginas orientativas

Se páginas de políticas e/ou recomendações conflitam diretamente, uma ou mais páginas precisam ser revisadas para resolver o conflito, de forma que todas as páginas conflitantes reflitam com precisão as práticas atuais e as melhores orientações da comunidade. Como medida temporária durante a resolução do processo, se uma recomendação parecer que conflita com uma política, os editores devem assumir que a política prevalece.

Mais comumente, páginas orientativas não conflitam diretamente, mas providenciam múltiplas opções. Por exemplo, WP:Identificando fontes fiáveis diz que artigos de jornal são geralmente considerados fontes fiáveis, e WP:Identificando fontes fiáveis (artigos relacionados a medicina) recomenda não se utilizar artigos de jornais para propósitos técnicos. Os editores devem usar seu melhor julgamento para decidir qual orientação é mais apropriada e relevante para a situação específica com que se está lidando.

A parte em itálico refere-se a um exemplo que não se aplica aqui, então seria necessário: ou informar que isto é apenas naquela Wikipédia anglófona (não acho uma boa opção), escolher um outro exemplo (pode ser uma boa opção) ou remover o trecho durante a importação (me parece a pior opção, a menos que escolher outro exemplo seja controverso demais). A propósito, observo que "guidelines" foi traduzido erradamente para "recomendação" em nosso vocabulário, e é provável que eu faça uma proposta a respeito disto depois.--Mister Sanderson (discussão) 21h27min de 22 de abril de 2013 (UTC)

Conforme expus aqui, por lá há um ensaio esclarecendo mais algumas coisas também: en:Wikipedia:The difference between policies, guidelines and essays.--Mister Sanderson (discussão) 21h30min de 22 de abril de 2013 (UTC)
acho uma boa ideia. sobre o segundo parágrafo, eu preferiria suprimi-lo ou dar-lhe uma nova redação. deixar o julgamento ao critério do editor só dá motivo para disputas. enquanto persistir o conflito entre duas políticas ou elas derem alternativas diferentes, sugiro que a mais antiga prevaleça, até que a conflito seja corrigido e todas reflitam a mesma postura.Tetraktys (discussão) 21h35min de 22 de abril de 2013 (UTC)
Esclarecendo: você concorda que entre políticas e recomendações, recomendações e ensaios, etc. a de maior patamar deve prevalecer, não é? Mas no caso de duas do mesmo ranking conflitarem, políticas e políticas, recomendações e recomendações, quer que a mais antiga prevaleça? Se for isto, me parece certo, mas acho que não substitui o segundo parágrafo, que não está tratando de conflitos mas sim da ilusão de conflitos: na verdade o que parece conflito é uma possibilidade de opção intencionada.--Mister Sanderson (discussão) 21h43min de 22 de abril de 2013 (UTC)
isso, categorias diferentes, a política prevalece; categorias iguais, a mais antiga prevalece. sobre o segundo parágrafo, vc trouxe um conflito possivelmente real, e não uma ilusão. Tetraktys (discussão) 22h04min de 22 de abril de 2013 (UTC)
Acredito que, enquanto o primeiro parágrafo trata de um conflito real, que precisa ser resolvido com a alteração de alguma página, o segundo trata de uma impressão de que há conflito, mas que na verdade trata-se de uma opção intencional. No caso, duas "recomendações", sendo uma para um caso específico e outra para um caso geral, e que deve-se escolher entre alguma das duas conforme a que for mais adequada à situação. Entretanto, pensando bem, não me lembro de haver desta situação aqui na Wikipédia lusófona, e portanto acho que o segundo parágrafo seria mais prejudicial do que benéfico; não pretendo trazê-lo mais. Sobre o que você disse do mais antigo prevalecer... pretende propor uma redação para isto?--Mister Sanderson (discussão) 22h12min de 22 de abril de 2013 (UTC)
vc poderia simplesmente ampliar o primeiro parágrafo e excluir todo o segundo, assim: "Se páginas de políticas e/ou recomendações conflitam diretamente, uma ou mais páginas precisam ser revisadas para resolver o conflito, de forma que todas as páginas conflitantes reflitam com precisão as práticas atuais e as melhores orientações da comunidade. Como medida temporária durante a resolução do processo, se uma recomendação parecer que conflita com uma política, os editores devem assumir que a política prevalece. Se duas recomendações parecerem conflitar entre si, prevalece a mais antiga". Tetraktys (discussão) 22h27min de 22 de abril de 2013 (UTC)
Me parece bom, mas isto não contrariaria o trecho de refletir "com precisão as práticas atuais"? Tenho a impressão de que está supondo que as recomendações só conflitariam entre si por erro na redação, e não porque houve uma mudança de postura "na comunidade".--Mister Sanderson (discussão) 22h30min de 22 de abril de 2013 (UTC)
será que vale a pena penetrarmos nas origens dos conflitos? isso me parece toda uma outra questão..... Tetraktys (discussão) 22h37min de 22 de abril de 2013 (UTC)
Não, pensei durante este tempo e concluí que os conflitos entre regras na Wikipédia lusófona são causados por brechas nos textos exploradas por wikiadvogados, e não por textos diferentes não encaixarem com precisão. Considerando o ambiente real que temos na atualidade, ao invés do funcionamento ideal, sua proposta de considerar o texto mais antigo é válida.--Mister Sanderson (discussão) 01h22min de 30 de abril de 2013 (UTC)
  Discordo. O único objetivo do proponente com esse resultado é invalidar o resultado de WP:Votações/APDE-IW por alegar que por WP:APDE#IW ser uma recomendação, seria invalidado de acordo com a visão dele a respeito da Verificabilidade. JMGM (discussão) 21h39min de 22 de abril de 2013 (UTC)
Fiz a outra proposta, tal como planejava: Wikipédia:Esplanada/propostas/Renomear "recomendação" para "diretriz" (22abr2013).--Mister Sanderson (discussão) 22h01min de 22 de abril de 2013 (UTC)
Informação: a seção na Wikipédia anglófona foi inserida por lá em 24 de agosto de 2010. No dia seguinte uma afirmativa tornou-se mais hipotética. Em 15 de março de 2011 foi adicionado o "ou". Nenhuma outra alteração foi realizada desde então.--Mister Sanderson (discussão) 23h04min de 22 de abril de 2013 (UTC)
Uma discussão sobre isto por lá foi [[:en:Wikipedia talk:Policies and guidelines/Archive 12#"In the event of a contradiction between [guideline] and [policy], the guideline should be changed."]], onde um problema no foi apontado e um outro usuário resolveu inserir a seção para esclarecer.--Mister Sanderson (discussão) 23h17min de 22 de abril de 2013 (UTC)
  Discordo totalmente! Se tiver algum conflito não é para deixar, é para consertar. Mar França (discussão) 00h11min de 23 de abril de 2013 (UTC)
Porquê deveria-se deixar? Isto não vai precisamente desorientar quem ler os textos, causando confusão "na comunidade"? Acha que os textos oficiais deveriam conflitar entre si e se contradizerem, ao invés de darem clara orientação sobre o que deve ser feito?--Mister Sanderson (discussão) 01h19min de 23 de abril de 2013 (UTC)
Justamente o contrário. A proposta visa deixar o conflito e diz o que fazer ao ver um. Mas o certo ao ver um é consertar, pois conflito é contradição, não pode. Mar França (discussão) 01h27min de 23 de abril de 2013 (UTC)
Ah, tá, li errado seu comentário. Ora, mas a proposta diz para consertar o conflito, não? O primeiro parágrafo diz claramente isto, então você deve estar referindo-se ao segundo, certo?--Mister Sanderson (discussão) 01h30min de 23 de abril de 2013 (UTC)
Na verdade não. O que você propõe é que o conflito continue, mas coma diferença de ter uma maneira para encará-los e "acabar" com a contradição. Mas se duas regras falam coisas opostas, criando um conflito, o que se deve fazer é acabar este, mas mudando uma ou as duas regras e não do jeito que propôs, que deixa o conflito nas regras. Mar França (discussão) 01h44min de 23 de abril de 2013 (UTC)
Citação: proposta escreveu: «Se páginas de políticas e/ou recomendações conflitam diretamente, uma ou mais páginas precisam ser revisadas para resolver o conflito» Ou seja, é necessário corrigir o conflito.--Mister Sanderson (discussão) 02h06min de 23 de abril de 2013 (UTC)
Então que isso seja feito. Qual o problema? Mar França (discussão) 02h26min de 23 de abril de 2013 (UTC)
O problema é que você não entendeu. Está dizendo que a proposta diz para não corrigir conflitos, quanto ela diz para corrigir, vide a citação acima.--Mister Sanderson (discussão) 02h27min de 23 de abril de 2013 (UTC)

Renomear "recomendação" para "diretriz"

A seguinte discussão encontra-se encerrada. Por favor não a modifique Comentários posteriores devem ser feitos numa nova secção. Segue-se um resumo das conclusões obtidas nesta discussão. Inconclusivo. O nome proposto é muito forte, o nome atual é muito mole, e ninguém propôs um termo intermediário. O cerne da discordância é que ninguém concordava sobre recomendações serem obrigatórias ou não, e devido a isto levaria ao caso de textos opcionais se tornarem obrigatórios do dia para a noite, ou algo assim. O proponente propôs primeiro esclarecer na Esplanada/geral se recomendações são opcionais ou não, mas desconheço se isso chegou a ser feito.


Olá, editores/as! Ao fazer há pouco uma tradução para Wikipédia:Esplanada/propostas/Esclarecer melhor o que se faz quando há conflito entre políticas e recomendações (22abr2013), pude observar mais a fundo o problema de alguns textos oficiais do projeto chamarem-se recomendações. Há alguns anos elas sequer eram seguidas, pois era bem difundida a visão de que recomendações são só recomendações e não obrigações. Felizmente isto não ocorre mais, mas pode voltar a ocorrer, pois o nome continua podendo suscitar esta interpretação. Percebi que o que aqui chama-se recomendação, na Wikipédia anglófona chama-se guideline, diretriz, que significa "norma, pauta, critério" de acordo com meu minidicionário Silveira Bueno e "linha reguladora de [...] um plano [...] ou de procedimento" de acordo com o meu mini Aurélio. Por lá, de acordo com o texto que consultei, tanto políticas quanto guidelines são referidas por "advice pages" (páginas de recomendação/páginas orientativas). Acredito que houve uma falha de tradução aqui, e que seria bom corrigi-la. Também é possível que por lá tenha ocorrido uma atualização de termos (lá há mais categorias de textos oficiais do quê aqui), mas não sei se foi o caso.--Mister Sanderson (discussão) 21h59min de 22 de abril de 2013 (UTC)

chamar uma recomendação de diretriz não vai equipará-la a uma política? Tetraktys (discussão) 22h11min de 22 de abril de 2013 (UTC)
Não. De acordo com estes mesmos dicionários, o significado de política está para algo mais geral e central: "conjunto dos fenômenos e práticas relativos [...] a uma sociedade" (Aurélio), "ciência do governo dos povos" (Silveira Bueno). Seria talvez a diferença entre a Constituição Federal e o Código de Posturas do Município?--Mister Sanderson (discussão) 22h24min de 22 de abril de 2013 (UTC)
acho bom deixarmos de lado o significado das palavras em inglês. vamos nos concentrar no português. e o que eu quis dizer é que elas vão se equiparar em eficácia. uma diretriz deve ser obedecida, assim como uma política, enquanto que recomendação deixa claro que é opcional. se vc quer dar às recomendações maior poder normatizador, a proposta deve ser outra, e não meramente um caso de melhor ou pior tradução. Tetraktys (discussão) 22h33min de 22 de abril de 2013 (UTC)
Mas recomendações não são opcionais, e por isto que "recomendação" é um nome impróprio. Citação: Wikipédia:Política de bloqueio escreveu: «Desrespeitar de forma grosseira ou de forma insistente quaisquer recomendações da comunidade» (se não cumprir as recomendações, é bloqueado, logo, devem ser cumpridas). A diferença de nomenclatura tem outras origens, sendo uma delas a resolução de conflitos entre os textos oficiais, que é o que se discutia na outra proposta linkada acima.--Mister Sanderson (discussão) 22h45min de 22 de abril de 2013 (UTC)
"recomendações da comunidade" não se refere forçosamente às recomendações em causa nesta discussão, mas sim a recomendações pontuais em situações específicas em que a "comunidade" se pronuncie sobre determinado assunto.
Digo mais: "recomendações" é um termo bem acertado, pois deixa margem de manobra para algo fundamental aqui - o BOM SENSO. Algo que alguns editores tem falta. Quiiiz (discussão) 00h13min de 23 de abril de 2013 (UTC)
Então "políticas" não deixa margem ao bom senso? De qualquer forma, você não leu a frase completa lá, pois a seguir está esclarecido que está se referindo somente a textos oficiais com o status "recomendação", pois está escrito "(que constam na lista das recomendações)." O texto está bem claramente dizendo que não é "recomendações em geral", e vê? Você acaba de dar mais um exemplo do termo causar confusão.--Mister Sanderson (discussão) 00h23min de 23 de abril de 2013 (UTC)
Mister, as recomendações são opcionais. leia: Wikipédia:Lista de recomendações: "Esta página contém uma lista de recomendações elaboradas através da experiência de usuários, e auxiliam no crescimento e na prosperidade do projeto, tentando evitar atritos desnecessários que poderiam ser ocasionados por uma possível falta de apoio ou base. Essas recomendações merecem uma atenção especial e vale a pena compreendê-las e segui-las". nada aqui diz que são obrigatórias.Tetraktys (discussão) 00h28min de 23 de abril de 2013 (UTC)
Aí não é dito que não são obrigatórias, também. Mas a Política de Bloqueio diz que são obrigatórias, pois o descumprimento delas rende bloqueio.--Mister Sanderson (discussão) 00h37min de 23 de abril de 2013 (UTC)
Inclusive, Citação: Wikipédia:Políticas e recomendações escreveu: «Recomendações são políticas desenvolvidas pela experiência da própria comunidade. Estes textos representam a opinião da comunidade e devem ser respeitados.»--Mister Sanderson (discussão) 00h46min de 23 de abril de 2013 (UTC)
Mister, se vc considera que políticas e recomendações têm o mesmo peso, então seria mais lógico renomear as recomendações como políticas. mudar para diretriz apenas vai manter a incerteza sobre qual o grau de obrigatoriedade que o texto possui. Tetraktys (discussão) 21h24min de 23 de abril de 2013 (UTC)
Políticas e guidelines não são a mesma coisa, este é um dos motivos de terem nomes diferentes. Mas ambos são igualmente obrigatórios, pois são orientações oficiais "da comunidade". Logo, a diferença reside em outras questões, e uma delas é a seguinte: a obrigatoriedade de uma guideline é suspensa caso ela entre em conflito com uma política. Assim, o que você disse sobre "peso" não faz sentido, pois "peso" é aquela questão de imparcialidade na redação de artigos, onde deve-se ponderar cada lado de um conflito e aplicar cada um na proporção certa de importância. Para políticas e guidelines não é preciso fazer isto, pois as políticas prevalecem sempre às guidelines, conforme pretendo escrever em Wikipédia:Esplanada/propostas/Esclarecer melhor o que se faz quando há conflito entre políticas e recomendações (22abr2013). Mudar "recomendação" para "diretriz" acabará com a incerteza sobre recomendações deverem ser seguidas ou não, pois ficará claro que devem ser seguidas, e ainda impediria erros de interpretação como a que Quiiiz expressou acima.--Mister Sanderson (discussão) 00h47min de 24 de abril de 2013 (UTC)
vc não entendeu o que eu falei sobre peso. não tem nada a ver com imparcialidade. eu quis dizer peso de obrigatoriedade, mas deixa pra lá. voltando ao principal, eu entendo que vc está baseando o mérito da sua proposta somente na acepção de uma palavra: diretriz. como vemos, já existe polêmica sobre o seu significado. adotá-la como título não vai eliminar dúvidas no que diz respeito à sua obrigatoriedade, o que seria preciso, para essas dúvidas não surgirem, é mexer no texto, esclarecendo cristalinamente que o que ele "recomenda" é obrigatório. daí, tanto faz o nome que tenha: recomendação ou diretriz. Tetraktys (discussão) 19h37min de 24 de abril de 2013 (UTC)
O nome "diretriz", sinônimo de "norma" dá mais a entender que é obrigatório do que o nome "recomendação", que é sinônimo de "conselho", já que conselhos podem ser ignorados e regras não. Wikipédia:Políticas e recomendações já diz que "Recomendações [...] representam a opinião da comunidade e devem ser respeitados.", mas você considera que o texto deveria ser mais claro, dizendo ao invés de "devem ser respeitados" que "devem ser obrigatoriamente respeitados"? Isto seria suficiente?--Mister Sanderson (discussão) 23h13min de 24 de abril de 2013 (UTC)
Incluir o "obrigatoriamente" seria muito útil para os fins desta proposta. no entanto, o assunto todo ainda está nevoento em minha cabeça. existe um grande número de recomendações. eu não lembro do conteúdo de todas em detalhe, e das que conheço melhor, várias, pelo menos em alguns aspectos, são contestáveis, como os critérios de notoriedade e o próprio livro de estilo. enquanto uma recomendação é uma recomendação, tudo bem, as diferenças de prática podem ser aceitas, mas dando a uma recomendação o peso de uma lei obrigatória, todas essas particularidades potencialmente polêmicas e/ou contraditórias entre si que estão lá nas recomendações, mais ou menos abafadas, ganharão uma grande força. em suma, eu não sei até que ponto as recomendações são consistentes com as atuais políticas para poderem merecer esse estatuto adicional, seria preciso fazer uma avaliação comparativa detalhada de todas, e temo que fortalecer as recomendações possa gerar mais polêmicas e confusão, e não menos. mas, como eu disse, não estou suficientemente bem informado sobre o assunto, só suspeito que possam aparecer problemas não previstos. Tetraktys (discussão) 04h30min de 25 de abril de 2013 (UTC)
Se surgirem problemas, deverão ser resolvidos. A política de bloqueio já diz que recomendações são obrigatórias, então qualquer uma escrita com outro objetivo em mente está errada já agora, neste momento mesmo. O que aconteceria é que o erro ficaria mais evidente, permitindo mais facilmente correções. Na prática, nada mudaria, pois seriam tão obrigatórias depois desta palavra do que são agora; apenas a prática ficaria mais explícita. Entretanto, apesar de certamente esta discussão ser pertinente, vejo que ela não deveria limitar-se a este tópico na Esplanada; proponho que um tópico na Esplanada/geral seja criado para confirmar se recomendações são obrigatórias, para então se decidir se melhora-se a redação de wikipédia:Políticas e recomendações. --Mister Sanderson (discussão) 04h41min de 25 de abril de 2013 (UTC)
eu acho que sua ideia de fazer uma consulta prévia é prudente. esse assunto está com cheiro de se revelar um grande abelheiro rsrs.... Tetraktys (discussão) 05h02min de 25 de abril de 2013 (UTC)
Bem que eu me lembrava sobre ter havido uma discussão do tipo há alguns anos. Aí está a proposta do GoEThe: Wikipédia:Esplanada/propostas/Renomear Recomendações para Normas ou similar (17fev2011).--Mister Sanderson (discussão) 22h49min de 22 de abril de 2013 (UTC)
Convidei todos os participantes anteriores para esta daqui.--Mister Sanderson (discussão) 22h55min de 22 de abril de 2013 (UTC)
  Concordo tanto com a mudança do nome quanto a sugestão do Tetraktys de deixar claro sobre o que tratam. OTAVIO1981 (discussão) 22h55min de 24 de abril de 2013 (UTC)

Tema antigoEditar

  • Chamado a opinar, minha opinião não mudou. Mesmo tendo escrito há muito tempo e estando descontextualizado, posso perceber que muito do que foi escrito ainda preserva a contextualização para o presente momento, e repetição do tema. assim vou somente transcrever o que disse ao gato amarelo:

Lechatjaune, devo discordar do colega quanto a melhor colocação das palavras. Compreendo que "recomendação" é por conter apenas o que é, uma recomendação. A palavra "regra" tem um contexto notadamente mais forte. Uma recomendação, como já foi dito muitas vezes, é um norte, um prumo. Pode ser desconsiderada algumas vezes, e esse "algumas vezes" fica a cargo da discricionariedade de quem vigia o ambiente, para que ele seja pacífico. Re-explico: uma recomendação pode não ser seguida, mas se abusada, torna-se um desrespeito à regra. Percebe? Um recomendação não é uma regra, mas se abusada e afrontada, uma regra a protege.

Uma "regra" (dada a conotação legal) deve ser seguida e pronto. Uma "regra" não pode ser "recomendada", deve ser imposta. É coercitivo mesmo. A lei é coercitiva. Ela retira a liberdade do homem fazer o que é "errado", e ela mesmo, a lei, define o que é "errado". ...

Esse é o perigo de uma "regra" wiki ser subjetiva. (...)

Se fosse uma "regra" ela teria a auto-proteção e seria obrigatória. Imagina então, se tornamos obrigatório algo que é subjetivo. A subjetividade de alguns temas permitem ao julgador analisar a intenção do autor de um crime, por exemplo. (...)

Acho que já foi dito tudo sobre aquele texto. E mais, sua última inserção foi um primor, e cito:

Eu acho importante que aprendamos a lidar com o comportamento desestabilizador e precisamos redigir um texto para tal. Não baseado numa tradução da wiki.en, mas algo nosso, para resolver os nossos problemas. (...) O problema da wiki-pt, é que nos deixamos desestabilizar por tal comportamento e precisamos encontrar meios de tornar a comunidade mais robusta.

...Quando temos uma "lei específica" devemos ser norteados por ela. Explico, exemplificando: antes existia o dispositivo chamado "direção perigosa" e quem dirigia embriagado era imputado nesse dispositivo. Hoje existe a "Lei seca", e como é mais específica, nos norteamos pela lei mais específica; a "direção perigosa" não mais se aplica nesses casos. Da mesma forma, se especializarmos o "comportamento desestabilizador" numa regra, ainda mais com subjetividade, minou-se o que tínhamos de mais específico, a Política de Bloqueio.

Cumprimentos __ Observatoremsg 01h21min de 26 de abril de 2013 (UTC)

O elogio do bom senso. Parabéns! Podemos agora voltar ao trabalho? Quiiiz (discussão) 22h24min de 26 de abril de 2013 (UTC)
Em que situação deveria uma guideline ser desconsiderada, sendo que o descumprimento de qualquer uma pode render bloqueio? Só consigo ver o caso em que uma guideline conflitar com uma política, mas estes casos são excepcionais e temporários.--Mister Sanderson (discussão) 01h19min de 30 de abril de 2013 (UTC)

Alguém já leu a discussão da página [1] ? JMGM (discussão) 03h37min de 20 de julho de 2013 (UTC)


A discussão acima encontra-se encerrada. Por favor não a modifique. Comentários posteriores devem ser feitos numa nova secção.


Melhorar as definições em 'Wikipédia:Políticas e recomendações' e renomear uma categoria

Olá, editores. Na nossa página Wikipédia:Políticas e recomendações, temos as definições de: cinco pilares, políticas oficiais, recomendações, artigos informativos e ensaios. Mas nossas definições para eles são muitíssimo fracas, e por isso venho propor que tenhamos definições melhores. Li es:Wikipedia:Políticas y convenciones#Rol e en:Wikipedia:Policies and guidelines#Role e achei melhor a versão hispanófona. Proponho então importá-la (traduzida) para substituir nossas definições atuais.

A tradução que proponho é:

== Papeis == As políticas têm ampla aceitação entre os editores e descrevem normas que todos os usuários devem normalmente seguir. Estão de forma frequente estritamente relacionadas com os cinco pilares da Wikipédia. Todas as páginas de políticas estão na Categoria:!Políticas.

As recomendações são fundamentalmente para aconselhar as boas práticas de edição e sobre como aplicar políticas em circunstâncias específicas. Quando uma recomendação parece contradizer uma política, a política tem prioridade. As páginas de recomendações podem ser encontradas em Categoria:!Recomendações.

Os ensaios são a opinião ou conselho de um editor ou grupo de editores, para os quais o consenso generalizado não foi estabelecido. Não falam por toda a comunidade e podem ser criados e escritos sem aprovação. Os ensaios em que o autor não quiser que outros editem ou que contradizem redondamente o consenso generalizado pertencem ao espaço de usuário. Veja Categoria:!Ensaios sobre a Wikipédia.

Nela eu tirei o link para es:Wikipedia:Ignora las normas pois a nossa versão daquela página não é equivalente.

Uma dúvida: se nas Wikipédias hispanófona e anglófona a página de políticas e recomendações é uma política, porquê a nossa é um artigo informativo apenas?

Proposta 2, derivada da proposta inicial: renomear Categoria:!Ensaios sobre a Wikipédia para Categoria:!Ensaios. A exclamação antes do nome deixa claro que se trata de algo interno da Wikipédia, e assim os nomes das categorias ficariam padronizados.--Mister Sanderson (discussão) 19h30min de 25 de agosto de 2013 (UTC)

Está faltando alguma definição sobre Artigo informativo. E falar nessa página sobre os cinco pilares. Rjclaudio msg 19h43min de 25 de agosto de 2013 (UTC)
Os cinco pilares são mencionados na definição de políticas. Diferente de nós, as páginas anglófona e hispanófona sobre "políticas e recomendações" não definem "artigo informativo" e "cinco pilares". Eu acho que estão certos em fazer isso, acho que essas coisas são deveriam ser definidas ali — artigo informativo está fora do eixo ensaio→recomendação→política, e pilares também. O que pode ser feito é elaborar, tal como essas versões de outras línguas, uma explicação de que o domínio Wikipédia inclui páginas que não são políticas e recomendações (projetos, tutoriais, ajuda, artigos informativos). Eu não propus trazer as explicações de lá pois nossos projetos são diferentes nesse aspecto, só traduzir não seria o bastante.--Mister Sanderson (discussão) 20h10min de 25 de agosto de 2013 (UTC)
Voltar à página de projeto "Políticas e recomendações".