Wile Etherlbert Coyote, ou simplesmente Wile E. Coyote (conhecido em português como Willy Coiote ou apenas Coiote), é um personagem do desenho animado Papa-Léguas, criado em 1949 por Chuck Jones para os estúdios Warner Bros. Um dos mais conhecidos Looney Tunes, é baseado num animal real nativo dos desertos do sudoeste americano, o coiote. Coyote é um animal faminto que tenta capturar o galo-corredor Papa-Léguas.

Wile E. Coyote
Personagem de Looney Tunes
Informações gerais
Primeira aparição Papa-Léguas (desenho animado)
Última aparição Wabbit (2015)
Criado por Chuck Jones
Voz original Estados Unidos Mudo até 1952
Estados Unidos Mel Blanc (1952-1961)
Estados Unidos Dee Bradley Baker (2015-Presente)
Dublador no
Brasil
Brasil Ionei Silva (1980)
Brasil Léo Rabelo (2015-Presente)
Informações pessoais
Nome original Wile Etherlbert Coyote
Nascimento 30 de outubro de 1949
Origem Estados Unidos
Características físicas
Espécie coiote
Sexo masculino
Cor dos olhos castanho escuro
Informações profissionais
Inimigos Papa-Léguas
Pernalonga
Perfil no IMDb

Quando criou o personagem, Chuck Jones tinha em mente o público americano e acreditava que ele se identificaria com o coiote. “O coiote é tudo o que queremos ser: um perfeccionista em qualquer objetivo”.[1] Além disso, Chuck Jones se inspirou na sua própria criação do Coiote para criar Ralph Wolf, lobo que tenta pegar as ovelhas vigiadas pelo cão Sam Sheepdog.

A revista TV Guide incluiu Wile E. Coyote em sua lista de 2013 "The 60 Nastiest Villains of All Time".[2] Apesar disso, o personagem é bem querido pelos fãs, que já declararam que "Coyote pode ser um vilão, mas ele ensina uma lição, para nunca parar de tentar."[necessário verificar]

Aparições em outras séries animadas

editar
  • O Coiote aparece separadamente como um antagonista ocasional do Pernalonga em cinco episódios, de 1952 a 1963: Operation: Rabbit, To Hare Is Human, Rabbit's Feat, Compressed Hare, and Hare-Breadth Hurry. Nestas aparições, diferentemente do que ocorre no desenho animado Papa-Léguas, em que ele passa todo o episódio calado, ele fala com um sotaque refinado nessas saídas solo (exceto Hare-Breadth Rush), começando com Operation: Rabbit, de 1952, apresentando-se como "Wile E. Coyote - Um Gênio" , dublado com um sotaque da classe alta por Mel Blanc.[3]
  • Wile E. Coyote apareceu duas vezes em Family Guy: seu primeiro episódio, "Eu nunca conheci o homem morto", o descreve andando de carro com Peter Griffin; quando Peter atropela o Road Runner e pergunta se ele atingiu "aquele avestruz", Wile E. diz para ele continuar. [31] Sua segunda aparição foi em "PTV", na qual Wile E. tenta obter um reembolso por um estilingue de tamanho gigante em uma loja da ACME onde Peter trabalha. Peter diz que Wile E. não pode devolver o estilingue, mas pode obter crédito na loja. A esposa de Wile E. chega e diz ao marido para se apressar.
editar
  • O guitarrista Mark Knopfler criou uma música chamada "Coyote" presente no álbum de 2002 The Ragpicker's Dream.
  • A música de Tom Smith, "Operation: Desert Storm", que ganhou o prêmio Pegasus Award de Melhor Canção em 1999, é sobre as diferentes maneiras loucas de falhar os planos do Coiote.[4]
  • O humorista Ian Frazier criou a peça em prosa legal "Coyote v. Acme",[5] que está incluída em um livro com o mesmo nome.

Referências

  1. epocanegocios.globo.com/ Você é o coiote ou o papa-léguas?
  2. Bretts, Bruce; Roush, Matt; (March 25, 2013). "Baddies to the Bone: The 60 nastiest villains of all time". TV Guide. pp. 14−15.
  3. Flint, Peter (11 de julho de 1989). «Mel Blanc, Who Provided Voices For 3,000 Cartoons, Is Dead at 81». The New York Times. Consultado em 1 de dezembro de 2007 
  4. «The FuMP: Operation: Desert Storm by Tom Smith». Consultado em 16 de dezembro de 2014 
  5. Frazier, Ian, "Coyote v. Acme", The New Yorker, February 26, 1990, p. 42.
 
O Commons possui uma categoria com imagens e outros ficheiros sobre Wile E. Coyote
  Este artigo sobre uma personagem de ficção é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.