William Adams

navegador inglês que viajou para o Japão
Disambig grey.svg Nota: Para o cantor, veja will.i.am. Para o escritor, veja William Taylor Adams.

William Adams (Gillingham, 24 de setembro de 1564 — Hirado, Kyushu, 16 de maio de 1620), também conhecido no Japão por Anjin-sama[nota 1] e Miura[nota 2] Anjin (三浦按針?) foi um navegador inglês, o primeiro da sua nacionalidade a chegar ao Japão. James Clavell, no seu livro Shōgun, inspirou-se na sua figura para criar o personagem protagonista John Blackthorne.

William Adams
Nascimento 24 de setembro de 1564
Gillingham
Morte 16 de maio de 1620
Hirado
Residência Nihonbashi Muromachi
Sepultamento Tsukayama park (Yokosuka)
Cidadania Reino da Inglaterra
Filho(s) Joseph Adams
Ocupação explorador, marinheiro, velejador
Religião anglicanismo

Logo após chegar ao Japão, se tornou um importante conselheiro do xogum Tokugawa Ieyasu e construiu para ele os primeiros navios japoneses com o estilo ocidental. Adams foi, mais tarde, importante para estabelecer feitorias entre os Países Baixos e a Inglaterra. Ele também estava envolvido no comércio de shuinsen, fretando e comandando vários navios para o Sudeste Asiático. Ele morreu no Japão aos 55 anos e é reconhecido como um dos estrangeiros mais influentes no Japão durante este período.[1]

Notas

  1. Anjin significa prático e sama é um título honorífico japonês.
  2. O "Miura" se refere a Península de Miura.

Referências

  1. Dulles, Foster Rhea (1931). Eastward ho! The first English adventurers to the Orient. [S.l.]: Books for Libraries Press. p. 127. ISBN 978-0-836-91256-2 

BibliografiaEditar

  • Nova Enciclopédia Portuguesa, Ed. Publicações Ediclube, 1996.
  Este artigo sobre uma pessoa é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.