Abrir menu principal
William Ruto em 2014.

William Ruto (Kamagut, 21 de dezembro de 1966) é um político queniano, atual vice-presidente do Quênia desde 2013.

Ele foi eleito vice-presidente na chapa de Uhuru Kenyatta, por ocasião das eleições presidenciais de 2013.[1]

Ele foi acusado de crimes contra a humanidade pelo Tribunal Penal Internacional, cometidos durante a violência pós-eleitoral de 2007-2008.[2]

ReferênciasEditar

  1. «Uhuru Kenyatta é eleito presidente do Quénia e Odinga contesta». Dwelle. 9 de março de 2013. Consultado em 5 de março de 2015 
  2. Marcus Lütticke (10 de setembro de 2013). «William Ruto, vice-presidente do Quênia, declara inocência em tribunal internacional». Dwelle. Consultado em 5 de março de 2015 
  Este artigo sobre uma pessoa é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.