Abrir menu principal
NoFonti.svg
Esta biografia de uma pessoa viva cita referências, mas que não cobrem todo o conteúdo (desde maio de 2012). Ajude a inserir fontes confiáveis e independentes. Material controverso que esteja sem fontes deve ser imediatamente removido, especialmente se for de natureza difamatória.—Encontre fontes: Google (notícias, livros e acadêmico)
Wilma de Aguiar
Nascimento 18 de junho de 1931
São Paulo
Nacionalidade brasileiro
Morte 6 de julho de 2017 (86 anos)
São Paulo
Ocupação atriz
Atividade 1954 - 1997

Wilma de Aguiar (São Paulo, 18 de junho de 1931 - São Paulo, 6 de julho de 2017) foi uma atriz brasileira.[1]

Wilma iniciou a carreira em 1954 na Rádio Bandeirantes São Paulo. Passou pela TV Excelsior, Rede Tupi, Rede Record e SBT.

Faleceu em 2017, depois de alguns anos longe da carreira artística.[1]

TelevisãoEditar

CinemaEditar

Ano Título Papel
1975 Ainda Agarro esse Machão Cândida[7]
1982 Amor de Perversão [8] Mãe de Raimundo
Tessa, a Gata Da Graça [9]
1984 O Baiano Fantasma Dona Leonor[10]
S.O.S. Sex-Shop Mãe
1987 Besame Mucho Mãe de Tuca

Referências

  1. a b Morre atriz da novela “Ana Raio e Zé Trovão” Só Famosos - acessado em 19 de dezembro de 2017
  2. «Folha de S.Paulo - "Os Ossos do Barão" estréia dia 28 no SBT - 9/4/1997». www1.folha.uol.com.br. Consultado em 14 de janeiro de 2018 
  3. «Memórias de um Gigolô». Teledramaturgia 
  4. «A Leoa». Teledramaturgia. Consultado em 28 de novembro de 2016 
  5. «Um Sol Maior». Teledramaturgia 
  6. «2-5499 Ocupado». Teledramaturgia 
  7. «Ainda Agarro Esse Machão». Cinemateca Brasileira. Consultado em 24 de fevereiro de 2017 
  8. Cinemateca Brasileira Amor de Perversão [em linha]
  9. Cinemateca Brasileira Tessa, a Gata [em linha]
  10. «O Baiano Fantasma». Cinemateca Brasileira. Consultado em 18 de fevereiro de 2017 

Ligações externasEditar

  Este artigo sobre um ator é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.