Abrir menu principal
Wilson Tadeu Jönck,
S.C.J.
Arcebispo da Igreja Católica
Arcebispo de Florianópolis

Título

Arcebispo Metropolitano de Florianópolis
Hierarquia
Papa Francisco
Atividade Eclesiástica
Congregação Congregação dos Sacerdotes do Sagrado Coração de Jesus
Diocese Arquidiocese de Florianópolis
Nomeação 28 de setembro de 2011
Entrada solene 15 de novembro de 2011
Predecessor Dom Murilo Sebastião Ramos Krieger, S.C.J.
Mandato 2011 -
Ordenação e nomeação
Ordenação presbiteral 17 de dezembro de 1977
Vidal Ramos
por Dom Tito Buss
Nomeação episcopal 11 de junho de 2003
Ordenação episcopal 16 de agosto de 2003
Jaraguá do Sul
por Dom Eusébio Oscar Cardeal Scheid, S.C.J.
Lema episcopal MAXIMUS AMOR PRO AMICIS MORI
Amar é dar a vida pelos amigos
Nomeado arcebispo 28 de setembro de 2011
Brasão arquiepiscopal
Template-Metropolitan Archbishop.svg
Dados pessoais
Nascimento Vidal Ramos,  Santa Catarina
10 de julho de 1951 (68 anos)
Nacionalidade brasileiro
Funções exercidas - Bispo-auxiliar do Rio de Janeiro (2003-2010)
- Bispo de Tubarão (2010-2011)
dados em catholic-hierarchy.org
Arcebispos
Categoria:Hierarquia católica
Projeto Catolicismo

Dom Wilson Tadeu Jönck, SCJ (Vidal Ramos, 10 de julho de 1951) é um arcebispo católico, arcebispo da Arquidiocese de Florianópolis.

FormaçãoEditar

Dom Wilson nasceu na cidade de Vidal Ramos, no estado de Santa Catarina. Fez seus estudos secundários no Seminário Menor São José em Rio Negrinho nos anos de 1963 e 1964 e depois na cidade de Corupá. Cursou Filosofia e Teologia nos conventos Sagrado Coração de Jesus, respectivamente, em Brusque e Taubaté. Foi ordenado sacerdote em 17 de dezembro de 1977 pela Congregação dos Sacerdotes do Sagrado Coração de Jesus. Em Roma, na Pontifícia Universidade Gregoriana, fez os estudos de Psicologia.

EpiscopadoEditar

Arquidiocese do Rio de JaneiroEditar

Eleito bispo pelo Papa João Paulo II em 11 de junho de 2003, com a sede titular de Gemellae in Byzacena e auxiliar do Rio de Janeiro, recebeu a ordenação episcopal no dia 16 de agosto de 2003 das mãos de Dom Eusébio Oscar Scheid, sendo concelebrantes Dom Orlando Brandes e Dom Tito Buss.

Durante o seu episcopado na Arquidiocese de São Sebastião do Rio de Janeiro exerceu as funções de Animador do Vicariato Episcopal Suburbano, dos Institutos de Vida Religiosa e Sociedades de Vida Apostólica, das Missões, da Pastoral Vocacional do Seminário São José e do Seminário Rainha dos Apóstolos. Também era responsável pela Pastoral Presbiteral, das Novas Comunidades, da Associação de Psicólogos Católicos e Coordenador da Pastoral Vocacional no Regional Leste 1 da CNBB.

Diocese de TubarãoEditar

No dia 26 de maio de 2010 foi nomeado pelo Papa Bento XVI para bispo da Diocese de Tubarão e foi empossado no dia 18 de julho desse mesmo ano.[1] Durante a 49ª Assembleia dos Bispos do Brasil em Aparecida do Norte, em 10 de maio de 2011, foi eleito presidente do Regional Sul-4 da CNBB.

Arquidiocese de FlorianópolisEditar

No dia 28 de setembro de 2011 o Papa Bento XVI o nomeou arcebispo de Florianópolis[2]. Tomou posse no dia 15 de novembro de 2011[3] e recebeu o pálio das mãos do Papa Bento XVI no dia 29 de junho do ano seguinte.[4]

Ordenações episcopaisEditar

Dom Wilson foi concelebrante da ordenação episcopal de:

Referências

  1. «Dom Wilson Tadeu Jonck toma posse na diocese de Tubarão». Consultado em 20 de julho de 2010 
  2. «Il Santo Padre Benedetto XVI ha nominato Arcivescovo Metropolita di Florianópolis (Brasile) S.E. Mons. Wilson Tadeu Jönck, SCI, finora Vescovo di Tubarão.» (em italiano). Bollettino della Sala Stampa della Santa Sede. 28 de setembro de 2011 
  3. «Biografia de Dom Wilson Tadeu Jönck». Arquidiocese de Florianópolis. Consultado em 27 de dezembro de 2011 
  4. «Papa Bento XVI entrega o pálio a sete arcebispos brasileiros». Portal Terra. Consultado em 29 de junho de 2012 

Ligações externasEditar

Precedido por
Dom Jacinto Bergmann
 
Bispo de Tubarão

2010 - 2011
Sucedido por
Dom João Francisco Salm
Precedido por
Dom Murilo Sebastião Ramos Krieger
 
Arcebispo de Florianópolis

2011 - atual
Sucedido por
-
  Este artigo sobre Episcopado (bispos, arcebispos, cardeais) é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.