Winchester Repeating Arms Company

Disambig grey.svg Nota: Não confundir com U.S. Repeating Arms Company.


Winchester Repeating Arms Company é uma proeminente fabricante de armas de repetição fundada por Oliver Winchester em 1855 em New Haven, Estados Unidos. Atualmente está sediada em Morgan, Utah. É mais conhecida pela produção do rifle Winchester.[1]

Winchester Repeating Arms Company
Atividade Armas de fogo
Fundação 1866 (154 Anos)
Fundador(es) Oliver Winchester
Sede New Haven, Connecticut, Estados Unidos
Website oficial www.winchesterguns.com

AntecedentesEditar

PredecessoresEditar

 
Certificado de ações da
Winchester Repeating Arms Company.

O antepassado da Winchester Repeating Arms Company foi uma empresa de Horace Smith e Daniel Wesson, que formaram uma parceria na cidade de Norwich, Connecticut (não deve ser confundida com o famoso Smith & Wesson Revolver Company fundada mais tarde pelos mesmos homens). Smith e Wesson adquiriram a versão melhorada de Lewis Jennings do inventor Walter Hunt 1848 "Volition Repeating Rifle" e sua "Rocket Ball" munição sem costura", que tinha sido produzida em pequenas números de Robbins & Lawrence de Windsor, Vermont.

O fuzil de Jennings foi um fracasso comercial, e Robbins & Lawrence cessaram a produção em 1852.[2] Smith criou um fuzil muito melhorado com base em Jennings, e os parceiros também contrataram o capataz da loja Robbins & Lawrence Benjamin Tyler Henry. Em 1855, a parceria Smith e Wesson, para fabricar o que eles chamavam de fuzil e pistola de ação de alavanca "vulcânica", buscou investidores e incorporou como a Volcanic Repeating Arms. O maior acionista foi o fabricante de roupas Oliver Winchester.[2]

Rifles WinchesterEditar

 
Propaganda da Winchester publicada em uma revista em 1898.

Quando Oliver Winchester adquiriu a empresa de Smith e Wesson em 1857, ele era muito mais um homem de negócios do que um inventor ou engenheiro, o tanto que Oliver antes de comprar a empresa fabricante de armas, trabalhava no ramo de produção de camisetas. Ele renomearia o nome da empresa para Winchester Repeating Arms Company em 1866, e mostrando toda sua habilidade no mundo dos negócios começou a fomentar o talento de seus funcionários, incentivando o desenvolvimento de novos modelos. Benjamin Tyler Henry e, mais tarde, John Moses Browning foram engenheiros de renome que trabalharam para a Winchester.

 
O credo da Winchester para 1943.

Antes de Oliver comprar a empresa os rifles da marca eram pouco potentes, e faziam pouco sucesso entre os compradores. O primeiro rifle de sucesso da empresa foi o Winchester Model 1866, para o novo produto, o engenheiro Tyler Henry substituiu as cargas convencionais por cartuchos de latão e espoleta integrada, o que permitiu que o rifle utiliza-se o calibre .44, muito mais potente. Além disso, o design da arma foi melhorado, deixando o rifle extremamente bonito, ganhando o apelido de "Yellow Boy", por causa dos detalhes dourados que a arma apresentava . O novo Model 66 foi um tremendo sucesso, vendendo até 1873, 119 mil unidades, levando a marca ao topo das fabricantes de armas.[3]

Em 1873, A Winchester lançaria o lendário rifle Model 1873, esse foi o primeiro a ser desenvolvido para utilizar o calibre .44-40 WCF, a arma que ficou conhecida como aquela que conquistou o oeste, foi a mais vendida na região, deixando seus concorrentes para trás e transformando as Winchester em armas sinônimo de faroeste.[3][4] O Model 1876 foi a que sucedeu a 1873, a arma foi desenvolvida para vários tipos de cartuchos diferentes, sendo eles os calibres .45-60 WCF, .45-75 WCF, e .50-95 WCF. O rifle era um modelo mais longo que o Winchester Model 1873, também podendo utilizar os cartuchos .45-70 Government.[5]

Em 1880, Oliver Winchester morre, deixando a presidência da empresa para seu filho William Wirt Winchester, que faleceu apenas quatro meses depois de assumir o posto vitima de tuberculose. A empresa então passaria para as as mãos de William Converse. Nesse tempo a empresa lançaria outros grandes modelos clássicos da marca, desenvolvidos em parceria com John Moses Browning, os mais notáveis seriam o Model 1885, um rifle de tiro único, o Winchester Model 1887, uma espingarda de ação de alavanca, o Model 1897, sendo essa uma espingarda pump-action, e os rifles de repetição Model 1886, Model 1892, Model 1894 e Model 1895.[6]

Século XX e XXIEditar

Declínio e RessurgimentoEditar

A Winchester entraria em declínio em meados do século XX, na década de 60 o aumento do preço da mão de obra qualificada, deixaria a produção dos rifles clássicos da marca inviável, a empresa então tentaria entrar em métodos mais modernos de produção para suas armas, porém esses novos produtos foram esmagados pela critica, que condenou o fato de os modelos da empresa terem perdido sua qualidade característica para tentar competir com outras marcas mais baratas. Os custos da mão de obra continuaram a subir na década de 70, então os gestores da empresa decidiram que já não era mais possível produzir os produtos em New Haven, a planta da empresa seria vendida aos funcionários e ganharia o nome de U.S. Repeating Arms Company, essa empresa seguiria produzindo armamentos até 1989, quando decretaria falência, sendo vendida para o Herstal Group.

Em 16 de janeiro de 2006, a U.S. Repeating Arms Company anunciou que estava fechando sua fábrica em New Haven, onde seus rifles e espingardas tinham sido produzidos por 140 anos.

Em 15 de agosto de 2006, a Olin Corporation, dona das marcas Winchester, anunciou que tinha celebrado um novo acordo de licença com a Browning para fazer rifles e espingardas Winchester, embora não na fábrica de New Haven. A produção do Model 1885, do Model 1892 e do Model 1886 são feitos sob o acordo de licença com a Miroku Corp. do Japão e importado de volta para os Estados Unidos pela Browning.[7][6]

PresidentesEditar

  • Oliver Winchester (1857–1880)
  • William Wirt Winchester (1880–1881), filho de Oliver Winchester e marido de Sarah Winchester.
  • William Converse (1881–1890), marido de Mary A. Pardee.
  • Thomas Gray Bennett (1890–1910), marido de Hannah Jane Winchester.
  • George E. Hudson (1910–1915). Ele era um parceiro da empresa com Oliver.
  • Winchester Bennett (1915–1918), filho de Thomas Gray Bennett.
  • Thomas Gray Bennett (1918–1919), pai de Winchester Bennett.
  • John E. Otterson (1919–1924)

Referências

Leitura adicionalEditar

  • McLerran, Wayne (2014). Browning Model 1885 Black Powder Cartridge Rifle - 3rd Edition: A Reference Manual for the Shooter, Collector & Gunsmith. TexasMac Publishing. ISBN 978-0-9893702-5-7, 418 pages.
  • Trevelyan, Laura. The Winchester: The Gun That Built an American Dynasty (Yale University Press, 2016). xxii, 242 pp.

Ligações externasEditar

 
O Commons possui uma categoria contendo imagens e outros ficheiros sobre Winchester Repeating Arms Company
  Este artigo sobre uma empresa é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.