Abrir menu principal
Wladimir Klitschko
Wladimir Klitschko B 08-2017.jpg
Wladimir Klitschko em 2017
Informações
Nome
completo
Volodymyr Volodymyrovych Klychko
Nascimento 25 de março de 1976 (43 anos)
Semipalatinsk, RSS Cazaque
Nacionalidade ucraniano
Outros nomes Dr. Steelhammer
Cônjuge Hayden Panettiere
Filho(s) 1
Altura 1,98 m
Divisão Peso-pesado
Envergadura 2,06 m
Posição Ortodoxa
Cartel profissional no boxe
Total 69
Vitórias 64
Por nocaute 53
Derrotas 5
Por nocaute 4
Ligações externas
Página oficial:
klitschko.com
Cartel no Boxe pelo BoxRec
28 de janeiro de 2018
Wladimir Klitschko
Informações pessoais
Medalhas
Jogos Olímpicos
Ouro Atlanta 1996 Peso superpesado
Campeonato Europeu
Prata Vejle 1996 Peso superpesado

Wladimir Vladimirovich Klitschko (Semipalatinsk, 25 de março de 1976) é um ex-pugilista ucraniano, ex-campeão mundial dos pesos-pesados pela Federação Internacional de Boxe (FIB), Organização Mundial de Boxe (OMB), Organização Internacional de Boxe (OIB) e Associação Mundial de Boxe (AMB).[1]

Índice

BiografiaEditar

Irmão mais novo do também boxeador peso-pesado Vitali Klitschko, Wladimir começou a se destacar no mundo do boxe amador durante os anos 90, com destaques para a medalha de prata conquistada no Campeonato Europeu de Boxe Amador de 1996 e a medalha de ouro nos Jogos Olímpicos de 1996.[1]

Iniciando sua carreira profissional, em novembro de 1996, Klitschko estabeleceu uma sequência de dezesseis vitórias consecutivas, sendo catorze delas por nocaute, até maio de 1998, quando subiu ao ringue contra o americano Marcus McIntyre para disputar o título vago de campeão internacional dos pesos-pesados do Conselho Mundial de Boxe.[2]

Derrotando McIntyre, via nocaute no terceiro assalto, Klitschko conquistava seu primeiro cinturão como um boxeador profissional, apesar desse ser considerado um título menor na categoria. Em seguida, Klitschko fez duas defesas bem sucedidas de seu cinturão, antes de vir a perdê-lo para o azarão Ross Puritty, em dezembro de 1998.[2]

Nocautedo por Puritty no décimo primeiro assalto, Klitschko viu sua invecibilidade de 24 lutas ser quebrada, juntamente com a perda de seu título. Com seu prestígio seriamente abalado, Klitschko foi se recuperarando aos poucos, até que em setembro de 1999, conseguiu uma importante vitória diante do alemão Alex Schulz, que acabou lhe rendendo o título de campeão europeu dos pesos-pesados.[2]

Entretanto, apesar desse seu sucesso na Europa, a redenção de Klitschko somente viria a acontecer um ano mais tarde, quando em outubro de 2000, Klitschko desafiou o título do americano Chris Byrd, então campeão mundial dos pesos-pesados pela Organização Mundial de Boxe.

Byrd havia conquistado seu título em abril de 2000, após destronar o campeão Vitali Klitschko, o que transformou essa luta em uma grande chance para Wladimir vingar seu irmão. Programada para durar doze assaltos, a luta entre Byrd e Wladimir Klitschko teve de ser decidida pelos jurados, apesar de Byrd ter ido à lona duas vezes durante o combate. Porém, apesar de ter resistido ao nocaute nos últimos rounds, o campeão teve seu título tomado por Klitschko, em uma decisão unânime dos jurados.[1][3]

Uma vez campeão mundial dos pesos-pesados, Wladimir Klitschko defendeu seu cinturão com sucesso cinco vezes, ao longo dos anos seguintes. No entanto, em sua sexta defesa de título, Klitschko foi surpreendido pelo sul-africano Corrie Sanders, que o nocauteou em apenas dois rounds.[2][4]

Após ter perdido seu cintuão para Sanders, em março de 2003, Klitschko obteve duas vitórias contra adversários menos expressivos, antes de tentar recuperar seu cinturão da Organização Mundial de Boxe, que estava vago desde dezembro de 2003, quando Sanders abdicou de seu título, em favor de um duelo contra Vitali Klitschko, o então detentor do cinturão dos pesados pelo Conselho Mundial de Boxe.

Subindo ao ringue contra o americano Lamon Brewster, em abril de 2004, Klitschko dominava a luta com seus jabs e combinações, tendo inclusive conseguido levar Brewster à lona no quarto assalto. Porém, no minuto final do quinto assalto, Brewster acertou um potente golpe que fez Klitschko ficar totalmente desnorteado. Vendo Klitschko apoiado nas cordas e com a guarda baixa, sem conseguir se defender dos ataques de Brewster, o árbitro decidiu abrir uma contagem de proteção. Reiniciado o combate, Klitschko conseguiu sobreviver até o soar do gongo, porém, cambaleante, ajoelhou-se no ringue após o término do quinto assalto, o que levou o árbitro a decretar o término da luta.[5]

Depois de sofrer sua terceira derrota na carreira, Klitschko obteve duas vitórias seguidas, sendo uma delas contra o promissor boxeador cubano Eliseo Castillo. Porém, àquela altura, Klitschko ainda precisava provar ao mundo que poderia sobreviver a adversários de maior pegada e assim retornar ao topo dos pesos-pesados.

Dessa forma, em setembro de 2005, Klitschko subiu ao ringue contra o potente nigeriano Samuel Peter, que à época mantinha-se invicto com 24 vitórias, sendo 21 delas por nocaute. O combate entre Klitschko e Peter durou os doze assaltos completos e, apesar de Klitschko ter sofrido três quedas, seu predominínio durante a maior parte da luta acabou lhe rendendo uma apertada vitória nos pontos, em uma decisão unânime dos jurados.[2][6]

Como a luta entre Klitschko e Peter havia sido uma eliminatória pelo direito de desafiar o título mundial dos pesos-pesados da Federação Internacional de Boxe, em sua luta seguinte Klitschko enfrentaria uma segunda vez Chris Byrd, que à época retinha o cinturão. Acontecido em abril de 2006, esse novo embate entre Byrd e Klitschko terminou com uma vitória autoritária de Klitschko, que nocauteou Byrd no sétimo assalto.[1][7]

Naquele momento, Klitschko havia se tornado o novo campeão mundial dos pesos-pesados pela Federação Internacional de Boxe, título que pertencia a Byrd, mas além disso ele havia também conquistado o cinturão de campeão mundial dos pesos-pesados pela Organização Internacional de Boxe, título este que estava vago desde a aposentadoria do campeão Lennox Lewis.

Após se tornar campeão mundial dos pesos-pesados novamente, Klitschko defendeu seu cinturão com sucesso por três vezes consecutivas, incluindo um novo confronto contra seu antigo algoz Lamon Brewster, antes de sua luta contra o campeão mundial dos pesos-pesados Sultan Ibragimov, que detinha o cinturão da Organização Mundial de Boxe. O confronto entre os dois campeões mundiais, um ucraniano e o outro russo, aconteceu em fevereiro de 2008, no Madison Square Garden, em Nova Iorque. Dominando Ibragimov sem maiores percalços, ao longo dos doze assaltos da luta, Klitschko foi declarado o vencedor do combate e, desta forma, conseguiu unificar os cinturões da Federação Internacional de Boxe e da Organização Mundial de Boxe.[1][8]

Passado seu triunfo ante Ibragimov, Klitschko defendeu seus três cinturões mundiais em cinco oportunidades, confirmando sua ampla soberania entre os pesos-pesados ao derrotar adversários respeitáveis, tais como os ex-campeões Hasim Rahman e Ruslan Chagaev, além de ter uma vez mais superado o nigeriano Samuel Peter. Nesse seu segundo encontro com Peter, ocorrido em setembro de 2010, Klitschko não sofreu novos sustos e acabou vencendo a luta com um nocaute no décimo assalto.[2][9]

Então, em julho de 2011, dois anos após o britânico David Haye ter desmarcado uma luta contra Klitschko, o ucraniano finalmente conseguiu fazer Haye subir ao ringue contra ele. Essa luta entre Klitschko e Haye era bastante antecipada porque selaria a unificação dos cinturões da Federação Internacional de Boxe e da Organização Mundial de Boxe, ambos retidos por Klitschko, com o da Associação Mundial de Boxe, até então em posse de Haye. Realizada em Hamburgo, na Alemanha, a luta entre os dois campeões mundias dos pesados acabou terminando com uma vitória de Klitschko, em uma decisão unânime dos jurados, após doze assaltos de combate.[2][10]

Recorde no Boxe ProfissionalEditar

64 Vitórias (53 Nocautes , 9 Decisões, 2 DQ), 5 Derrotas (4 Nocautes, 1 Decisão), 0 Empate[11]
Res. Recorde Oponente Type Rd., Tempo Data Lugar Notas
Derrota 64–5   Anthony Joshua TKO 11 29-04-2017   Estádio de Wembley, Londres, Inglaterra Pelos títulos do peso-pesado da WBA (Super), IBF e IBO
Derrota 64–4   Tyson Fury DU 12 28-11-2015   Esprit Arena, Düsseldorf, Alemanha Perdeu os títulos do peso-pesado da WBA (Super), IBF, WBO, IBO, Lineal & The Ring.
Vitória 64–3   Bryant Jennings DU 12 25-04-2015   Madison Square Garden, New York City, Nova York Manteve os títulos do peso-pesado da WBA (Super), IBF, WBO, IBO & The Ring.
Vitória 63–3   Kubrat Pulev KO 5 (12), 2:11 15-11-2014   O2 World Arena, Altona, Hamburgo Manteve os títulos do peso-pesado da WBA (Super), IBF, WBO, IBO & The Ring.
Vitória 62-3   Alex Leapai TKO 5 (12), 2:05 26-04-2014   König Pilsener Arena, Oberhausen, Nordrhein-Westfalen Manteve os títulos do peso-pesado da WBA (Super), IBF, WBO, IBO & The Ring.
Vitória 61–3   Alexander Povetkin DU 12 05-10-2013   Olympic Indoor Arena, Moscou, Distrito Federal Central Manteve os títulos do peso-pesado da WBA (Super), IBF, WBO, IBO & The Ring.
Vitória 60–3   Francesco Pianeta TKO 6 (12), 2:52 04-05-2013   SAP Arena, Mannheim, Baden-Württemberg Manteve os títulos do peso-pesado da WBA (Super), IBF, WBO, IBO & The Ring.
Vitória 59–3   Mariusz Wach DU 12 10-11-2012   O2 World Arena, Altona, Hamburgo Manteve os títulos do peso-pesado da WBA (Super), IBF, WBO, IBO & The Ring.
Vitória 58–3   Tony Thompson TKO 6 (12), 2:56 07-07-2012   Stade de Suisse Wankdorf, Berna, Cantão de Berna Manteve os títulos do peso-pesado da WBA (Super), IBF, WBO, IBO & The Ring.
Vitória 57–3   Jean-Marc Mormeck KO 4 (12), 1:12 03-03-2012   Esprit Arena, Düsseldorf, Renânia do Norte-Vestfália Manteve os títulos do peso-pesado da WBA (Super), IBF, WBO, IBO & The Ring.
Vitória 56–3   David Haye UD 12 02-07-2011   Imtech Arena, Altona, Hamburgo Ganhou o título do peso-pesado da WBA (Super).
Manteve os títulos do peso-pesado da IBF, WBO, IBO & The Ring.
Vitória 55–3   Samuel Peter KO 10 (12), 1:22 11-09-2010   Commerzbank-Arena, Frankfurt, Hessen Manteve os títulos do peso-pesado da IBF, WBO, IBO & The Ring.
Vitória 54–3   Eddie Chambers KO 12 (12), 2:55 20-03-2010   Esprit Arena, Düsseldorf, Renânia do Norte-Vestfália Manteve os títulos do peso-pesado da IBF, WBO, IBO & The Ring.
Vitória 53–3   Ruslan Chagaev RTD 9 (12), 3:00 20-06-2009   Veltins-Arena, Gelsenkirchen, Renânia do Norte-Vestfália Ganhou o título vago do peso-pesado da The Ring.
Manteve os títulos do peso-pesado da IBF, WBO & IBO.
O título do peso-pesado da WBA de Chagaev não estava em disputa.
Vitória 52–3   Hasim Rahman TKO 7 (12), 0:44 13-12-2008   SAP Arena, Mannheim, Baden-Württemberg Manteve os títulos do peso-pesado da IBF, WBO & IBO.
Vitória 51–3   Tony Thompson KO 11 (12), 1:38 12-07-2008   Color Line Arena, Altona, Hamburgo Manteve os títulos do peso-pesado da IBF, WBO & IBO.
Vitória 50–3   Sultan Ibragimov DU 12 23-02-2008   Madison Square Garden, New York City, Nova York Ganhou o título do peso-pesado da WBO.
Manteve os títulos do peso-pesado da IBF & IBO.
Vitória 49–3   Lamon Brewster RTD 6 (12), 3:00 07-07-2007   Kölnarena, Colônia, Renânia do Norte-Vestfália Manteve os títulos do peso-pesado da IBF & IBO.
Vitória 48–3   Ray Austin KO 2 (12), 1:23 10-03-2007   SAP Arena, Mannheim, Baden-Württemberg Manteve os títulos do peso-pesado da IBF & IBO.
Vitória 47–3   Calvin Brock TKO 7 (12), 2:10 11-11-2006   Madison Square Garden, New York City, Nova York Manteve os títulos do peso-pesado da IBF & IBO.
Vitória 46–3   Chris Byrd TKO 7 (12), 0:41 22-04-2006   SAP Arena, Mannheim, Baden-Württemberg Ganhou os títulos do peso-pesado da IBF & o vago da IBO.
Vitória 45–3   Samuel Peter DU 12 24-09-2005   Boardwalk Hall, Atlantic City, Nova Jersey Ganhou os títulos do peso-pesado da NABF & o vago da WBO NABO.
Luta eliminatória para a disputa do título do peso-pesado da IBF & WBO.
Vitória 44–3   Eliseo Castillo TKO 4 (10), 2:51 23-04-2005   Westfalenhallen, Dortmund, Renânia do Norte-Vestfália
Vitória 43–3   DaVarryl Williamson TD 5 (10), 3:00 02-10-2004   Caesars Palace, Las Vegas, Nevada
Derrota 42–3   Lamon Brewster TKO 5 (12), 3:00 10-04-2004   Mandalay Bay Resort & Casino, Las Vegas, Nevada Luta pelo título vago do peso-pesado da WBO.
Vitória 42–2   Danell Nicholson TKO 4 (12), 1:44 20-12-2003   Ostseehalle, Kiel, Schleswig-Holstein Manteve o título do peso-pesado da WBA Inter-Continental
Vitória 41–2   Fabio Eduardo Moli KO 1 (12), 1:49 30-08-2003   Olympiahalle, Munique, Baviera Ganhou o título vago do peso-pesado da WBA Inter-Continental.
Derrota 40–2   Corrie Sanders TKO 2 (12), 0:27 08-03-2003   Preussag Arena, Hanôver, Baixa Saxônia Perdeu o título do peso-pesado da WBO.
Vitória 40–1   Jameel McCline RTD 10 (12), 3:00 07-12-2002   Mandalay Bay Resort & Casino, Las Vegas, Nevada Manteve o título do peso-pesado da WBO.
Vitória 39–1   Ray Mercer TKO 6 (12), 1:08 29-06-2002   Taj Majal Hotel & Casino, Atlantic City, New Jersey Manteve o título do peso-pesado da WBO.
Vitória 38–1   Francois Botha TKO 8 (12), 0:47 16-03-2002   Hanns-Martin-Schleyer-Halle, Stuttgart, Baden-Württemberg Manteve o título do peso-pesado da WBO.
Vitória 37–1   Charles Shufford TKO 6 (12), 2:55 04-08-2001   Mandalay Bay Resort & Casino, Las Vegas, Nevada Manteve o título do peso-pesado da WBO.
Vitória 36–1   Derrick Jefferson TKO 2 (12), 2:09 24-03-2001   Rudi-Sedlmayer-Halle, Munique, Baviera Manteve o título do peso-pesado da WBO.
Vitória 35–1   Chris Byrd DU 12 14-10-2000   Kölnarena, Colônia, Renânia do Norte-Vestfália Ganhou o título do peso-pesado da WBO.
Vitória 34–1   Monte Barrett TKO 7 (10), 2:40 15-07-2000   New London Arena, Millwall, Londres
Vitória 33–1   David Bostice TKO 2 (12), 1 :27 29-04-2000   Madison Square Garden, New York City, New York Manteve o título do peso-pesado da WBA Inter-Continental.
Vitória 32–1   Paea Wolfgramm KO 1 (12), 1:30 18-03-2000   Alsterdorfer Sporthalle, Alsterdorf, Hamburgo Ganhou o título vago do peso-pesado do WBC Internacional.
Vitória 31–1   Lajos Eros KO 2 (12), 2:35 04-12-1999   Stadionsporthalle, Hanôver, Baixa Saxônia Manteve o título do peso-pesado da WBA Inter-Continental & EBU.
Vitória 30–1   Phil Jackson KO 2 (10), 1:59 12-11-1999   The Orleans Hotel & Casino, Las Vegas, Nevada
Vitória 29–1   Axel Schulz TKO 8 (12), 2:42 25-09-1999   Kölnarena, Colônia, Renânia do Norte-Vestfália Ganhou o título vago do peso-pesado da EBU.
Manteve o título do peso-pesado da WBA Inter-Continental.
Vitória 28–1   Joseph Chingangu RTD 4 (12), 3:00 17-07-1999   Philips Halle, Düsseldorf, Renânia do Norte-Vestfália Ganhou o título vago do peso-pesado da WBA Inter-Continental.
Vitória 27–1   Tony LaRosa TKO 1 (10), 2:57 22-05-1999   Sport Palace, Budapeste, Hungria Central
Vitória 26–1   Everett Martin TKO 8 (8) 24-04-1999   Circus Krone, Munique, Baviera
Vitória 25–1   Zoran Vujicic KO 1 (8), 1:02 13-02-1999   Maritim Hotel, Stuttgart, Baden-Württemberg
Derrota 24–1   Ross Puritty TKO 11 (12), 0:18 05-12-1998   Sports Palace, Kiev, Kiev Oblast Perdeu o título do peso-pesado do WBC Internacional.
Vitória 24–0   Donnell Wingfield KO 1 (8) 14-11-1998   Circus Krone, Munique, Baviera
Vitória 23–0   Eli Dixon KO 3 (10) 03-10-1998   Prinz-Garden Halle, Augsburgo, Baviera
Vitória 22–0   Steve Pannell KO 2 (10) 19-09-1998   Arena Oberhausen, Oberhausen, Renânia do Norte-Vestfália
Vitória 21–0   Carlos Monroe TKO 6 (10), 2:28 06-08-1998   Grand Casino Avoyelles, Marksville, Louisiana
Vitória 20–0   Najee Shaheed KO 1 (12) 10-07-1998   Circus Krone, Munique, Baviera Manteve o título do peso-pesado do WBC Internacional.
Vitória 19–0   Cody Koch KO 4 (12) 23-05-1998   Oberrheinhalle, Offenburg, Baden-Württemberg Manteve o título do peso-pesado do WBC Internacional.
Vitória 18–0   Everett Martin DU 8 14-03-1998   Sporthalle, Wandsbek, Hamburgo
Vitória 17–0   Marcus McIntyre KO 3 (12) 14-02-1998   Maritim Hotel, Stuttgart, Baden-Württemberg Ganhou o título vago do peso-pesado do WBC Internacional.
Vitória 16–0   Derrick Lampkins TKO 1 (8) 20-12-1997   Oberrheinhalle, Offenburg, Baden-Württemberg
Vitória 15–0   Ladislav Husarik TKO 3 (8) 13-12-1997   Alsterdorfer Sporthalle, Alsterdorf, Hamburgo
Vitória 14–0   Jerry Halstead TKO 2 (8) 06-12-1997   Stadthalle, Offenbach, Hessen
Vitória 13–0   Marcos Gonzalez KO 2 (8) 11-10-1997   Stadthalle, Cottbus, Brandemburgo
Vitória 12–0   James Pritchard TKO 3 (8) 20-09-1997   Tivoli Eissporthalle, Aachen, Renânia do Norte-Vestfália
Vitória 11–0   Biko Botowamungu DQ 5 (8), 2:02 23-08-1997   Maritim Hotel, Stuttgart, Baden-Württemberg
Vitória 10–0   Gilberto Williamson TKO 3 (8) 12-07-1997   Berlethalle, Hagen, Renânia do Norte-Vestfália
Vitória 9–0   Salvador Maciel KO 1 (8) 27-06-1997   Oberrheinhalle, Offenburg, Baden-Württemberg
Vitória 8–0   Paul Ashley KO 2 (8), 1:25 13-06-1997   Arena Oberhausen, Oberhausen, Renânia do Norte-Vestfália
Vitória 7–0   Mark Wills KO 1 (8), 2:58 10-05-1997   Ballsporthalle, Frankfurt, Hessen
Vitória 6–0   Mark Young RTD 2 (6), 3:00 12-04-1997   Eurogress, Aachen, Renânia do Norte-Vestfália
Vitória 5–0   Carlos Monroe DQ 6 (6) 15-02-1997   Stadthalle, Cottbus, Brandemburgo
Vitória 4–0   Troy Weida TKO 3 (6), 0:36 25-01-1997   Maritim Hotel, Stuttgart, Baden-Württemberg
Vitória 3–0   Bill Corrigan TKO 1 (4), 1:21 21-12-1996   Zoo-Gesellschaftshaus, Frankfurt, Hessen
Vitória 2–0   Exum Speight TKO 2 (4), 1:54 30-11-1996   Nova Arena, Wiener Neustadt, Niederösterreich
Vitória 1–0   Fabian Meza KO 1 (4), 1:35 16-11-1996   Sporthalle, Wandsbek, Hamburgo Estreia profissional.

Ver tambémEditar

Referências

  1. a b c d e «Wladimir Klitschko no BoxRec (Bio)» (em inglês). Consultado em 30 de junho de 2011 
  2. a b c d e f g «Wladimir Klitschko no BoxRec (Cartel)» (em inglês). Consultado em 30 de junho de 2011 
  3. «Wladimir Klitschko vs Chris Byrd no BoxRec (1º encontro)» (em inglês). Consultado em 30 de junho de 2011 
  4. «Wladimir Klitschko vs Corrie Sanders no BoxRec» (em inglês). Consultado em 30 de junho de 2011 
  5. «Wladimir Klitschko vs Lamon Brewster no BoxRec» (em inglês). Consultado em 30 de junho de 2011 
  6. «Wladimir Klitschko vs Samuel Peter no BoxRec (1º encontro)» (em inglês). Consultado em 30 de junho de 2011 
  7. «Wladimir Klitschko vs Chris Byrd (2º encontro) no BoxRec» (em inglês). Consultado em 30 de junho de 2011 
  8. «Wladimir Klitschko vs Sultan Ibragimov no BoxRec» (em inglês). Consultado em 30 de junho de 2011 
  9. «Wladimir Klitschko vs Samuel Peter no BoxRec (2º encontro)» (em inglês). Consultado em 30 de junho de 2011 
  10. «Wladimir Klitschko vs David Haye no BoxRec» (em inglês). Consultado em 3 de julho de 2011 
  11. Wladimir Klitschko – Boxer. Boxrec.com. Retrieved on 19 April 2011.

Ligações externasEditar

Precedido por
Chris Byrd
Campeão dos Pesos-Pesados (OMB)
14 de outubro de 2000 – 8 de março de 2003
Sucedido por
Corrie Sanders
Precedido por
Chris Byrd
Campeão dos Pesos-Pesados (FIB)
22 de abril de 2006 – 28 de novembro de 2015
Sucedido por
Tyson Fury
Precedido por
Sultan Ibragimov
Campeão dos Pesos-Pesados (OMB)
23 de fevereiro de 2008 – 28 de novembro de 2015
Sucedido por
Tyson Fury
Precedido por
David Haye
Campeão dos Pesos-Pesados (AMB)
2 de julho de 2011 – 28 de novembro de 2015
Sucedido por
Tyson Fury